Home / Plantas / História da Framboesa e Origem da Fruta

História da Framboesa e Origem da Fruta

Você é um apreciador das frutas vermelhas? Elas são utilizadas em diversos produtos alimentícios e cosméticos. Dentre elas estão os morangos, as cerejas, amoras e framboesa. Mas você sabe diferenciar a framboesa da amora? Conhece a história ou origem dessa fruta?

Esta fruta tem sua origem provinda da região dos campos no centro-norte da Eurásia. Sua extração é conhecida dos tempos da idade média, onde era comum encontrar diversos cultivares da fruta. 

Alguns pesquisadores encontraram evidências da existência da framboesa na região de Pompeia, na Itália, do ano 63 aC. Além deste local, há vestígios pré-históricos da fruta em cidades da Inglaterra, da Alemanha, da Suíça e Dinamarca.

Características da Framboesa

A Framboesa é conhecida cientificamente como Rubus idaeus L.  Ela é um vegetal que faz parte da família das Rosáceas (como as peras, morangos, damascos, cerejas, dentre outras).

A framboesa não cresce a partir de uma árvore, mais sim de um arbusto. Logo, o framboeseiro tem a estatura pequena, com cerca de 30 a 50 cm de comprimento.

Rubus Idaeus

Seu caule tem a estrutura reta, apresentando uma infinidade de acúleos (que são uma espécie de espinhos frágeis, que podem ser destacados sem nenhum esforço, como os espinhos encontrados na roseira). 

É bastante ramificada e sua estrutura é semelhante às outras plantas das família das rosáceas.

Folhas da Framboesa

As folhas do framboeseiro são nomeadas como folíolos (pequenas folhas finas). Crescem sempre em números ímpares, sendo 3 a 5 pequenas folhas.

Podem ser ovais, pontiagudas ou serrilhadas. Apresentam coloração verde-escura na parte da frente, mas clara ou acinzentada na parte de trás.

Flores da Framboesa

Suas flores são brancas com partes esverdeadas, bastante pequeninas. Contém de 5 a 6 pétalas delicadas, e o seu tamanho equivale ao dobro da estrutura das frutas. 

A flor da framboesa é sustentada por uma haste larga e repleta de espinhos.

Flor da Framboesa

Framboesa, a Fruta 

Normalmente, as framboesas têm a coloração vermelha, mas pode-se encontrar essa fruta na coloração preta (quando bastante madura) e amarelada. Sua estrutura é formada por gomos e o seu interior oco. 

Tem o sabor doce, com uma pitada de azedume, o que faz da fruta uma opção rica para diversas receitas culinárias.

Plantio da Muda de Framboeseiro

Devido à sua origem (centro-norte da Ásia e Europa), a Framboesa tem preferência por climas negativos, mas se desenvolve bem em diversos tipos de temperaturas, desde que sejam respeitadas suas necessidades de acordo ao clima em que será plantada. 

É desejável que se faça o plantio entre julho e setembro, período e que termina o inverno e começa a primavera. Ela pode ser propagada através de sementes e mudas. Mas seu crescimento é mais efetivo pela muda já crescida.

Na plantação de sementes, é necessário umedecê-las antes e colocá-las em um vaso de turfa (tipo de recipiente próprio para a germinação). Após a muda germinar, devem ser realocadas no jardim.

Muda de Framboeseiro

O local escolhido deve ser bastante espaçoso (já que a altura do arbusto pode chegar a 1,2 metros) e exposto a bastante sol no decorrer do dia. É preciso que entre uma muda e outra, tenha um distância de 60 cm; assim cada planta terá a quantidade correta de exposição ao sol sem que uma atrapalhe a outra.

Para plantar a muda, não é necessário um tipo muito específico de solo. Entretanto, para seu plantio deve-se atentar para que a terra esteja fria e rica em compostos orgânicos, tenha uma acidez que varia entre 5 a 5,5 em ph e que não tenha sido utilizada no plantio de outros vegetais.

Ao cavar o buraco, a profundidade deve ser o suficiente para acolher somente a raiz, sem que as plantas encostem na terra. Feito o plantio, regue e abundância ou deixe a raiz de molho durante um ou duas horas.

Cultivando a Árvore de Framboeseiro

Ao crescer, o Framboeseiro deve estar cercado de alguns cuidados por parte do cuidador.

No primeiro ano do cultivo, este arbusto cresce com haste retas e bastante longas, sem que haja floração ou frutificação. No ano seguinte, começa a aparecer suas primeiras flores e frutos.

Para que isso ocorra de maneira natural, é necessário que haja a poda constante do arbusto, eliminando ramos que frutificaram e as hastes em excesso.

É imprescindível que se evite locais com corrente de vento. Ao redor do plantio, montar estruturas que bloqueiam essas correntes são muito úteis no cultivo da framboesa.

É preciso regar as mudas semanalmente, desde que seja em abundância no verão e em pouca quantidade no inverno. 

Fertilize a planta após um ano de plantio, durante o inverno. É importante que a fertilização da planta seja rica em compostos orgânicos.

Colheita

O framboeseiro apresenta dois tipos de espécies de frutos: as que frutificam no verão e as espécies que frutificam o resto do ano. São elas:

Verão

  • Meeker 
  • Black Hawk
  • Latham 
  • Brandywine 
  • Willamette
Colheita Framboesa

Resto do Ano

  • Framboesa de março 
  • Amity 
  • Heritage 
  • Dourada

As colha em período matutino, onde a probabilidade de ferir o fruto é menor, pois o clima é fresco.

Benefícios da Framboesa

No framboeseiro, pode-se usar desde as folhas até o fruto. Como todo vegetal da família das rosáceas, é um arbusto que contém espinhos. Por isso, deve-se ter atenção ao recolher as frutas e folhas, para evitar possíveis acidentes.

A fruta tem 57 calorias, mas é rica em proteínas e vitaminas A, Tiamina (B1), Niacina (B5) e ácido ascórbico (C). Além disso, apresenta Cálcio, Fósforo, Fibra e Ferro em sua composição.

O consumo tanto da fruta quanto das folhas nos dá acesso a propriedades adstringentes, emagrecedoras e diuréticas. Além disso, é uma opção natural para a ação diurética, antioxidante e anti-inflamatória.

Devido às suas propriedades emagrecedoras, é um ótimo remédio para o tratamento de:

  • obesidade;
  • pressão alta;
  • feridas dermatológicas, em geral; 
  • vômitos e diarréira;
  • úlceras;
  • conjutivite;
  • tensão pré-mentrual (TPM);
  • evelhecimento precosse;
  • câncer

Além disso, a framboesa é um excelente opção de alimento na alimentação para esportistas por ser um tônico muscular natural.

Curiosidades

Muitas pessoas têm o costume de confundir a framboesa com a amora, pois ambas têm a característica coloração vermelha ou escura, com sua estrutura exterior formada por pequenos gomos.

Enquanto a framboesa tem seu centro vazio, com um sabor mais “floral” e azedo, a amora tem a polpa cheia, não é tão azeda, com um sabor adocicado e bastante penetrante.

Veja também

Cactos no Vaso

Para Que Serve o Cacto? O Que Simboliza Cacto?

O reino das plantas prospera onde a luz do sol e a água se interligam. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *