Home / Plantas / Melancia Congo: Características, Benefícios e Nome Científico

Melancia Congo: Características, Benefícios e Nome Científico

Uma das principais características da melancia-congo (variedade da Citrullus lanatus – seu nome científico) é o seu teor bem maior de açúcar.

Além disso, dentre os seus principais benefícios, destaca-se o fato de ser considerada um verdadeiro isotônico natural, tais são as suas quantidades abundantes de água, carboidratos e sais minerais.

Essa variedade é cultivada desde tempos remotíssimos, e já no início dos anos 50 recebia prêmios, como o “All American Selection”, importante premiação norte-americana, cujo objetivo é descobrir novas e mais vigorosas espécies vegetais que mais se destacam no seu gênero.

A melancia-congo é uma exuberância, com uma polpa vermelha bem mais intensa do que as variedades que conhecemos, e ainda com um exterior de um verde bastante “vivo” e acentuado, com aquelas suas tradicionais estrias, nela bem mais marcantes.

Essa variedade produz frutos ovais com diâmetro entre 26 e 32 cm, 9 a 13 kg de peso e com um comprimento que oscila entre 41 e 52 cm.

Mas o objetivo desse artigo é fazer uma lista com alguns dos principais benefícios e características da Citrullus lanatus (nome científico) da variedade melancia-congo – um dos tipos mais doces, suculentos e ricos em nutrientes desse formidável gênero de espécies vegetais frutíferas.

1.Fortalece O Sistema Imunológico

Em tempos de acirrada luta pela sobrevivência e pela afirmação social e profissional, ter a garantia de um sistema imunológico fortalecido pode fazer toda a diferença entre o sucesso e o fracasso nas nossas atividades diárias.

E a melancia faz isso, e muito bem! Graças às suas generosas quantidades de ferro, potássio, fósforo, vitaminas do complexo B e C, ela contribui para tornar o organismo protegido de gripes e resfriados, e ainda restringe a ação dos chamados “micro-organismos oportunistas.”

Sistema Imunológico
Sistema Imunológico

2.É Um Hidratante Natural

Uma das principais características (ou benefícios) da melancia-congo (além de ser uma variedade da Citrullus lanatus – seu nome científico) é justamente o fato de ela ser capaz de oferecer a quantidade de água necessária para o funcionamento normal do organismo.

Cerca de 92% do seu peso é todo ele composto por água; ainda acrescido de carboidratos, minerais, entre outras vitaminas.

Com isso, a melancia-congo ainda torna-se uma fruta indicada para a substituição da água durante e após as refeições – o que, inclusive, facilita a digestão correta dos alimentos.

Melancia do Congo Fatiada
Melancia do Congo Fatiada

3.É Um Isotônico Natural

Como pudemos perceber até aqui, a melancia-congo (ou qualquer outra variedade da Citrullus lanatus) pode ser facilmente comparada a um isotônico natural.

Um isotônico é uma bebida famosa por ser a preferida entre os atletas por conter, juntamente com água, boas quantidades de carboidratos e sais minerais.

E essa fórmula pode ser encontrada de forma natural na melancia! E por isso ela pode ser considerada incomparável quando o assunto é a reposição de água, carboidratos e sais perdidos durantes as sessões.

Garotinho Comendo uma Melancia do Congo
Garotinho Comendo uma Melancia do Congo

4.Controla a Pressão Arterial

O nome científico da melancia-congo (Citrullus lanatus) costuma ser identificado, em alguns lugares, como o exemplo de um estabilizador da pressão arterial. E isso é, sem dúvida, uma das suas principais características (ou benefícios).

Essa descoberta foi publicada recentemente no periódico inglês Daily Mail. De acordo com os pesquisadores responsáveis pela publicação, o consumo regular de frutas como a melancia-congo pode auxiliar os indivíduos que sofrem com esse tipo de transtorno a ter uma rotina menos difícil.

Nesse caso, são as excelentes quantidades de licopeno, vitaminas do complexo B, entre outros nutrientes, que tornam mais “relaxadas” as paredes das artérias – sem contar a sua capacidade de eliminar gorduras e toxinas.

5.É Um Excelente Diurético

Pelos mesmos motivos que a fazem ser um excelente hidratante e isotônico natural, a melancia-congo também pode ser considerada um dos melhores diuréticos naturais disponíveis gratuitamente.

Mas isso não apenas por aumentar ou estimular a produção de urina durante o dia, e sim por também ser uma fonte de antioxidantes e de substâncias anti-inflamatórias, que preservam as células renais de inflamações, lesões e oxidações – alguns dos principais responsáveis por distúrbios como: cálculos e insuficiência renais, pielonefrite, tumores, cistos, entre outros transtornos.

Mas como se tudo isso não bastasse, o consumo regular de frutas como a melancia-congo ainda contribui para regular o pH da urina, diminuir os níveis de ureia, entre outros benefícios que ajudam a impedir o acometimento de tais doenças.

6.Protege o Coração

Esse é outro benefício (ou característica) da melancia-congo, cujo nome científico também pode ser considerado um sinônimo de proteção do sistema cardiovascular.

Mais uma vez entram em ação as suas quantidades generosas de vitaminas, antioxidantes, além de propriedades anti-inflamatórias e analgésicas, que ajudam a controlar a pressão sanguínea, eliminam toxinas, quebram as moléculas de gorduras das veias e artérias, e ainda promovem uma espécie de “relaxamento” das suas paredes.

Essa é uma combinação de efeitos que poderíamos chamar de “explosiva!” Uma combinação de fatores capazes de reduzir os riscos de infartos e demais transtornos cardiovasculares em até 80% em indivíduos de todas as idades.

Melancia Congo Fatiada no Prato
Melancia Congo Fatiada no Prato

7.Combate a Obesidade

Apesar de controversos, os números da OMS (Organização Mundial da Saúde) revelam que 1 em cada 8 indivíduos adultos no mundo sofre com a obesidade.

E pior: hoje essa doença pode ser considerada a segunda principal causa de morte no planeta, perdendo apenas para os transtornos pulmonares e cardiovasculares – que de alguma forma também estão relacionados com essa condição.

Esses são números que não deixam dúvidas sobre a importância de atentar para a manutenção do peso corporal em níveis aceitáveis.

Criança Comendo Melancia do Congo
Criança Comendo Melancia do Congo

E, para isso, o consumo regular de espécies vegetais como a melancia-congo pode contribuir sobremaneira, devido aos seus altos níveis de antioxidantes e sais minerais, responsáveis pela eliminação de toxinas, quebra das moléculas de gordura, entre outras ações capazes de impedir o sobrepeso em indivíduos de todas as idades.

Mas os especialistas não se cansam de chamar a atenção para o fato de que uma alimentação saudável, por si só, não é capaz de combater esse tipo de transtorno.

É preciso que, concomitantemente a isso, o indivíduo reconheça a necessidade de realizar uma mudança radical nos seus hábitos de vida, que envolvam a prática de exercícios físicos, ingestão regular de água, técnicas que promovam a saúde da mente, entre outras iniciativas que formem um “todo” capaz de contribuir para a sua saúde integral.

Agora fique à vontade para deixar as suas impressões sobre esse artigo por meio de um comentário. É por meio dele que conseguimos aprimorar, ainda mais, os nossos conteúdos.

Veja também

Como Preparar o Chá de Cana de Macaco? e o Suco?

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre a cana de macaco. Quem nunca recebeu uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *