Home / Plantas / Pé de Alfazema: Para Que Serve? Veja Raiz, Folhas, Flores e Fotos

Pé de Alfazema: Para Que Serve? Veja Raiz, Folhas, Flores e Fotos

A alfazema, também conhecida popularmente como lavanda, embora as duas plantas tenham algumas diferenças básicas, é um gênero que pertence à família da hortelã. Assim, tal como outras plantas dessa família, a alfazema guarda odor característico e pode ser usado para perfumar ambientes. No passado, quando ainda não existiam os perfumes quimicamente tratados em álcool como se dá hoje, a alfazema era bastante utilizada pelas cortes europeias e pelas elites sul-americanas como item de perfumaria para as esposas de duques, imperadores, burocratas da máquina do Estado e outros membros das elites. À época, o cheiro da alfazema significava sinal de prestígio e status social para as moças.

Na verdade, a alfazema se tornou tão famosa mundialmente justamente por ser uma precursora do desenvolvimento e expansão da perfumaria feminina. O aroma da alfazema, extremamente agradável, logo se tornou a base para óleos essenciais visando quase todos os tratamentos possíveis. Entre as diversas aplicações clínicas para a planta, a alfazema possui capacidade de controlar o sistema nervoso, controlando as emoções pessoais e fazendo com que as pessoas fiquem mais calmas. O efeito é muito indicado para crianças que têm alterações de humor frequentes, o que pode esconder problemas relacionados ao sistema nervoso e emocional.

Nativa das regiões Norte e Leste do continente africano, além da Índia, do Sul da Europa e das Ilhas Canárias, a alfazema adaptou-se muito bem à América do Sul. Na verdade, a planta se adaptou bem a todas as regiões do mundo, pois possui boa capacidade nesse sentido e, por ser bastante resistente, suporta diferentes climas e ecossistemas.

Em termos biológicos, algumas espécies de alfazema são herbáceas, ou seja, possuem um caule maleável e bastante próximo ao chão. Já outras espécies possuem visual arbustivo, sendo um pouco maiores e mais cheias, chegando até mesmo a medir 1 metro de altura em alguns casos. Porém, apesar da diferença de tamanho, as outras características se mantêm muito fieis entre os distintos tipos de alfazema.

Veja abaixo alguns outros usos para a alfazema, além de detalhes e imagens a respeito da raiz, das folha, flores e frutos dessa planta que tanto apaixona o ser-humano há muitos séculos.

As Principais Características Da Alfazema

Mulher Segurando um Punhado de Alfazema
Mulher Segurando um Punhado de Alfazema

A alfazema guarda características muito únicas consigo, que vão desde a coloração acentuada das flores, que tanto atrai pássaros, até o fato de ser uma planta que oferece frutos e flores ao longo de todo o ano. Assim, como dito, a alfazema é uma planta de ciclo perene, ou seja, ela não tem uma estação preferida para florescer e dar frutos, pois se desenvolve ao longo de todo o ano. Além do cheiro inconfundível e muito agradável, esse é um dos motivos que faz com que a planta seja tão utilizada na produção de perfumaria e óleos essenciais. Já o porte da alfazema é de característica arbustiva, o que torna a planta relativamente grande para os padrões da família da hortelã, podendo medir até mesmo 1 metro de altura quando bem cuidada e sob condições climáticas mais favoráveis.

As flores da alfazema costumam aparecer nas cores rosa e azul, chamando a atenção de muito longe, seja do homem ou também dos pássaros, que simplesmente adoram a vivacidade da alfazema, algo que torna a planta também muito útil como chamariz de aves em um jardim. Já as folhas da alfazema são lineares e pequenas, sem assumir muito protagonismo no visual da planta, mais um detalhe que exalta as flores e torna a beleza da planta inigualável.

Em relação ao cheiro característico, há uma razão biológica para que a alfazema tenha odor tão forte e seja tão utilizada a indústria de perfumaria e cosméticos em geral. O que acontece é que as alfazemas têm muitas glândulas aromáticas na sua parte aérea, exalando até muito longe o seu perfume característico. Nas flores, em especial, esse aroma é ainda mais intenso, ajudando ainda mais na proliferação do aroma doce.

Já no referente à composição química, a alfazema é composta por diversas substâncias, algo que a torna também útil na produção medicinal, como será exemplificado logo adiante.

Usos Da Alfazema E Questão Medicinal

Além do uso na indústria de cosméticos e perfumaria, a alfazema também é muito empregada para a resolução de problemas medicinais, como remédio. Por possuir grande diversidade de substâncias químicas em sua composição, o uso da alfazema na medicina abrange várias áreas e faz da planta essencial na produção de remédios e óleos naturais. Um dos principais usos da alfazema é para o controle dos sistemas nervoso e emocional, pois a planta guarda ação calmante e tranquiliza rapidamente o paciente. Embora seja muito recomendada para jovens e crianças agitadas, o uso calmante da alfazema também serve para adultos que vivem sob constantes situações de estresse.

Ademais, a alfazema tem ação antidepressiva, pois a partir do uso frequente do óleo essencial produzido com a planta é possível controlar a sensação de angústia interior, como relatados em estudos de 2005 da Universidade de Cambridge. Além disso, outros usos para a alfazema incluem:

  • Repelente de insetos;
  • Diurética;
  • Antisséptica;
  • Cicatrizante;
  • Aromática;
  • Desodorante;
  • Estimulante respiratório;
  • Estimulante da circulação sanguínea.

Com tantas possibilidades de uso, é natural que a alfazema seja tão estudada por pesquisadores e tão buscada pelas indústrias.

Se Você Quer Cultivar Alfazema, Coloque-A No Sol

Embora a alfazema suporte muito bem climas e ecossistemas diferentes, e até por esse motivo seja tão buscada para compor óleos essenciais, perfumes e remédios, o desenvolvimento pleno da planta acontece mais facilmente sob muita incidência de luz solar. Portanto, se você quiser cultivar alfazema, coloque-a em um local onde o sol seja no mínimo moderado.

Assim será possível que a planta adquira todos os nutrientes necessários para o seu desenvolvimento completo. Além disso, não deixe o vaso encharcado, pois água em excesso pode prejudicar a alfazema.

Posso Plantar Alfazema Em Um Vaso?

Sim, a alfazema se desenvolve bem em cenários de solo muito diferentes, inclusive em vasos de planta. Fora que, em um vaso, você poderá expor a sua alfazema na janela do terraço ou na entrada da sua casa, perfumando o local com um aroma 100% natural.

Nesse caso, os principais cuidados são evitar deixar água empoçada no vaso e evitar que o vaso se mantenha distante do sol, pois a alfazema necessita de sol para o desenvolvimento.

Veja também

Como Podar a Planta Clúsia, Plantar e Cultivar Passo a Passo

Para quem ainda não conhece, clúsia é aquela planta com folhas arredondadas, em forma de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *