Home / Plantas / Ficha Técnica do Pé de Amora: Raiz, Folhas, Tronco e Fotos

Ficha Técnica do Pé de Amora: Raiz, Folhas, Tronco e Fotos

O pé de amora, ou amoreira, é um tipo de árvore decídua. Seu fruto, de nome amora, é conhecido e apreciado no mundo todo. De porte médio, alcança entre 4 até 12 m de altura. Suas folhas são bem simples, cordiformes a ovadas, cartáceas, com margens dentadas ou serrilhadas.

Sua inflorescência surge no fim do inverno, mostrando-se como espiga, pendente, onde há a reunião de flores minúsculas brancas. A amora, seu fruto, é pequeno, aquênio, carnoso e preto quando maduro, reunido em infrutêscência.

Existem muitas especificações acerca dessa planta. Se você se interessa pela ficha técnica do pé de amora, acompanhe o artigo até o final.

Ficha Técnica do Pé de Amora: Especificações

Mesmo sendo frutífera, essa árvore é do tipo ornamental. Além disso, por ter uma copa grande, acaba fornecendo sombra fresca durante a época do verão. Isso permite que a luz durante o inverno tenha passagem e as folhas caiam.

Ela é ótima para ser cultivada em pomares pequenos, uma vez que é bem rústica e não requer cuidados especiais em se tratando de frutificação em abundância.

Não se recomenda para essa espécie um plantio para arborização no percorrer de avenidas e ruas, tal como também em estacionamentos. A demasiada queda de folhas e frutos acaba sujando muito o chão e o automóvel. Em algumas situações, o pé de amora pode não ser ideal, uma vez que também é bastante procurada pelos pássaros.

Esta árvore precisa ser cultivada em:

  • Pleno sol;
  • Solo profundo e drenável;
  • Terra fértil e enriquecida de matéria orgânica.

Mesmo sendo originária dos climas temperados, o pé de amora se adapta perfeitamente ao clima subtropical e tropical. As adubações anuais devem ser feitas com esterco curtido.

Já a poda é a de limpeza e estimula a frutificação abundante. Ela não é tolerante a ventos fortes e estiagem prolongada. Sua multiplicação se dá por enxertia e sementes, mas, em especial, por mergulhia e estaquia dos ramos.

O caule do pé de amora é de cunho bienal ereto, mas também pode ser parcialmente ereto. Há também a presença de espinhos pontiagudos.

Seu tronco, obviamente, não é liso. É nodoso, tortuoso, possuindo boas reentrâncias. A casca externa tem tonalidade parda, meio acinzentada e escura.

A madeira é pesada, mas de forma moderada. Tem alta resistência, é flexível e com baixa conduta quando está sendo atacada por organismos xilófagos. Pode ser empregada dentro da construção civil, em especial para a confecção de peças torneadas e móveis vergados.

O Fruto Amora

A fruta amora é levemente alongada, um pouco arredondada e comestível. São cerca de 20 até 30 frutas bem suculentas e pequenas juntas em um único fruto. Dentro de cada bolinha há uma semente vermelha quando madura.

Essa delícia é de um tom preto brilhante e carece de manejo especial em caso de amadurecimento demasiado. Deve-se ressaltar que pode ser bem sensível à luz do sol. O cheiro é aromático e azedo.

O Fruto Amora

Ela é rica na dita vitamina C. Além de ser deliciosa e nutritiva para crianças e adultos, é ótima para preparar deliciosos licores, geleias e vinhos, bem como uma grande variedade de sobremesas. Entre os pés de amora, o tipo M. nigra é o que apresenta os frutos maiores, mais adocicados e com o sabor mais apurado.

Benefícios das Partes do Pé de Amora

A amora é tida como um dos alimentos mais funcionais. Além de beneficiar a saúde, ainda desempenha os efeitos fisiológicos ideais para favorecerr o organismo.

Em se tratando de suas propriedades, pode-se dizer que ela é abundante em vitamina C. Ou seja, é ótima no combate a determinadas infecções, pois é capaz de neutralizar as toxinas provenientes das bactérias. Sem contar que melhora exponencialmente todo o sistema imunológico.

Seus benefícios são realmente diversos. Entre os mais importantes estão:

  • Auxílio na prevenção de inflamações;
  • Ótimo efeito sobre funções musculares e reprodutivas;
  • Tem função antioxidante;
  • Rica em potássio e fibras;
  • Auxílio na prevenção de doenças cardíacas;
  • Auxílio na recuperação de células;
  • Evita derrames.

Folha

A folha do pé de amora é em formato pontiagudo, como de ovo. A borda, irregular, é verde escura em sua parte superior. Já na inferior é levemente colorida, bem como coberta com galhos.

É possível encontrar pequenos picos em sua bainha principal. Outra característica é que ela é branca. O arbusto floresce de maio até agosto, depois de pequenas frutinhas começarem a se formar.

Folha da Amora

A folha é utilizada para fazer infusões que oferecem diversos benefícios à saúde. É nessa parte do pé de amora que está sua maior concentração em:

  • Fósforo;
  • Magnésio;
  • Cálcio;
  • Potássio;
  • Vitamina C;
  • Vitamina E.

Na medicina tradicional e natural oriental, a folha da amoreira é bastante usada em:

  • Desintoxicação do fígado;
  • Cura de tosse;
  • Cura de resfriado e gripe forte;
  • Dor no estômago;
  • Melhorar a circulação sanguínea;
  • Cura da diarreia;
  • Funcionamento mais eficiente do organismo;
  • Prevenção do envelhecimento precoce.

O chá das folhas do pé de amora tornou-se popular depois que foi descoberto que essa bebida pode conter minerais e inúmeras vitaminas. Sem contar com os nutrientes importantes que podem amenizar sintomas de doenças sérias.

Outro ótimo benefício é a manutenção dos cabelos. Seus nutrientes auxiliam na nutrição dos fios, deixando-os bem mais saudáveis, sem contar que demonstram uma melhor aparência. Para curtir essa vantagem, basta massagear todo couro cabeludo com uma boa quantidade de infusão de folhas do pé de amora. Use com bastante frequência para prevenir a queda demasiada dos fios.

Raiz

A raiz é permanente e dela se formam brotações a se desenvolvem, bem como florescem e também frutificarem nos ramos durante todo o ano. Durante o desenvolver vegetativo, existe necessidade de se podar. Isso consiste em eliminar:

  • Brotos laterais que são indesejáveis;
  • Ramos fracos e doentes.

É isso o que vai favorecer a frutificação, assim como o ótimo desenvolvimento dos seus frutos.

Amora Raiz

A raiz do pé de amora é usada dentro da medicina herbal. A infusão dessa parte da planta é utilizada para tratamento de problemas menstruais e gastrite. Sua grande quantidade de vitamina C é extremamente eficaz na prevenção e tratamento dos resfriados e gripes.

Gostou de conhecer a ficha técnica do pé de amora? Se você deseja gozar sempre dos benefícios que todas as partes da planta podem oferecer, que tal plantar um no seu quintal?

 

Veja também

Tudo Sobre a Planta Cíclame: Características da Flor e Fotos

Cíclame, também conhecida como cyclamen ou cíclame-da-pérsia, é uma planta que tem origem nos continentes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *