Home / Plantas / Planta Mini Clusia: Características, Nome Cientifico, Mudas e Fotos

Planta Mini Clusia: Características, Nome Cientifico, Mudas e Fotos

A variedade de plantas que temos na natureza é tão grande que muitas se parecem umas com as outras, e a gente chega até a se confundir. É o caso da mini clusia, que se assemelha bastante a uma suculenta bem pequena, apesar de não ter nenhuma parentesco com ela.

Vamos Saber mais a Respeito da Mini Clusia?

De nome científico Clusia fluminensis, e pertencente à categoria dos arbustos tropicais, a mini clusia é nativa de dois estados: São Paulo e Rio de Janeiro. Enquanto que os maiores exemplares dessa planta podem atingir cerca de 6 metros de altura, as mini clusias chegam a pouco mais de 1 metro apenas.

Características Principais

Já a sua folhagem é bastante ornamental, o que faz com que seja enquadrada também na categoria de plantas ornamentais, sendo ótima para enfeitar determinados ambientes. Essa mesma folhagem, inclusive, possui folhas bem rígidas, em forma de gota.

Contudo, existe uma característica bem interessante dessa planta, o que a faz se diferenciar de muitas outras: ela consegue absorver gás carbônico até mesmo durante a noite. Dessa forma, a planta apresenta duas grandes vantagens: a sua fotossíntese é realizada com bem mais eficiência, e ela ainda se protege contra a desidratação, já que esse esforço não é feito durante o dia.

Planta Mini Clusia Características

Com relação às suas flores, estas são bem pequenas e esbranquiçadas, sendo uma espécie dióica. Ou seja, os sexos macho e fêmea são separados na mini clusia. A sua floração, inclusive, acontece entre a primavera e o verão, ao passo que os frutos dela (que são igualmente pequenos) atraem um grande número de passarinhos nessas estações.

Entre as suas utilidades mais comuns no paisagismo está a sua implantação em cercas vivas, ou mesmo em renques que sejam rústicos e resistentes. Essa aplicações são ótimas especialmente no litoral, onde várias outras espécies de arbustos possuem alguma dificuldade de adaptação.

Como Plantar Mini Clusias?

Essa planta não requer muitos cuidados, tanto é que ela pode ser perfeitamente plantada em vasos dentro de casa, contanto que esteja posicionada em alguma janela em que receba bastante luminosidade. Inclusive, esse fator de luz (e também de água) é o responsável pelos problemas mais comuns da mini clusia, como folhas caindo ou murchas.

Lembrando, no entanto, que ela não precisa de sol direto para se desenvolver. Às vezes, basta estar ao lado de uma cortina que seja bem fina, que a questão da luminosidade pra ela já é resolvida. Porém, ela também pode ser cultivada a sol pleno sem nenhum problema.

Por sinal, caso precise mudar a planta de um ambiente para outro (tipo: de um com meia-luz para um com luz plena), o mais indicado é fazer isso aos poucos, de maneira gradativa. Proceda da seguinte maneira: leva a sua mini clusia para o local que deseja que ela fique por cerca de 1 hora, todos os dias, durante 1 semana. Na próxima semana, deixe ela ficar por 3 horas nesse novo ambiente, e logo após 3 semanas, deixe a planta no local definitivo o dia todo. Dessa forma, a mudança não será tão drástica.

Só lembrando que algumas folhas podem cair ainda nos primeiros dias dessa mudança, o que é perfeitamente natural, pois isso faz parte de todo um processo de adaptação. Importante destacar que se a planta ficar em lugares com pouca ou nenhuma luminosidade, as folhas começarão a amarelar e a cair em uma quantidade considerável.

Mais Alguns Cuidados no Plantio da Mini Clusia

É preciso ficar atento à questão da importância das regas regulares e equilibradas para o desenvolvimento dessa planta. No entanto, regas em excesso causam os mesmo problemas que a falta completa de luminosidade, como, por exemplo, amarelamento e queda de folhas.

Lembre-se de que as chamadas suculentas não apreciam regas em excesso, e com a mini clusia não é diferente. Uma ou duas regas por semana, no máximo, são mais do que suficiente para a planta ficar devidamente saudável.  Caso more em regiões muito frias, e nas estações do outono e do inverno, uma rega por semana apenas está de bom tamanho. Agora, caso as folhas comecem a enrolar demais, é sinal de que a planta está precisando de um pouco mais de água (mas não exagere).

Mini Clusia

Faz-se necessário também que o solo em que a planta esteja retenha umidade. Pra que isso aconteça, coloque uma proteção em cima da terra, como casca de pinus ou lascas de madeira. Salientando que essa planta possui raízes “agressivas”, portanto, não é nem um pouco recomendável cultivá-la próxima a encanamentos, por exemplo. Não é preciso nem dizer que o vaso para essa planta precisa ser o maior possível, não é mesmo?

Em termos de podas, esse procedimento pode ser feito sem maiores traumas, seja para limitar o seu crescimento (caso esteja ficando muito grande), seja para deixar a mini clusia na forma mais adequada. Usando uma tesoura bem afiada e esterilizada, basta cortar na diagonal. No local de corte, você pode usar pasta cicatrizadora, ou mesmo canela em pó. Isso vai evitar a presença de fungos, e ainda vai facilitar a recuperação da planta.

E, Afinal, Como Fazer Mudas de Mini Clusia?

Para propagar essa planta, basta usar galhos que tenham entre 15 e 20 cm mais ou menos. Para adquirir essa galho é só cortar abaixo de um broto qualquer, que é de onde nascem as folhas, e de onde sairão também as raízes.

Desse galho, você vai retirar as folhas da metade pra baixo, deixando apenas aquelas que estão em seu topo. Depois, é só fincar no local de plantio, e que preferencialmente precisa estar protegido de chuvas e de frio muito intenso.

Para garantir uma nova mini clusia bastante saudável, você pode planta a muda em um recipiente junto com húmus de minhoca e vermiculita, numa proporção de 1 pra 1. Lembrando também essa combinação dá mais resultado ainda com um substrato aerado, que ~possa facilitar o processo de enraizamento da planta. Depois, é só manter a umidade do ambiente, e esperar um pouco.

Novas raízes aparecerão dentro de algumas semanas, assim como o surgimento de folhas, indicando que a planta está crescendo normalmente.

Veja também

Hibisco Gigante: Como Cultivar, Podar, Tamanho, Preço e Fotos

O hibisco é uma das mais belas plantas encontradas na natureza. Suas atraentes flores chamam …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *