Home / Plantas / Lista de Tipos de Astromelia: Cores e Especies Com Fotos

Lista de Tipos de Astromelia: Cores e Especies Com Fotos

Astromelia são conhecidos hoje em dia, por sua presença na maioria dos buquês de floristas. Suas flores, de forma original e estriadas, atualmente apresentam quase todas as cores possíveis. Embora tenham grandes flores atraentes, é difícil cultivar esses híbridos em um jardim. No entanto, os híbridos dos jardins de nossas avós estão entre os mais fortes, resultantes de um cruzamento entre astromelia ligtu e astomelia haemantha.

Apresentando Astromelia

Astromelia ligtu é uma espécie andina, de montanha média, cultivada nas encostas ao sol ou à meia-sombra. Ele suporta temperaturas transitórias a -5°C, típicas de suas regiões nativas, mas no inverno é frequentemente protegido por um manto de neve, quando a temperatura cai ainda mais.

A astromelia possui muitas hastes eretas com média de 70 cm de altura. A subespécie simsii, muito vigorosa, atinge 1,2 m facilmente. As folhas são ovais com veias paralelas, verde claro. As flores são colhidas no topo do caule torcido de 12 a 25. Cada flor é composta por 6 pétalas assimétricas, algumas das quais com listras marrons. As cores são extremamente variáveis, amarelo brilhante com manchas vermelhas, rosa salmão, amarelo ou creme.

São plantas bulbosas, suas raízes espessadas, um pouco como as raízes dos espargos. Eles são frágeis e quebradiços e afundam profundamente no chão. São atualmente instalado no jardim na primavera, tomando cuidado para não tocar suas raízes. Gosta de uma situação ensolarada ou semi-sombreada, em um solo arenoso muito drenante, mas sempre com um pouco de tendência fresca, pobre, neutra ou ácida.

Os híbridos, no entanto, apoiarão um pouco de fertilizante que os fará crescer mais rapidamente. Em boas condições, o vigor pode torná-lo invasivo. Suas hastes delgadas às vezes requerem plantas de estaca ou vizinhas que as mantêm eretas. No solo, ela precisa da proteção de inverno oferecida por uma cobertura morta, para depositar assim que seus caules aéreos ficarem amarelados e desaparecerem.

Dicas De Cultivo E Observações

A astromelia pode ser dividido na primavera, mas é particularmente estressante para a planta, porque suas raízes quebradiças odeiam ser perturbadas. A semeadura é mais longa, porém mais vantajosa: as sementes são colhidas na maturidade. Em seguida, deixe secar 3 meses. Por fim, após imersão em água por 2 dias, são plantadas em uma mistura arenosa e serão submetidas a estratificação a frio, ou seja, 30 dias na mistura úmida entre 2 e 5°C (saco de plástico na parte inferior da geladeira).

Depois de passar por esse período invernoso, as sementes são aquecidas e levadas para germinação, ou diretamente ao ar livre, se for primavera. Este é o melhor método para obter uma taxa de germinação correta. Somente as plantas jovens suportam bem o transplante, então você deve transplantá-las com rapidez suficiente para o jardim. As plantas levarão 2 anos para florescer.

Na categoria de plantas alpinas, existe uma magnífica espécie andina, que não excede 15 cm de altura, com folhagem de astromelia andina, vivendo em montanhas altas. Outro motivo para sucumbir aos encantos da astromelia? Simboliza amizade. Finalmente, é comumente chamado de lírio dos incas ou do Peru por sua origem geográfica.

Lista de Tipos de Astromelia: Cores e Especies Com Fotos

A astromelia, mais conhecido por seu nome latino ‘alstroemeria’, é uma planta perene que agrupa cerca de cinquenta espécies. Muito presente nas composições dos floristas devido à sua excelente longevidade, oferece uma variedade de cores aos artistas: cores quentes (amarelo dourado, laranja brilhante, fúcsia, vermelho, ameixa, etc), mas também tons pastel (lilás rosa pálido, verde macio, salmão, etc).

Algumas variedades comuns:

  • alstroemeria aurantiaca, aurea ou amancay, amarelo-alaranjada;
    Alstroemeria Aurantiaca
    Alstroemeria Aurantiaca
  • alstroemeria ligtu, rosa pálido e amarelo;
    Alstroemeria Ligtu
    alstroemeria ligtu
  • alstroemeria pelegrina, branca e rosa com toques de amarelo;
    Alstroemeria Pelegrina
    Alstroemeria Pelegrina
  • alostroemeria psittacina, pequenas flores vermelhas alinhadas com verde;
    Alostroemeria Psittacina
    Alostroemeria Psittacina
  • variedades híbridas laterais (alstroemeria hybrida), a escolha das cores é imensa.
    Alstroemeria Hybrida
    Alstroemeria Hybrida

Geralmente de duas cores, as flores das astromelias são parcialmente riscadas de marrom. Elas são agrupados em um pequeno buquê ao longo de uma haste firme. As folhas são lanceoladas (longas, finas e pontudas). A delicadeza das pétalas dispostas em funil e cobertas com estames lembra as flores de lírio. Essa semelhança com suas origens na América do Sul ganhou os apelidos de “Lírio dos Incas” e “Lírio do Peru”. As flores de algumas variedades de astromelia também compartilham semelhanças com as orquídeas por sua forma e seu toque exótico.

A alstroemeria aurantica é um clássico, 100 cm, laranja acobreado, você descobrirá sem dificuldade outras formas em cores pastel, como os híbridos ligtus, 70 cm, além de novos híbridos, de tamanho idêntico, com flores de várias cores, riscado ou pontuado, geralmente vendido em vasos pequenos. Os gênero têm cores bastante brilhantes! Uma série, chamada Duquesa de Anjou, reúne plantas de menos de 50 cm, ideais para pequenos maciços ou para a decoração de caixas.

Existem dezenas de espécies, incluindo alstroemeria aurantiaca, também chamada alstroemeria aurea, com flores alaranjadas a amarelas brilhantes com sépalas listradas vermelhas, alstroemeria hookerii, que é anã (30 a 60 cm) com flores rosa e sépalas listradas. roxo e amarelo; e muitos híbridos, incluindo os híbridos de alstroemeria ligtu e alstroemeria haemantha, que oferecem flores em cores muito variadas, muitas vezes em tons pastel e frequentemente bicolores.

Entre as principais variedades, encontramos: alstroemerian Indian Summer, alstroemeria pelegrina, alstroemeria psittacina, alstroemeria pulchella e alstroemeria Summertime. Em flor sólida ou cortada, é muito decorativo.

As variedades híbridas são muito numerosas e têm cores variadas, sendo as flores raramente unidas. Variedades altas (0,7 m): ‘Aubance’ (cor de pêssego), ‘Layon’ (cor amarelo dourado), ‘Authion’ (cor vermelha), ‘Oudon’ (cor rosa), ‘Louet’ (cor roxa). Variedades baixas (0,4 m): ‘Suzanna’ (cor branca), ‘First Love’ (cor rosa púrpura), ‘Endless Love’ (corers rosa pálido e manchado de rosa brilhante), entre outras.

Dicas Finais Sobre Astromelia

Quer um buquê de uma única flor? Astromelia se presta a tal conquista. Escolha, neste caso, uma única cor ou, pelo contrário, multiplique os tons para criar uma carga multicolorida do efeito mais bonito. Como em todas as plantas com fortes raízes carnudas, reserve-lhes um solo profundo, solto e bem drenado, que lhes proporcione as melhores chances de sucesso. Astromelias desfrutam de terras ricas.

Portanto, devemos pensar em fornecer um adubo de manutenção na primavera e regar regularmente se estiver seco, principalmente no momento da floração. Você vai ter muitas inflorescências, tantas que você pode levar sem arrependimentos para decorar seus buquês bem. Como precaução, escolha um local protegido de rajadas de vento ou planeje uma estaca discreta. Os caules carregados de flores às vezes não têm estabilidade. A beleza das astromelias merece esse pequeno esforço.

Aviso aos jardineiros mais novatos: a cultura da astromelia é acessível a todos! Planta semi-resistente, pode suportar temperaturas de até -8°C, mas teme ventos extremamente frios. Se você mora em uma região com clima ameno, instale-a diretamente no jardim, nos canteiros ou bordas. Se, por outro lado, seus invernos forem rigorosos, prefira plantar em uma panela grande que você possa guardar dos ventos gelados, ou palha no pé de sua planta para protegê-la.

A manutenção é, então, sem restrições específicas, a astromelia não sendo propensa a parasitas ou doenças. Idealmente, remova os caules floridos quando estiverem desbotados. Então será necessário estar armado com um pouco de paciência: a astromelia leva entre 2 e 3 anos para desenvolver bem seu sistema radicular e implantar suas flores. Ela irá recompensá-lo, tornando-se cada ano mais e mais florífera!

Veja também

Flor de Mel Amarela: Características, Nome Cientifico e Fotos

Hoje durante este texto, você conhecerá uma planta incrível e que é muito procurada no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *