Home / Plantas / Pode Fazer Ducha com Barbatimão? Como Fazer? Passo a Passo

Pode Fazer Ducha com Barbatimão? Como Fazer? Passo a Passo

O Barbatimão é uma planta medicinal, muito conhecida como Barbatimão-verdadeiro, barba-de-timão, casca-da-mocidade ou ubatima, e é muito utilizada para ajudar a tratar feridas, hemorragias, queimaduras, dores de garganta, inchaços e hematomas na pele. Além disso, o barbatimão também pode ser utilizado para ajudar no tratamento de doenças como diabetes ou malária, devido a suas propriedades anti-inflamatórias, devendo ser utilizado para esse fim como chá.

Seu nome científico é Stryphnodendron barbatimam Mart. e pode ser comprada em lojas de produtos naturais, além de ser muito utilizada para confecção de pomadas, sabonetes ou cremes, em farmácias de manipulação.

As propriedades do Barbatimão são várias, podendo se destacar sua ação cicatrizante sobre a pele e mucosas, anti-inflamatória para inflamações na garganta, hemorroidas, antimicrobiana e antibacteriana para micoses, antioxidante para diversas doenças, anti-hipertensivo para pressão alta, entre outros.

Além disso, o Barbatimão também tem uma ação que age em hemorragias, diminuindo a sensação da dor, e assim reduzindo o inchaço e os hematomas na pele e por fim, eliminar as toxinas que se encontram na pele.

Apesar de só ouvirmos falar bem do barbatimão, seu uso em excesso pode trazer alguns efeitos colaterais como irritações no estômago, podendo provocar gastrite, além de ser estritamente proibida sua ingestão por mulheres grávidas por provocar aborto. Em pessoas sem nenhum dos problemas descritos, seu uso deve ser feito com moderação também, pois o uso em excesso do barbatimão pode causar envenenamento levando pessoas que buscam se curar a óbito, por pura falta de conhecimento. Por isso, atenção ao inserir essa planta no seu dia a dia, principalmente para quem irá utiliza-las através de chás.

Para que Serve o Barbatimão?

O Barbatimão é conhecido desde muitos anos atrás, pois sua utilização começou pelos índios, e tem diversas funções. Muitas delas são tratar úlceras, doenças e infecções da pele, pressão alta, diarreia, hemorragia e feridas com hemorragias, hérnia, malária, câncer, problemas no fígado ou nos rins, inchaço e hematomas na pele, queimaduras na pele, dores de garganta, diabetes, conjuntivite e gastrite. Essa planta é muito utilizada para tratar a dor, geral ou local, por conseguir diminuir a dor e o desconforto que as doenças provocam como um todo.

Como ducha, esta planta também é muito usada para a saúde da mulher, sendo útil para combater inflamações que vão do útero até os ovários, combater hemorragias, gonorreia, além de reduzir e tratar o corrimento vaginal.

Além disso, a pomada de barbatimão que é facilmente encontrada em farmácias e possui um preço bem acessível, é uma promessa para o tratamento do HPV, tendo ótimos resultados em pesquisas, e promete ser uma cura para esta infecção.

Pode Fazer Ducha com Barbatimão?

Não existe nenhuma contraindicação sobre esse método, vendo que a própria pele muitas vezes defende o organismo de possíveis agressores, o barbatimão na realidade só traz benefícios como descrito acima. Além de ser um excelente remédio para problemas na área íntima como corrimentos vindo de HPV, candidíase, entre outros problemas. Além de tonificar a vagina e até mesmo trazer certo alívio esse banho de acento após relações sexuais.

Porém essa ducha não deve ser feita em excesso, pois assim é retirada a proteção natural do corpo, tendo efeito inverno e agravando o problema. Nosso corpo é uma máquina, e ele próprio tem seu mecanismo de defesa que nunca deve ser retirado por completo ou muitas vezes.

Ducha com Barbatimão

Outros meios que devem ser inseridos junto a ducha de barbatimão é usar roupas frescas e nunca apertadas, calcinhas de algodão, se possível dormir sem roupa íntima, além de consultar um ginecologista caso o problema persista. Corrimentos com odores fortes ou cores muito escuras, acompanhados de sangue devem ser primeiro investigado pelo médico de sua confiança.

Como Fazer a Ducha de Barbatimão

Por se tratar de uma parte dura do barbatimão deve ser preparado por decocção, ou seja, como se fosse preparar um chá, porém para ser utilizado como banho de assento. Segue abaixo o passo a passo.

Ingredientes:

  • 2 xícaras de chá de casca de barbatimão;
  • 2 litros de água
  • 1 colher de sopa de limão ou vinagre.

Passo a passo:

  • 1º passo: Ferva água junto com uma quantidade de cascas por quinze minutos;
  • 2º passo: Desligue o fogo, tampe a panela e deixe as cascas dentro por mais dez minutos para ficar bem forte;
  • 3º passo: Coe, coloque em uma bacia junto com o vinagre ou limão e espere ficar em temperatura ambiente;
  • 4º passo: Sente na bacia e fique pelo tempo que achar necessário, por pelo menos 15 minutos.
  • 5º passo: Se seque e se vista, importante não passar água em cima da água do barbatimão para não retirar suas propriedades, por isso tome seu banho comum antes de fazer o banho de assento.

Cuidados para Tratar e Prevenir o Corrimento

Além do chá de barbatimão e dos medicamentos, caso seu médico tenha prescrito, também é importante ter cuidados para prevenir e tratar o corrimento vaginal, como:

  • Evitar usar calças quentes e apertadas, como as calças jeans e calças legging;
  • Se possível durante esse período use vestidos e saias;
  • Evitar lavar constantemente a região íntima com duchas, como dito acima, a limpeza em excesso pode ter efeito contrário;
  • Lavar bem as mãos antes e depois de ir ao banheiro;
  • Evitar usar absorventes íntimos para uso diário;
  • Prefira calcinhas de algodão;
  • Evite o contato íntimo até que a área esteja totalmente curada, mas caso ocorra,
  • Após o contato íntimo, lave a região com sabonetes específicos para a área íntima da mulher, que não tenham muito perfume e sejam neutros.

Os corrimentos vaginais são comuns, mas devem ser vistos e tratados logo que os sintomas de coceira, ardor e mal cheiro surgirem, para evitar complicações e problemas maiores. Algumas doenças que tem o corrimento são: Infecções Vaginais; Vulvites e vulvovaginites; Infecções cervicais ou do colo do útero; DSTs. Mesmo que o corrimento que tenha visto seja comum, é muito importante consultar o ginecologista anualmente para exames preventivos como Papanicolau.

Veja também

Briófitas

O Que Significa Fase Dominante em Plantas?

Todos já sabemos que o número de espécies de plantas existentes no mundo é enorme, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *