Home / Plantas / Graviola Amarela do Mato: Características e Nome Científico

Graviola Amarela do Mato: Características e Nome Científico

Você conhece a graviola amarela do mato? Esta é uma curiosa fruta oriunda das Antilhas, mas muito presente no Norte do Brasil.

Com uma casca de coloração esverdeada, ela possui a polpa amarelada e é levemente mais azeda que as outras de sua família.

Semelhante à graviola, ela também é conhecida como graviola do mato amarelinha. Enquanto a outra espécie possui a polpa totalmente branca com as sementes dispersas entre ela, a graviola do mato possui a polpa mais densa, amarelada e com um sabor menos adocicado.

Elas são ótimas para fazer sucos, doces e outras diversas receitas. Basta misturá-las com água, leite e açúcar para fazer um delicioso suco de graviola amarela do mato.

Continue acompanhando este artigo para ficar por dentro de curiosidades, características e conhecer o nome científico da graviola amarela do mato.

A Graviola Amarela do Mato: Características Gerais

Pouco conhecida por nós, essa fruta traz muitas dúvidas quando o assunto é seu nome, sua origem e mesmo algumas de suas características.

Elas está presente na família Annonaceae, a mesma onde estão enquadradas a graviola, a pinha, o biriba, entre outras.

Estima-se que existam mais de 250 espécies de anonáceas em todo território nacional, além de 33 gêneros que compõem esta família. Elas também são conhecidas como annona ou mesmo araticum.

Ela pode ser encontrada no Norte do Brasil e nas ilhas próximas ao Caribe. No Norte do país ela é conhecida também como Araticum.

Suas folhas são levemente mais brilhantes do que a da graviola, e ela é mais arredondada, com coloração verde escuro, podendo alcançar até os 15 centímetros de comprimento.

Sua polpa é bastante carnuda, com muitas sementes. Suas propriedades são principalmente para uso medicinais, mas também se misturar um pouco de açúcar e gelo, o amargo vai embora e você pode fazer deliciosas receitas.

Ela é conhecida principalmente pelas suas propriedades medicinais. O chá de suas folhas é ótimo.

Ela tem um cheiro forte e bastante característico, com a polpa amarelada, esta espécie desempenha um excelente papel em nossa nossa saúde; é uma excelente combatente de cólicas, desinterias e reumatismos.

Elas são conhecidas principalmente pelos seus frutos exóticos e suas folhas reluzentes.

Graviola Amarela do Mato: Características e Nome Científico

Graviola Amarela do Mato no Pé
Graviola Amarela do Mato no Pé

No âmbito científico ela é conhecida como annona spp.; mas popularmente ela recebe diferentes e inúmeros nomes, como araticum, biribá, pinha, cherimóia, condessa ou mesmo graviola do mato.

Sua árvore pode medir entre 4 a 9 metros de altura e adora a iluminação solar, por isso teve uma ótima adaptabilidade nas zonas tropicais  e áreas mais calorentas.

Elas suportam temperaturas entre 24 e 30 graus, e adoram receber sol pleno. Ela é uma planta perene, ou seja, que dá frutos o ano inteiro.

Desta maneira, podemos observar que existem muitas frutas nesta família, e a graviola amarela do mato, possui diferentes nomes e variações.

Se você está pensando em plantar estas deliciosas e aromáticas frutas na sua casa, saiba que você pode encontrar sementes online, em lojas virtuais; ou pode ser realizado também através de enxerto, mas lembre-se, elas adoram sol e bastante água.

Para uma plantação eficaz, que resulte em bons frutos, não se esqueça de seguir as seguintes dicas:

Graviola do Mato: Como Plantar

Para o plantio adequado desta e de qualquer outra espécie, é importante você se atentar aos seguintes fatores:

Espaço

Para um plantio bem sucedido da graviola amarela do mato, você precisa escolher um local ideal, que contenha um bom espaço para a árvore se desenvolver, já que ela cresce grande alturas.

Você pode tanto plantar diretamente no solo, quanto plantar em vaso. Mas o importante é que ela tenha espaço para desenvolver-se.

Se você possui um quintal amplo, o indicado é que plante diretamente no solo, para que a árvore desenvolva-se e dê belos e saborosos frutos.

Mas isso não vai acontecer, se você não se atentar ao próximo detalhe, que é tão importante quanto este fator.

Água

A água é fundamental para qualquer ser vivo. É necessário que você faça regas diariamente na sua árvore.

Regá-la todos os dias ajuda no desenvolvimento da árvore, e desta maneira, ela crescerá de modo saudável e lhe dará ótimos frutos.

Desta maneira, com espaço para crescer e água, outro fator fundamental é o solo, confira as seguintes dicas

Solo

O solo deve ser bem drenado, de modo que quando você faça as regas ele não encharque.

Você deve utilizar fertilizantes ou mesmo adubo natural se notar que a árvore não está se desenvolvendo adequadamente.

Se atente também ao pH do solo. ele é fundamental para o controle de acidez e o regulamento adequado.

E o ultimo fator, mas não menos importante, é a iluminação; se atente a ela e tenha uma belíssima arvore de graviola do mato em seu quintal.

Iluminação

A graviola do mato adora iluminação plena. Ela se desenvolveu em áreas tropicais, como o Norte do Brasil e a América Central, por que adora receber iluminação direta.

Então escolha um local onde ela não receba tanta sombra e sim iluminação solar. Assim ela poderá receber adequadamente a iluminação certa e desenvolver-se adequadamente.

Confira agora algumas receitas deliciosas que você pode fazer com a graviola amarela do mato!

Graviola Amarela do Mato: Receitas

Você pode preparar inúmeras e deliciosas receitas com a graviola amarela do mato.

Uma ótima alternativa para preparar um delicioso suco é bater a polpa com açúcar, gelo e água.

Primeiro você deve retirar a polpa e peneira-la, retirando as sementes. Depois coloque em um liquidificador (mas lembre-se, não coloque toda a polpa, se não o gosto ficará muito forte) e acrescente uma boa quantidade de água e açúcar. Feito isso, acrescente o gelo e saboreie um delicioso suco.

Outras alternativas para você utilizar a polpa, que também ficam uma delicia, é fazer shakes, copotas, sorvetes, licores.

Além disso, você pode experimentar a graviola do mato assada, frita ou mesmo cozida.

Como podemos perceber, é uma fruta bastante versátil, que apesar de ter um gosto pouco amargo, mas quando misturada com outros ingredientes, resulta em deliciosas receitas.

Já experimentou a Graviola do mato? Conte para nós aqui nos comentários e continue acompanhando as postagens do Mundo Ecologia!

Veja também

Qual a Melhor Maneira de Consumir o Gengibre?

O gengibre é totalmente saboroso, mas também possui inúmeros benefícios à saúde – não é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *