Home / Plantas / O que é Ecofisiologia de Plantas?

O que é Ecofisiologia de Plantas?

Muitos amantes da natureza fazem o possível para descobrir mais e mais sobre o meio ambiente e tudo o que ele engloba. Nosso ecossistema é surpreendente! Deixar algum detalhe de fora é um erro inadmissível.

Uma das partes que interessam os pesquisadores (e curiosos) é a ecofisiologia das plantas. Você sabe do que se trata apenas pelo nome? Se sim, meus parabéns! O seu conhecimento é muito rico. Porém, caso você não saiba do que se trata, não tem problema nenhum.

Aqui você irá ver um pouco sobre esta parte ecologia que atrai muitas pessoas. Reter algo novo sempre é bom. Que tal começar a fazer isso agora?

O Que é a Ecofisiologia das Plantas?

Pode ser que você nunca tenha ouvido este nome. Entretanto, pode conhecê-la como fisiologia ambiental. Ela se caracteriza como a ciência que realiza os estudos sobre todas as adaptações funcionais dos organismos.

Existem diversas alterações na biodiversidade e as condições ambientais estão em constante mudança — de forma gradativa ou drástica. A fisiologia ambiental tem como objetivo estudar todo este meio e ver quais impactos estão sendo causados. Ao mesmo tempo, localizar uma solução para que o ambiente não seja depredado de forma irrecuperável.

O estudo considera o panorama interativo de muitas espécies, incluindo pesquisas que não estão ligadas somente a ecofisiologia, mas, fazendo a correlação de evoluções, do comportamento vegetal e animal, da sistemática e da dispersão.

Para resumir: A ecofisiologia é a parte da biologia responsável por estudar os impactos da fisiologia das espécies devido às condições ambientais.

Adaptação das Plantas

A adaptação de plantas superiores a ambientes encharcados e inundados é revisada. O principal efeito na sequência de processos induzidos por encharcamento é a redução da concentração de oxigênio no solo.

Quanto mais durar o período de encharcamento, mais especiação das mudanças de nitrogênio, manganês, ferro, enxofre e carbono, do estado oxidado para o estado reduzido, são frequentemente neutralizados pelo aerênquima em bom funcionamento.

A título de curiosidade: O aerênquima é um tecido construído por células infladas em enormes espaços intercelulares. Com isso, grandes cavidades no interior das plantas são formadas. Elas são preenchidas pelo ar. Com isso, o seu “corpo” se torna mais leve, facilitando sua flutuação e sustentação na água.

A mudança na especiação do nitrogênio do solo não tem efeito sobre a planta resistente ao encharcamento, enquanto a redução do enxofre exige adaptações específicas.

Alterações metabólicas secundárias ao encharcamento envolverão a glicólise, mas dependem da extensão da anoxia no solo e, portanto, na raiz.

A inundação aumentará a sequência de processos induzidos pelo encharcamento. Assim que as partes da planta verde são inundadas e excluídas (parcialmente) do ar ambiente, uma redução na fotossíntese ocorrerá e afetará severamente o orçamento de energia.

Além da adaptação ecofisiológica, as espécies resistentes ao encharcamento podem desempenhar um papel na sobrevivência de espécies menos resistentes na mesma comunidade de plantas.

Mais Informações Sobre a Fisiologia Ambiental

A ecofisiologia vegetal vê mudanças em processos fisiológicos fundamentais na planta que são provocados pela mudança de influência externa em todos os aspectos da organização.  As diretrizes ecofisiológicas devem levar em consideração tanto a diferença estrutural quanto a funcional.

Pesquisas ecofisiológicas fornecem informações básicas para entender os mecanismos responsáveis ​​pelo ajuste. As pesquisas conectam com processos fisiológicos que influencia do crescimento, reprodução, sobrevivência, evolução e ajuste de fábrica.

Processos fisiológicos que são vistos dentro da ecofisiologia incluem regime de água, nutrição mineral, transporte de substância e energético (fotossíntese e respiração).

Os aspectos da fisiologia das plantas e da ecologia das plantas são comparados.

Outro Lado da Ecofisiologia

Ecofisiologia é o estudo dos mecanismos fisiológicos que fundamentam as observações ecológicas. A fisiologia de uma planta afeta seu desempenho e é modificada por seu ambiente.

Padrões de reprodução, abundância e distribuição são pistas para determinar como uma planta evoluiu para superar impactos ambientais negativos – sejam químicos, físicos ou bióticos.

Uma compreensão da ecofisiologia de indivíduos e populações de plantas fornece uma visão sobre o significado funcional de características específicas da planta e seu patrimônio evolutivo.

Esse conhecimento é vital para nossa compreensão de como as plantas responderão e potencialmente mitigarão os efeitos de pressões antrópicas, como a degradação do solo, a poluição e a mudança climática global.

Um Ramo da Biologia

A palavra biologia é derivada de duas palavras gregas:

  • Bios, que significa vida;
  • Logos, que significa estudo.

Ela é definida como a ciência da vida e dos organismos vivos. Um organismo é uma entidade viva consistindo de uma célula. Dentro disto, podendo citar os animais, as plantas e os fungos.

Alguns aspectos da ciência biológica vão desde o estudo dos mecanismos moleculares nas células, até a classificação e comportamento dos organismos, como as espécies evoluem e a interação entre os ecossistemas.

A biologia muitas vezes se sobrepõe a outras ciências; por exemplo, bioquímica e toxicologia com biologia, química e medicina; biofísica com biologia e física; estratigrafia com biologia e geografia; astrobiologia com biologia e astronomia.

As ciências sociais como geografia, filosofia, psicologia e sociologia também podem interagir com a biologia, por exemplo, na administração de recursos biológicos, biologia do desenvolvimento, biogeografia, psicologia evolutiva e ética.

Experiência de Trabalho

Obtendo experiência de trabalho na área de biologia que você está interessado é crucial. Em um mercado de trabalho competitivo, a experiência relevante mostra seu compromisso com a carreira e desenvolve suas habilidades práticas, além de dar a você a oportunidade de fazer contatos profissionais.

Além de estágios, o trabalho voluntário ou parcial em tempo relevante também é útil. Procure oportunidades com organizações como:

  • Instalações de conservação;
  • Museus de história natural ou ciência;
  • Companhias farmacêuticas;
  • Laboratórios de pesquisa e clínicos;
  • Escolas;
  • Zoológicos ou práticas veterinárias.

Para você que deseja saber mais sobre a ecofisiologia, é uma ótima opção desenvolver os seus conhecimentos sobre a biologia. Ela é a “mãe” da natureza! A fisiologia ambiental é um estudo que sempre será louvável.

Veja também

Suco de Babosa

Babosa Serve para Tratar que Tipo de Doenças? Lista de Doenças

Babosa: O que é? Babosa, nome popular para a planta Aloe Vera, leva esse nome …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *