Home / Plantas / Onze-Horas: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre a Planta

Onze-Horas: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre a Planta

A flor onze-horas (Portulaca grandiflora), é uma flor nativa anual tolerante à seca e ao calor. É originária de planícies quentes e secas da Argentina, sul do Brasil e Uruguai.

Esta planta herbácea da família Beldroega (Portulacaceae) é cultivada em todo o mundo como um jardim anual. Isso porque as suas flores são vistosas e florescem durante todo o verão com pouco cuidado.

Está relacionada com o beldroega (portulaca aleracea) e, dessa forma, a planta se naturalizou em algumas partes do país, nas margens das estradas e nos lixões. Na indústria ornamental, a flor onze-horas pode ser listada como P. oleracea, P. umbraticola ou P. grandiflora, mas muitos cultivos são provavelmente de híbridas.

Quer conhecer mais sobre essa planta? Então você não pode deixar de ler o artigo até o fim.

Descrição da Onze-Horas

Essa é uma planta semi-suculenta que armazena água em suas folhas e caules carnudos. As folhas verdes brilhantes são oblongas a cilíndricas com pontas pontiagudas.

Elas têm até 3 centímetros de comprimento e estão dispostas alternadamente ou em pequenos aglomerados ao longo das hastes avermelhadas. Estas também podem ser multi-ramificadas, prostradas a ligeiramente ascendentes.

Os caules podem ser um pouco frágeis e se quebram facilmente. Mesmo assim, pedaços quebrados se enraízam se o solo estiver úmido o suficiente. As plantas de baixo crescimento formam um tapete de um metro e meio de altura e 8 a 10 cm de altura, decorrente do sistema radicular fibroso central.

Portulaca Grandiflora

As flores em forma de pires e rosas são produzidas nas pontas dos caules. São mantidas e voltadas para cima sobre a folhagem, abrindo-se a partir de brotos que lembram pequenos grãos de pipoca. Elas são abertas apenas sob luz solar intensa, fechando à noite e em dias nublados. Contudo, a maioria dos híbridos mais recentes permanece aberta durante o dia.

Quando abertas, as flores quase podem esconder a folhagem. As flores vêm em branco e uma ampla variedade de cores quentes, incluindo:

  • Rosa;
  • Pêssego;
  • Amarelo;
  • Laranja;
  • Vermelho;
  • Fúcsia;
  • Magenta;
  • Lavanda;
  • Roxo.

As plantas, sejam híbridas ou não, oferecem uma gama maior de tons do que outras espécies. Algumas chegam a ser listradas ou manchadas com cores contrastantes.

Cada flor possui 5 pétalas finas, embora os tipos semi-duplo e duplo tenham sido desenvolvidos com vários conjuntos de pétalas. As pétalas cercam um grupo de 40 ou mais estames e 5 a 8 estigmas no centro. Dependendo da variedade, as flores podem ter 3 a 8 centímetros de diâmetro.

Um Pouco Mais Sobre a Planta

Após a polinização, desenvolvem-se cápsulas de sementes de onde-horas arredondadas com 0,31 a 0,63 centímetros de diâmetro. Quando maduras, elas se abrem, derramando numerosas sementes cinza-azuladas de cada cápsula.  As sementes são comestíveis cruas ou cozidas, embora seja demorado coletar o suficiente para usar como alimento.

A flor onze-horas é uma boa planta de cama em áreas quentes e secas onde outras plantas sofrem. Ela pode ser usada como:

  • Uma planta de orla ao longo de passarelas;
  • Uma cobertura anual em massa;
  • Plantada em canteiros para cobrir o chão depois que a folhagem do bulbo morre.

Ele cresce entre rochas e lajes (mas não tolera tráfego de pedestres). Fica bonita em cima de pedras em um jardim ou nas fendas de uma parede.

Combina bem em recipientes com outras plantas que também prosperam em locais quentes e ensolarados, como a zínia. A textura fina da rosa do musgo contrasta bem com arrojadas folhas arredondadas, enquanto a sua baixa estatura contrasta com todos os tipos de zínias.

Em recipientes, as flores de cores vivas aparecem muito bem quando plantadas com videira decorativa de batata-doce em verde limão ou roxo escuro.

Mas lembre-se de que o crescimento vigoroso da batata-doce pode facilmente ultrapassar a rosa menor, especialmente quando plantada no solo. A rosa musgo também pode ser usada em cestos pendurados como uma planta móvel pendurada na borda do recipiente.

Cultivo da Planta

Cultive a flor onze-horas em pleno sol na maioria dos tipos de solo, desde que bem drenados. É uma boa opção para áreas arenosas, gravilhadas ou rochosas.

Cresce a partir de sementes plantadas diretamente no solo ou dentro de casa em 4 a 8 semanas antes do frio para florescer mais cedo. Não é preciso muita coisa. Apenas cubra as pequenas sementes, semeadas dentro ou fora de casa.

Misturar as sementes com areia antes da semeadura facilitará a dispersão uniforme das mesmas. As sementes devem germinar em 1 ½ a 2 semanas.

Como estão frias, espere até que o solo esteja aquecido e o perigo do frio tenha passado para semear ou transplantar no jardim. Coloque as mudas a 8 centímetros ou mais de distância.

A onze-horas também pode ser propagada por estacas. Embora a flor sobreviva a condições difíceis, produzirá um crescimento e flores mais exuberantes quando houver umidade suficiente e solos ricos.

Remover as flores gastas promoverá uma maior floração e semeadura. As plantas podem ser podadas ou cortadas na meia estação se começarem a parecer desbotadas. Assim, a aparência será mais organizada e o crescimento mais pleno.

Não é necessário regar frequentemente para o cuidado adequado da flor onze-horas. A folhagem cilíndrica retém muito bem a umidade, portanto, a rega regular não é recomendada. Quando são regadas, apenas uma rega leve serve, pois sua zona radicular é muito rasa.

Onze Horas Rosa

A onze-horas tem poucos problemas de pragas, embora ocasionalmente pulgões ou lesmas possam ser um problema. Podridão do caule ou raiz pode socorrer em solos úmidos.

Fatos e Curiosidades

  • A onze-horas, mesmo não sendo venenosa, pode se mostrar um perigo para os pets de estimação. Isso porque, ao comerem, podem acabar perfurando as paredes do estômago com os micro-cristais existentes nas flores e nas folhas da espécie;
  • A flor, se consumida pelos humanos precisa estar cozida também por causa desse mesmo problema;
  • Essa flor recebeu o nome de onze-horas devido à hora em que as flores abrem no intuito de receber luz solar. Sendo muito bonita, o uso nos jardins tornou-se muito comum;
  • Ela é usada na culinária, suas folhas são cozidas como legumes, conservadas no vinagre e são adicionadas em molhos de saladas e ensopados. Seu uso medicinal dá-se na eficácia contra afecções do fígado, bexiga e rins. O suco da onze-horas cura inflamações nos olhos. As sementes são diuréticas e combatem vermes intestinais.

Veja também

Tudo Sobre Jasmim Manga: Características e Nome Científico

O jasmim manga encontrou no Oriente (especialmente na Índia) um lugar de proeminência. Para budistas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *