Home / Plantas / Qual a Altura da Árvore Manacá da Serra?

Qual a Altura da Árvore Manacá da Serra?

Com o nome científico de Tibouchina mutabilis, o manacá da serra é uma planta que tem a Mata Atlântica como habitat natural. Muito utilizada no paisagismo, ela apresenta florações lindas e intensas. Costumam aparecer na cor branca e vão modificando a coloração com o amadurecimento. Confira nosso artigo e conheça as principais características do manacá da serra.

Características da Árvore Manacá da Serra?

O manacá da serra pertence a família das Melastomataceae e pode ser conhecida popularmente também como jacatirão, cuipeúna e manacá da serra anão. São plantas nativas do Brasil e se adaptam muito bem em regiões tropicais. São comumente utilizadas pelo paisagismo devido a sua exuberância.

Podem ser consideradas árvores de médio porte e não chegam a ultrapassar os doze metros de altura. Suas folhas possuem formato de lança e têm uma coloração mais escura. Já as flores são grandes e duram por muito tempo. Com o passar dos dias elas apresentam um coloração mais próxima do rosa e do roxo. Assim, o manacá da serra pode apresentar florescência em três cores distintas. Já os frutos dessa espécie aparecem com mais frequência na estação do outono. Com um ciclo de vida perene, o manacá da serra é encontrado com mais frequência em regiões de Mata Atlântica.

Cultivo do Manacá da Serra

Essa espécie aprecia o cultivo em locais iluminados e pode ser uma ótima opção para deixar o seu jardim ainda mais incrível. Um ponto positivo muito importante de ser observado ao plantar o manacá da serra é que as suas raízes não costumam se expandir com muita força e possibilitam o seu plantio em locais diversos, como por exemplo, calçadas e pequenos bosques.

Crescem muito rapidamente e possuem uma subespécie “anã” que não chega a atingir três metros de altura. O manacá da serra aprecia regiões com muita umidade.

Possuem características arbustivas e podem ser cultivadas individualmente ou em grupos. As florações aparecem mais no inverno, diferente da espécie original que apresentam flores mais tarde. Outra opção é o seu cultivo em vasos, trazendo muita alegria e charme para a sua casa. Portanto, se você procura uma excelente alternativa de planta que apresenta lindas flores, o manacá da serra é uma boa opção.

Outras Informações Sobre o Manacá da Serra

O manacá da serra precisa de um solo bem drenado e rico em material orgânico. Dessa forma, a adubação é muito importante para o desenvolvimento pleno deste vegetal.  Podem se multiplicar por estacas, sementes e alporques.

Além do paisagismo, a madeira do manacá da serra também pode ser utilizada para confecção de diversos itens. A planta possui grande capacidade de crescimento em áreas que sofreram alguma degradação. É o que se chama de “planta pioneira”, que se desenvolve naturalmente depois que a mata foi derrubada ou em regiões que ela está passando por regeneração. Incrível, não é mesmo?

Curiosidades Sobre Manacá da Serra
Curiosidades Sobre Manacá da Serra

Exatamente por essa característica, o manacá da serra é uma planta muito fácil de ser cultivada e não exige cuidados excessivos. Outro ponto positivo do seu cultivo é que dificilmente são alvos de doenças e pragas e não exigem um solo extremamente adubado, o que acontece com diversas espécies de plantas. Além disso, a planta não exige podas frequentes.

Onde Encontrar o Manacá da Serra

É um vegetal que pode ser encontrado no Brasil, em especial, nos estados do Rio Grande do Sul e Espírito Santo (estados que apresentam regiões de Mata Atlântica). A reprodução por meio de sementes acontece através do vento e é necessário um clima úmido e quente para que o manacá da serra possa se desenvolver plenamente.

Sua madeira é bem mole e pode ser usada em construções mais internas. Existem registros de árvores que chegaram a medir quinze metros, mas de forma geral, elas pouco ultrapassam os doze metros. As mudas dessa planta pode ser colocadas no seu local definitivo com seis meses de cultivo.

Ficha Técnica do Manacá da Serra

Para encerrar, confira a sistematização das principais informações sobre o manacá da serra

  • Possui o nome científico de Tibouchina mutabilis.
  • São conhecidas popularmente como: jacatirão, cuipeúna e manacá da serra anão.
  • Medem entre seis e doze metros e são consideradas plantas de médio/grande porte.
  • Durante a floração, as flores podem aparecer em três cores distintas: rosa, roxo e branco. Muito interessante, não é mesmo? Elas costumam aparecer até o mês de fevereiro e os frutos brotam a partir do mês de março.
  • É uma das espécies mais encontradas na Mata Atlântica. Costumam aparecer em áreas em regeneração.
  • O seu cultivo exige sol (ou meia sombra) e um solo que possua matéria orgânica. As flores podem aparecer nas plantas que possuem apenas seis meses de idade.
  • Pode ser cultivada isolada ou em grupos. Logo após o plantio deve ser regada até três vezes na semana. Depois dos seis primeiros meses, você pode reduzir as regas para apenas uma vez na semana.
  • Reprodução por sementes, estaquias e alporques. Não toleram solos arenosos e se adaptam bem em todos os outros tipos de solo.
  • As podas podem ser realizadas logo após o período da floração. Esse cuidado pode ser essencial para preparar a planta para novas floradas. O manacá da serra é uma planta que possui flores em abundância e pode ser uma opção excelente para o seu quintal ou jardim.
  • Possuem forma arbórea e as pétalas passam por uma espécie de metamorfose e podem ser encontradas em três cores diferentes.

E você, já conhecia o manacá da serra? Essa espécie genuinamente brasileira é perfeita para quem quer muitas flores no jardim. Existe ainda o manacá da serra anão, que não chega a crescer muito e é ideal para pequenos espaços. Encerramos nosso artigo por aqui e esperamos que você tenha aprendido informações importantes sobre o manacá da terra.

Ficamos muito contentes com a sua visita no nosso site e convidamos para que conheça um pouco mais  dos nossos conteúdos  sobre plantas, animais e natureza.  Se ficou alguma dúvida, não esquente a cabeça e nos mande um comentário, ok? Até mais!

Veja também

Como se Faz Saião com Leite? Para que Serve?

O saião (nome científico Kalanchoe brasiliensis) é uma planta medicinal que também pode ser conhecida …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *