Home / Plantas / Heliconia Bihai: Caracteristicas e Fotos

Heliconia Bihai: Caracteristicas e Fotos

Algumas plantas são muito bonitas, servindo para paisagismo tanto em vasos, quanto em jardins. É o caso da Heliconia bihai, ou como é popularmente conhecida, pássaro-de-fogo, uma das plantas mais interessantes de se ter como ornamento em sua casa.

Quer saber um pouco mais sobre ela? Então nos acompanhe.

As Helicônias

Sendo conhecida também pelo nome de caeté, ou simplesmente de bananeira do mato, a helicônia é um nome genérico pelo qual são conhecidas plantas do gênero Heliconia, o único pertencente da família Heliconiaceae. Essa variedade de plantas é muito comum de ser usada em jardins.

Em geral, suas folhas atingem até 3 metros de altura, sendo parecidas justamente com as de uma bananeira. É o tipo de planta que aprecia solos úmidos e que sejam bem ricos em termos de material orgânico. A sua multiplicação se dá através de touceiras, contando-se os seus rizomas. São plantas essencialmente tropicais, originárias da América do Sul, da América Central, das Ilhas do Pacífico e da Indonésia.

Essas plantas, além de terem valor ornamental, possuem um grande valor ecológico. Isso porque, devido ao seu crescimento rizomatoso, as helicônias são importantes para o reflorestamento e para a proteção dos mananciais, já que possuem a capacidade de diminuir os movimentos de terra sobre as encostas. Um dado positivo com relação a esse último aspecto, é que elas florescem o ano todo, o que facilita quando se trata de proteger as encostas, em especial, na época do inverno.

Além disso, toda e qualquer helicônia é importante na comunidade onde está inserida, já que consegue interagir com outros organismos, sejam organismos que se alimentem dela, ou que vivam nela, já que, devido às suas brácteas características, as helicônias podem servir de abrigo para inúmeros insetos.

E, claro, possuem uma importante relação com animais polinizantes, com elas oferecendo o alimento ideal para esses animais, e estes possibilitando a reprodução delas através do pólen, como com os beija-flores nas áreas neotropicais, ou com os morcegos, nas ilhas do Pacífico.

Existem inúmeras espécies de helicônias (em torno de 200), e somente no Brasil existem cerca de 40 espécies devidamente registradas. Entre elas, está a Heliconia bihai, que é a que vamos falar a seguir.

Características Principais da Heliconia Bihai

Sendo uma planta tropical por excelência, a Heliconia bihai é nativa da Floresta Amazônica, e possui algumas características bem particulares, como, por exemplo, as cores vibrantes de suas inflorescências, e sua folhagem bem exuberante, como se tivesse sido moldada à mão.

O seu caule é rizomatoso, e é de onde surgem longos pecíolos eretos e invaginantes. São esses pecíolos que sustentam grandes folhas, de coloração verde e com nervação muito bem marcada. Mesmo sendo uma herbácea, o seu porte é de arbusto, indo de 1,5 m a 4 m de altura. Já, as suas inflorescências são do tipo espiga e eretas, surgindo tanto na primavera, quanto no verão.

A planta é formada por brácteas bem grandes, de uma cor vermelho alaranjado bem vivo, possuindo uma margem verde superior que é típica da espécie. As flores da Heliconia bihai são pequenas, tubulares, brancas e nectaríferas, atraindo beija-flores e morcegos, que são os seus principais polinizadores.

Os frutos da Heliconia bihai são drupas, e ficam azuladas quando amadurecem. Há, inclusive, diferentes cultivares dessa espécie de helicônia, e cujo nome tem muito a ver com suas cores. Exemplos? A “Chocolate Dancer”, cujas brácteas são cor de chocolate, a “Emerald Forest”, que possui brácteas verdes, a “Peach Pink”, com brácteas cor de pêssego, a “Yellow Dancer”, que tem brácteas amarelas, e por aí vai.

Detalhe que as inflorescências dessa planta são excelentes para serem usadas como flores de corte. Afinal, além de muito bonitas, elas são duráveis, bem resistentes a manuseio e principalmente a transporte. Sem contar que a variedade de cores permite com que você possa fazer belos arranjos e composições florais.

As flores viradas pra cima funcionam como uma espécie de recipiente que serve de fonte natural para pássaros e insetos beberem água proveniente da chuva.

Cultivo e Paisagismo

Já deu pra perceber que essa planta pode ser um ótimo elemento paisagístico, não é verdade? Afinal, ela possui uma folhagem exuberante, além de flores bem chamativas. Uma das suas principais características mo paisagismo é valorizar jardins de estilo tropical, em canteiros, maciços e bordaduras informais. Outra ótima característica dessa planta é suavizar construções, cercas e muros.

A Heliconia bihai pode gerar um ótimo efeito cercando caminhos que sejam amplos, deixando o ambiente bem refrescante e acolhedor. É uma planta que pode ser cultivada em vasos largos, ou mesmo ser conduzida para estufas em locais de clima temperado.

Paisagista Cuidando de Uma Heliconia Bihai
Paisagista Cuidando de Uma Heliconia Bihai

O cultivo dela deve ser sob sol pleno, ou, pelo menos, a meia-sombra, com solo fértil e drenável, enriquecido com material orgânico e irrigado com regularidade. É uma planta que aprecia muito o calor e a umidade tropicais (afinal, ela veio da própria Floresta Amazônica). E, por isso mesmo suas folhas são bem sensíveis a geadas. No entanto, caso seja atingida por uma, a Heliconia bihai rebrota na primavera.

Seu cultivo é perene, não necessitando, portanto, replantio. As fertilizações orgânicas anuais na primavera estimulam florações bem intensas. A multiplicação dela se dá por sementes, por divisão do rizoma ou até mesmo da touceira.

O Beija-Flor, Um Dos Visitantes Usuais da Heliconia Bihai

Beija-Flor-De-Fronte-Violeta Na Helicônia Bihai
Beija-Flor-De-Fronte-Violeta Na Helicônia Bihai

Dentre vários animais que polinizam essa espécie de helicônia, está o beija-flor, um dos mais importantes animais para essa função. Quando visita essa planta em busca do néctar, o beija-flor encontra também o pólen, cuja substância fica presa em seu bico e em suas penas. Quando ele se dirige a outras helicônias, deixa nelas o pólen que trazia de outra, fertilizando-a. Esse processo, inclusive, é feito pelo beija-flor com toda e qualquer planta.

Pra se ter uma ideia, em apenas um dia, um beija-flor apenas pode ingerir uma quantidade de néctar equivalente a até três vezes o seu próprio peso. Detalhe que mesmo o néctar sendo o alimento principal desses pássaros, quando são filhotes, eles também podem se alimentar de pequenos insetos.

Porém, o alimento primordial para esses pássaros é o néctar, e a Heliconia bihai tem de sobra pra oferecer a ele.

Veja também

Para Que Serve a Amora Silvestre? Quais Seus Benefícios?

Plantas de Amora Silvestres são geralmente arbustos espinhoso do gênero Rubus da família das rosas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *