Home / Plantas / Propriedades da Maçã Argentina, Benefícios e Calorias

Propriedades da Maçã Argentina, Benefícios e Calorias

As frutas conhecidas como maçãs argentinas são uma variedade conhecida por ser levemente doce e suculenta. Estas maçãs têm uma cor vermelha intensa que pode ter algumas estrias amarelas. Maçãs argentinas são boas para comer frescas, com saladas, vitaminas ou sucos, mas não são boas maçãs assadas. Qual o valor nutricional e calórico dessas maçãs? Vamos conhecer um pouco de suas propriedades?

Propriedades da Maçã Argentina

A maçã argentina é vermelha, uma fruta grande com polpa moderadamente crocante e bem suculenta. Tem um sabor doce e levemente acidulados. sua cor de polpa é creme com veios verde claro.

Análises científicas no Canadá e nos Estados Unidos distinguem a pele da carne e mostram que um antioxidante como a quercetina está presente principalmente na pele. Portanto, é melhor mastigar a maçã sem descascá-la, o que significa que ela não contém muitos produtos químicos fitofarmacêuticos.

As maçãs argentinas têm uma forma cônica. Elas são amplamente redondas no topo e afunilam na base. A pele grossa fica bem vermelha antes de os frutos estarem completamente maduros, o que pode levar a colheitas precoces. Elas são uma das maçãs cultivadas comercialmente mais conhecidas nos Estados Unidos.

Evite produtos com manchas suaves ou escuras. Além disso, se a pele da maçã enrugar quando você esfrega o polegar sobre ela, a maçã provavelmente ficou muito tempo armazenada no frio ou não foi mantida fresca.

Informação Nutricional e Valor Calórico

Tamanho da dose: 1 maçã média (154g)

Quantidade por porção:

Calorias 80 Calorias de Gordura 0

% Valor Diário *
Gordura Total 0 0%
Colesterol 0mg 0%
Sódio 0mg0%
Carboidrato Total 22g 7%
Fibra Alimentar 5g
Açúcares 17g
Proteína 0g
Vitamina A 2%
Vitamina C 20%
Cálcio 2%
Ferro 2%

* Porcentagem de valores diários são baseados em uma dieta de 2.000 calorias. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.

Benefícios da Maçã Argentina

Veja agora os principais benefícios em consumir maçãs vermelhas como a maçã argentina:

– Vitamina B1 (tiamina): Essencial para a quebra de gordura. Mantém membranas mucosas saudáveis.
– Vitamina B2 (riboflavina): Reforço imunológico. Promove a produção de energia no corpo.
– Vitamina B5 (ácido pantotênico): Essencial para a fabricação de glóbulos vermelhos e hormônios sexuais. Desempenha um papel fundamental na quebra de gorduras em energia.
– Vitamina B6 (piridoxina): Necessário para nova formação de células da pele.
– Vitamina B9 (folato): Ajude o sistema nervoso a funcionar corretamente. Essencial para o funcionamento saudável do cérebro. Auxilia na produção do material genético do corpo.

Benefício da Maçã Argentina
Benefício da Maçã Argentina

– Vitamina C: Fortalece o sistema imunológico e previne os danos dos radicais livres nas células saudáveis.
– Vitamina E: Reforça a defesa UV da pele.
– Vitamina K: Essencial para a formação de plaquetas e a coagulação do sangue.
– Boro: Essencial para ossos saudáveis e função articular. Afeta a transmissão de sinais através das membranas celulares.
– Ferro: Essencial para a formação de glóbulos vermelhos.
– Magnésio: Necessário para formação de dentes e ossos saudáveis, transmissão de impulsos nervosos, desintoxicação e produção de energia. Reduz o risco de doença cardiovascular.
– Potássio: Essencial para manter o equilíbrio de fluidos e pressão arterial normal.
– Cálcio: Essencial para ossos e dentes fortes.
– Fosforoso: Importante para o equilíbrio hormonal e a formação de proteínas.
– Fibra dietética: Reduz o mau colesterol LDL. Promove movimentos intestinais regulares.

História da Maçã Argentina

Dezenas de Maçãs Argentinas
Dezenas de Maçãs Argentinas

Jesse Hiatt plantou mudas de maçã em duas fileiras em sua fazenda em Iowa no final da década de 1870. Neste momento em particular, uma mutação se formou, que ele cortou – dois anos seguidos. No terceiro ano, ele decidiu deixar crescer. Ele nutriu a árvore por uma década antes da primeira maçã ser produzida.

Hiatt, um experiente criador de macieiras, já havia desenvolvido variedades que ele batizou de Hiatt Sweet e Hiatt Black. Ele gostava das listras vermelhas e amarelas da nova maçã mutante, bem como do seu sabor suculento e crocante. Ele apelidou de o Hawkeye.

Hiatt passou a próxima década promovendo sua saborosa criação, a “maçã de melhor sabor do mundo”. Isso se mostrou verdadeiro quando os Hawkeye ganharam um teste de sabor nacional patrocinado por um viveiro na Louisiana, que mais tarde adquiriu os direitos sobre a variedade.

O novo detentor do título da Apple, Clarence Stark, agiu agressivamente como o “Delicious”, uma metamorfose, disse ele, entre as espécies Bellflower e Winesap. Foi batizado de Red Delicious somente depois que o Yellow Delicious da Stark foi comercializado em 1914.

Depois que ele gastou um quarto de milhão de dólares avançando sua maçã até a Feira Mundial de 1904 em St. Louis, Stark organizou embarques de trem de árvores Red Delicious para pomares surgindo em todo o fértil Vale do Rio Columbia. E foi a partir daí que ganhou popularidade as variedades de maçãs que aqui conhecemos como maçãs argentinas.

A Maçã Argentina no Brasil

A produtividade de maçãs em geral no território brasileiro cresceu muito nos últimos 20 anos. Para isso contribuíram diversos fatores como as variedades modernas da fruta, a disponibilização de terras cultiváveis, o favorecimento climático em algumas regiões e um aprimoramento em quesitos como embalagem, conservação e outros melhoramentos. Isso elevou o Brasil a um status de grande produtor mundial.

O condicionamento produtivo do país com a maçã se deu pela infra-estrutura disponibilizada por grandes empresas do setor, que não só adquiriram pomares em amplas áreas cultiváveis, como implementaram tecnologia como câmeras frigoríficas para o armazenamento e locais de ponta para embalagens, conhecidos como packing house.

Colheita de Maçã Argentina
Colheita de Maçã Argentina

Outra situação que ampliou o progresso do Brasil no mercado foi as criações de associações ou cooperativas permitindo a pequenos agricultores uma negociação que os aproximasse dessas grandes empresas, a fim de que pudessem se beneficiar de sua infra-estrutura. Isso promoveu qualidade de produção e competitividade no mercado.

Em linhas gerais, a produção de maçãs no Brasil, incluindo a maçã argentina, concentra-se no sul e sudeste do país. Especificamente os estados do sul Santa Catarina e Rio Grande do Sul se destacam em produtividade crescente, sendo Santa Catarina a maior responsável nacional pelo cultivo de maçãs, respondendo por cerca de 60% da produtividade nacional.  Os outros dois estados que também cultivam e armazenam maçãs para o comércio, mas em pequenas parcelas, sãos os estados de São Paulo e Paraná.

Veja também

Tudo Sobre o Damasco: Características, Nome Científico e Fotos

Com um sabor incomum, o damasco é muito popular. Neste artigo, aprenda sobre os benefícios …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *