Home / Plantas / Pode Comer os Grãos de Amaranto Cru?

Pode Comer os Grãos de Amaranto Cru?

Amaranto é um tipo de grão milenar que serve para a alimentação. Apesar de possuir grande quantidade de amido, esse grão não possui ligação com cereais como arroz e o trigo, o que lhe faz ser chamado de pseudocereal.

Características Gerais

Esse grão se multiplica com a mesma facilidade que o arroz e o milho, foi alimento do povo asteca e integrou os seus ritos religiosos durante muito tempo. Somente com a conquista do território asteca pelos espanhóis é que esse grão parou de ser consumido, o que fez as suas plantas crescerem de forma exponencial. Cientistas norte-americanos começaram a estudar o amaranto nos anos 1970 e no final daquela década, milhares de hectares foram cultivados nos Estados Unidos.

Esse grão ainda é utilizado em terras mexicanas, só que em pequenas quantidades. Os mexicanos gostam de usar esse grão para fazer um doce que se chama alegría. O amaranto não pode ser consumido cru, pois contém algumas substâncias que podem ser tóxicas, como alguns nitratos e oxalatos. O ideal é que ele seja fervido antes do consumo. Por outro lado, o amaranto possui antioxidantes que são muito benéficos para a saúde do ser humano.

Grãos de Amaranto
Grãos de Amaranto

O amaranto é ótimo para o sistema imunológico, ajuda a manter a saúde do coração, facilita o processo digestivo e ainda auxilia no combate ao sobrepeso, já que consegue controlar o apetite. Uma dica para incluir esse grão na dieta é usar a sua farinha ao invés daquelas que se usa normalmente, pois ela tem uma maior quantidade de minerais, vitaminas e proteínas que grande parte dos produtos de outros grãos.

Veja Alguns Dos Benefícios Que O Amaranto Pode Trazer Para O Ser Humano:

Metabolismo

O amaranto é um grande aliado do metabolismo humano por causa da alta quantidade de lisina. Essa substância é essencial para a saúde humana, pois é uma proteína que fortalece os aminoácidos que existem dentro do corpo humano e melhora a sua saúde. Ao fortalecer esses elementos, a lisina acaba gerando ainda mais proteína para o nosso corpo, o que deixa o trabalho metabólico mais eficiente e acelera o seu desenvolvimento.

Amigo do Coração

Os fitoesteróis do amaranto estão diretamente ligados à redução dos níveis de colesterol. Além disso, suas fibras são importantes para manter o equilíbrio da quantidade de colesterol no coração, o que reduz as possibilidades de infarto ou derrame. O potássio que existe nesse grão também é um grande aliado do coração, pois faz os vasos sanguíneos relaxarem. Por ser um vasodilatador, o potássio faz a pressão arterial diminuir, o que reduz a ocorrência de doenças cardiovasculares.

Digestão Facilitada

O amaranto possui muita fibra dietética, o que facilita o trabalho do sistema digestório. Isso significa uma redução de problemas como inchaço, constipação e cólicas. Além disso, o amaranto é um bom para o combate ao câncer de cólon e a problemas como a úlcera e a gastrite. Outro ponto positivo do amaranto é que ele ajuda o corpo a absorver nutrientes com mais eficiência durante a digestão.

Rei da Proteína

Um grão de amaranto tem níveis de proteína muito maiores do que em outros grãos, o que faz com que ele seja a melhor opção para quem pretende consumir esse nutriente. É mais fácil digerir a proteína vegetal do que a animal, o que significa que o corpo vai trabalhar de um jeito bem mais leve e com muito mais eficiência ao longo do dia.

Aliado Capilar

O amaranto consegue fortalecer os fios de cabelo, além de deixa-los brilhosos e com mais qualidade. Isso tudo acontece por conta da lisina, um aminoácido importante que o corpo humano não produz, o que nos obriga a consegui-lo por meio da dieta.

A quantidade de lisina que existe no amaranto é muito maior do que na grande maioria dos outros grãos, o que lhe torna um grande aliado da saúde capilar. A lisina reduz a queda dos fios, diminui os grisalhos e torna as raízes dos fios mais fortes e resistentes.

Amaranto - Benefícios
Amaranto – Benefícios

Combate à Osteoporose

Com 2X mais cálcio que o leite (fonte mais famosa de cálcio), o amaranto é um excelente aliado para quem pretende fortalecer os seus ossos. Esse grão ajuda na prevenção e no combate a osteoporose, o que representa mais um motivo para acrescentar o amaranto em nossa lista de alimentos.

Sistema Imunológico

Cheio de vitamina C, o amaranto é uma excelente opção para quem pretende fortalecer o sistema imunológico. O grão de amaranto é ótimo para o estímulo dos glóbulos brancos, o que acelera o processo de cicatrização e torna a reparação das nossas células bem mais rápida. Isso acontece porque a vitamina C é importante para a produção do colágeno.

Massa Muscular

Consumir muita proteína é o melhor modo para manter o corpo em boa forma. O fato do amaranto ser rico nesse elemento lhe torna uma boa opção para quem pretende aumentar a sua massa muscular. Além disso, esse grão é ótimo para o fortalecimento dos músculos e para o desenvolvimento natural das células.

Amaranto na Refeição
Amaranto na Refeição

Linhagem Vegetal

O amaranto é uma planta cosmopolita que pode ser perene ou ter pouco tempo de vida. Os vegetais ligados a esse gênero podem ser pseudocereais ou plantas ornamentais. Boa parte da linhagem amaranto costuma se proliferar como ervas daninhas no verão.

Essa planta pode apresentar variações em suas flores, caules e folhas, com uma variedade de cores e pigmentações que podem variar entre o marrom e o vermelho. Essa planta gosta de ficar no outono e no verão. Com mais 75 espécies listadas, com 10 delas vindas da América do Norte e as outras 65 espécies espalhadas pelos outros continentes do planeta.

Influência Histórica

Os astecas utilizavam o amaranto no local que hoje é conhecido como México, durante a época pré-colombiana. Esse povo antigo utilizava esse grão para preparar coisas como tortilhas e cereais quentes. Uma curiosidade sobre a relação entre o amaranto e os astecas é que eles utilizavam esse vegetal para projetar as imagens de suas divindades. Durante um período do ano onde festivais sagrados aconteciam regularmente, o povo asteca fazia uma estátua com amaranto para representar os seus deuses e, quando o mês do festival se encerrava, eles comiam a estátua visando se aproximar mais daquela divindade.

Astecas
Astecas

Quando os espanhóis conquistadores proibiram esse tipo de manifestação religiosa, os astecas diminuíram muito o uso do amaranto. Atualmente, os mexicanos celebram o tradicional Dia de Finados oferecendo sementes de amaranto para os espíritos comerem. Além disso, eles costumavam fazer crânios comestíveis à base de amaranto. Entretanto, eles preferem fazer crânios de açúcar nos dias de hoje.

Veja também

Como se Faz Saião com Leite? Para que Serve?

O saião (nome científico Kalanchoe brasiliensis) é uma planta medicinal que também pode ser conhecida …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *