Home / Plantas / Origem da Couve Flor

Origem da Couve Flor

Você Sabe da Onde Veio a Couve Flor?

A couve-flor é um vegetal oriundo da costa norte do mediterrâneo, da Asia Menor e da Costa Ocidental Européia. Registros mostram que desde da Antiguidade, no século XII já era utilizado no Oriente. Chegou a maioria dos países europeus em meados do século XVI. Lá ela se adaptou muito bem, pois a couve-flor prefere fixar suas raízes diante de temperaturas mais amenas, preferindo zonas mais frias, onde necessita de temperaturas mais baixas para se desenvolver.

Existem registros que já era cultivada pelos egípcios e pelos turcos há pelo menos 1.500 a 2.000 anos atrás. E após muito tempo de cultivo dos vegetais dessa família, foi na Europa, onde existiram os primeiros estudos sobre a família do brócolis e da couve, e então foi feita a primeira descrição dos dois alimentos, tratando-os como diferentes e não iguais como se pensava.

É uma planta herbácea, da família das Brassicaceaes, a mesma família do repolho, do brócolis e da couve. E foi introduzida no Brasil a partir dos imigrantes italianos, como o brócolis. Os italianos ao deixarem sua terra natal, levaram consigo diversos costumes e também alimentos.

Cultivo Brasileiro

Hoje a couve flor é cultivada em diversas regiões diferentes do planeta. Caiu no gosto de todos os chefs de cozinha e de quem experimenta o alimento. Devido as mutações e experimentos que o alimento passou, ao longo do tempo pode-se cultivar espécies hibridas, que foram mudadas geneticamente para sobreviverem a solos menos corrigidos e suportarem temperaturas mais altas das zonas tropicais. Sendo assim, ela pode ser cultivada em vários países, inclusive no Brasil.

No território brasileiro teve uma adaptabilidade muito boa, devido a sua facilidade de se desenvolver em qualquer solo. Por gostar de climas amenos e temperaturas mais baixas, desenvolveu-se nos Estados de São Paulo, Santa Catarina, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Mais especificadamente nas regiões de Porto Feliz, Ibiuna e Itatiba em São Paulo; Barbacena e Carandaí em Minas Gerais; Colombo e Londrina no Paraná e Caxias do Sul no Rio Grande do Sul.

O município de Linha Nova, no Rio Grande do Sul, tem se destacado perante aos outros produtores como a maior produtora de couve-flor do Estado. Sendo que a cidade possui apenas 63 km² e 1.624 habitantes. O vegetal é cultivado por 132 famílias em uma área de 178 hectares. A média de produção do município é de 3.200 toneladas ao ano. Segundo pesquisadores o que favorece a produção de destaque dentro do município é a sua localização geográfica, onde está localizada próxima as serras, a mais ou menos 500 metros de altitude em relação ao mar, além de ter um microclima ideal para o cultivo deste importante vegetal. É possível ter a produção ativa o ano inteiro, apenas no meses de janeiro e fevereiro que não é possível devido ao excesso de calor no verão.

Outro município que se destaca em relação a produção de couve-flor no Brasil, é Nova Friburgo, mais especificamente na sua zona rural. A cidade localiza-se na região serrana do Rio de Janeiro, quando o sol do verão abaixa e abre espaço para a chegada do outono e da primavera é hora em que os produtores da região começam seus cultivares, as zonas de cultivos da couve-flor ao menos duplicam nesse período do ano, sendo motivo de alegria e comemoração entre eles, devido o sucesso da safra. A cidade por ser na serra, como o caso de Linha Nova, no Rio Grande do Sul, possui uma temperatura mais amena, com fortes ventos e muita chuva em alguns períodos do ano, o que facilita muito o crescimento da planta. Quando falamos do Inverno, a couve-flor tem um desenvolvimento excepcional, o frio ajuda na floração e na maturação da planta, levando a colheita a ficar cerca de 10 vezes maiores. Nova Friburgo é responsável pela metade da produção de couve flor em todo o estado do rio de janeiro. Produzindo em média cerca de 25.000 toneladas ao ano.

Combatendo as Pragas Na Produção de Couve Flor
Combatendo as Pragas Na Produção de Couve Flor

A época do ano ideal para o plantio é entre maio a outubro, que abrange o inverno e a primavera. Os cultivadores evitam a exposição do vegetal ao sol, isso prejudica e muito o desenvolvimento da planta. Sendo então no verão a pior época para o plantio, mais especificamente nos meses de janeiro e fevereiro.

Origem da Couve-Flor: Por que o Alimento Agradou Tantos Paladares?

Como foi visto, a couve flor tem suas raízes fincadas,  a sua origem no Mediterrâneo. Foi na Itália que caiu no gosto da população e difundiu-se pelo mundo todo. Os italianos foram responsáveis por trazerem o brócolis e a couve flor ao Brasil e a América. Mas por que eles consomem tanto estes vegetais?

Rico em Nutrientes e Sabor Delicioso

A couve flor, além de ser um alimento riquíssimo em nutrientes e com baixo teor de calorias, tem um sabor delicioso. O vegetal precisa fazer parte da nossa dieta devido a grande fonte de vitaminas, como a vitamina C, B5 e B6; além de ser rica fonte de ferro, manganês, fosforo e potássio.

O vegetal é capaz também de nos proporcionar diversos benefícios, como por exemplo, a redução e prevenção de alguns tipos de câncer, por possuir antioxidantes, como indol-3-carbinol, e o sulforafano, no composto de enxofre ajuda a reduzir ao menos dois tipos de câncer, o de próstata e o de mama. O sulfarafano propicia-nos uma melhor saúde do nosso coração, pois aumenta os índices de proteínas e de antioxidantes, protegendo os vasos sanguíneos, além de reduzir os danos causados nas células devido ao excesso de açúcar. Outro beneficio proveniente da couve flor é o combate a certas inflamações, como o vegetal possui fortes nutrientes com ações anti-inflamatórias, capaz de reduzir doenças cardiovasculares, diabetes e obesidade.

Comer a couve flor regularmente é uma maneira simples e fácil de obter os nutrientes necessários para nosso organismo, pois apenas neste alimento está presente 80% de vitamina C que nosso corpo precisa diariamente, além das proteínas e minerais.

Pode ser consumida tanto cozida, como gratinada ou frita. Tendo o gosto e o aroma elevados devido ao processo de cozimento, deixando o alimento mais saboroso. Caso prefira consumi-la crua, pode  também coloca-las em saladas ou suflês.

Veja também

Flores de Clusia

Pé De Clusia: Árvore, Raiz, Folhas, Flores, Tronco e Fotos

A clusia é uma planta tropical, muito comum em regiões do Sudeste brasileiro, ainda mais …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *