Home / Plantas / Para Que Serve o Chá de Sete Sangrias?

Para Que Serve o Chá de Sete Sangrias?

Este chá tem um nome curioso: Sete sangrias. Além disso, ele também tem outros nomes populares como, por exemplo, pé de pinto, guaxuma, balsamona, erva de sangue, cuféa, chiagari, guanxuma vermelha e outras nomenclaturas, de acordo com a região.

A planta sete sangrias, é usada para preparar um tradicional chá.

A herbácea é nativa da América central e América do Sul e na América Central – do Uruguai até o México. No Brasil, a planta é encontrada e cultivada, em especial, nos estados de São Paulo, Santa Catarina, Paraná, Goiás e Minas Gerais.

Sete Sangrias
Sete Sangrias

A sete sangria faz parte da família das Litráceas e apresenta o caule e ramos cobertos de pelos glandulares com coloração avermelhada.

Chá de Sete Sangrias: Para Que Ele Serve?

O chá da planta sete sangrias, possui propriedades medicinais excelentes para nossa saúde. São eles:

  • Previne e combate a arterosclerose, pressão alta e palpitações
  • Faz uma verdadeira limpeza no sistema digestivo como estômago e intestinos
  • Ameniza e elimina arritmias cardíacas
  • Ajuda no trato a insônia
  • Proporciona melhor eliminação do ácido úrico do organismo
  • Evita o enrijecimento das paredes arteriais
  • Combate a irritação nas vias respiratórias
    Chá de Sete Sangrias
    Chá de Sete Sangrias

Como Preparar e Usar o Chá de Sete Sangrias

1 – Para tosses em pessoas com problemas cardíacos, dificuldade na respiração, irritação nas vias aéreas e falta de sono:

  • Pegue uma xícara de chá e acrescente 1 colher de sopa de sete sangrias picada
  • Adicione água fervida
  • Tampe e deixe descansando por 10 minutos aproximadamente
  • Logo depois, coe e coloque 1 xícara de chá de açúcar e leve ao fogo baixo até derreter o açúcar
  • Tome uma colher desse chá de 2 a 3 vezes durante o dia

2 – Para pessoas que sofrem de arterosclerose, pressão alta, palpitação cardíaca. Este chá também tem ação diurética:

  • Coloque 1 colher de chá da planta sete sangrias em uma xícara com água fervente
  • Tampe e deixe descansando por cerca de 10 minutos
  • Coe, adoce a gosto e tome de 1 a 3 x ao no decorrer do dia

3 – Para problemas de pele como psoríase, feridas cutâneas, eczemas como também úlceras, pruridos, furúnculos bem como dermatite de contato:

  • Pique uma porção de sete sangrias e coloque 1 colher de sopa da planta em um copo de leite fervido deixando no fogo por 3 minutos. Coe e aguarde o chá esfriar. Faça a aplicação, utilizando uma bolinha de algodão ou uma gaze limpa, no local afetado de manhã e também a noite

4 – O chá serve para estimular a circulação sanguínea e o bom trabalho do intestino, para o nervosismo, é depurativo e diurético:

  • Aqui você vai usar 2 colheres de sopa de sete sangrias picada
  • Coloque em uma xícara cheia de álcool de cereais de 70%
  • Conserve em maceração por cerca de 8 dias e depois desse período, coe
  • Tome de 10 a 15 gotas da solução ou 1 colher de café misturados em uma porção de água. Consuma de 2 a 3 vezes durante o dia

O Chá de Sete Sangrias Emagrece?

Chá de Sete Sangrias Para Emagrecer
Chá de Sete Sangrias Para Emagrecer

Depende. Esse chá foi citado em publicações recentes como um emagrecedor natural. Isso devido ao seu efeito diurético.

Mas, como sempre, o chá de sete sangrias não faz milagres. O seu efeito diurético é muito benéfico para quem quer perder peso. No entanto, junto com o seu consumo é preciso seguir uma alimentação adequada e evitar o sedentarismo para realmente perder peso.

O Chá de Sete Sangrias Pode Fazer Mal?

Para algumas pessoas é possível provocar reações adversas. Mulheres grávidas devem evitar o consumo do chá de sete sangrias, pois ele tem ação emenagoga – que relaxa os músculos do útero e estimula o fluxo do sangue – e isso provocar aborto espontâneo.

O consumo exagerado do chá sete sangrias pode ser outro problema, pois pode causar diarreia e até pressão baixa, ou seja, este chá não pode ser tomado constantemente. Todo cuidado é pouco.

Ainda, algumas pessoas podem apresentar desconfortos gástricos (como irritação) e alergias.

Sobre a Erva Sete Sangrias

Esta planta é muito conhecida na medicina popular e – como já foi descrito anteriormente – ela é encontrada na América do sul. As suas folhas têm formato simples com folhas na coloração verde.

Trata-se de uma erva com disposição ereta e as raízes com poucos ramos e sua altura vai de 20 cm a 60 cm.

O seu caule é coberto por pelos na coloração vermelha, sendo de textura áspera. As suas folhas, apesar de simples, possuem o pecíolo visivelmente curto – como também piloso – isso na parte de cima. Já na parte debaixo, a coloração é mais clara.

Seu comprimento vai de 1,5 cm a 2,5 cm.

Já suas flores são de natureza axilar e com pequenas de coloração rosadas e arroxeadas. A floração da sete sangrias acontece durante todo o ano, alcançando seu ápice em junho e julho.

Como Cultivar Sete Sangrias em Casa

Cultivar Sete Sangrias
Cultivar Sete Sangrias

Você pode cultivar a sete sangrias em casa mesmo, o que possibilita fazer o chá sempre que quiser. O cultivo dessa erva é fácil.

Ela pode ser semeada em vasos médios ou área aberta. Também é possível cultivar fazendo o replantio de pequenas mudas.

Mas, é importante manter distância entre um pé de sete sangria e outro, para que eles não embaralhem. O recomendado é manter distância de, pelo menos 25 cm entre um arbusto e outro.

O clima do Brasil acomoda bem a erva, seja do mais quente ao mais rígido. As regas podem ser feitas 3 vezes na semana.

A adubação da terra, com produtos especiais ou naturais, como cascas de ovos.

Não se deve podar muito a sete sangrias, pois ela não é uma planta ornamental. Basta apenas remover os partes secas.

Para proteger de pragas, basta aplicar inseticidas quando necessário, somente – ou seja, quando aparecer alguma anormalidade na planta. A sete sangrias é resistente e dificilmente sofre com agentes externos.

Classificação Científica da Sete Sangrias

  • Reino: Plantae
  • Divisão: Magnoliophyta
  • Classe: magnoliopsida
  • Ordem: Myrtales
  • Família: Lythraceae
  • Gênero: Cuphea
  • Espécie: C. carthagenensis
  • Nome binomial: Cuphea carthagenensis

Veja também

Frutas que Começam Com a Letra o: Nomes e Características

Essa lista com algumas das espécies frutíferas que começam com a letra O revela-nos algumas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *