Home / Plantas / Espécies Raras e Exóticas de Orquídeas

Espécies Raras e Exóticas de Orquídeas

As flores estão na vida dos humanos desde o começo. Usadas tanto para ornamentação quanto para utensílios práticos, elas fizeram parte de grandes eventos ocorridos na Terra.

Orquídeas são provavelmente uma das flores mais conhecidas no mundo. São muitíssimas espécies existentes por aí, algumas sendo mais comuns outras nem tanto. No post de hoje iremos apresentar e contar um pouco mais de orquídeas raras e exóticas.

As Orquídeas

Apreciadas pelos humanos há séculos, principalmente grandes reis que possuíam majestosos jardins, as orquídeas são plantas que fazem parte da família Orchidaceae, uma das maiores famílias de plantas que existem. Apesar de termos uma única forma e cor que já a identificamos de imediato, elas podem vir em diversos formatos, tamanhos e cores.

Sua existência é vasta em todos os continentes, exceto na Antártica, mas sua preferência é em áreas tropicais. São plantas epífitas, o que significa que, crescem em cima das árvores, as utilizando como apoio para conseguir principalmente luz solar. Apesar de muitas epífitas serem parasitas, não é o caso da maioria das orquídeas, pois elas se alimentam da matéria em decomposição que cai e fica enrolada nas raízes das árvores.

As espécies de orquídeas são criadas com um único motivo no mercado: uso ornamental. Algumas poucas espécies também possuem frutos que possibilitam a produção de baunilha, entretanto, é muito limitado e caro, por isso é preferível utilizar o artificial. Quanto ao uso ornamental, nem todas também são aproveitadas, já que a maioria possui flores pequenas com folhas que não são tão atrativas.

É comum que vejamos os chamados orquidicultores, pessoas que criam orquídeas, utilizando o método de criar híbridos das orquídeas para conseguir um maior lucro comercial. Dessa forma, eles encontram orquídeas mais bonitas e atraentes para futuros clientes. Para criar orquídeas, pode ser utilizado o método de meristema, divisão das touceiras ou a chamada semeadura in vitro.

Espécies Raras e Exóticas de Orquídeas

Orquídea Fantasma – Dendrophylax lindenii

O nome pode te causar espanto, mas tem muito sentido. Recebeu esse nome por seu corpo ficar praticamente invisível, e então aparecendo a flor com pétalas longas e delicadas de coloração branca. Ela é uma espécie muito rara, e que preocupa muitos cientistas pela proximidade de sua extinção.

Isso porque ela é uma espécie muito difícil de ser cultivada e mantê-la viva. Seu habitat mais conhecido é no Sul da Flórida nos Estados Unidos. Mas pode ser encontrada em Cuba também, nas florestas mais úmidas e na bacia do Caribe. Quando levada para um lugar diferente do seu habitat natural, ela não costuma se adaptar.

Descoberta em 1844 em Cuba, elas precisam que o local seja bem abafado e úmido. Para piorar sua situação, possuem uma grande dificuldade em se reproduzir. Um fato interessante sobre essa orquídea, é que suas folhas possuem um cheiro parecido com o da maçã.

Orquídea Pato-Voador – Caleana major

Outra orquídea bem rara e exótica, e com um nome bem estranho. Ela recebeu essa nomeação devido a forma em que sua flor fica. Quando está totalmente florescida, as pétalas de coloração branca formam como se fosse a imagem de um pato voador.

São somente encontradas no sul da Austrália, e seu tempo de vida não é muito longo. Florescem por no máximo 2 anos. Muito se tentou cultivar e espalhar essa espécie pelo mundo, mas não foi possível. Ela não se adapta fora de seu habitat natural.

Por isso, é provável que a maioria das pessoas do mundo não consigam ver pessoalmente essa flor. Só sendo possível através de fotografias.

Fredclarkeara After Dark

Mais uma espécie rara, a After Dark é uma flor hibrida formada a partir de uma técnica que une três espécies de orquídeas: Clowesia, Catasetum e Mormodes. Com isso, além de belíssima, também tem um perfume maravilhoso.

A aparência da flor é incrível devido sua coloração, que é bem negra. Ela é uma flor exótica, pois não é fácil tê-la. Afinal, é necessário reprodução com técnicas apuradas para conseguir chegar nela.

Entretanto, você pode comprar uma muda já de After Dark para criar. O preço não é muito amigável, por ser tão difícil de tê-la. Mas o manuseio não é tão complicado, desde que você siga corretamente as regras de cultivo. Quando florescem, elas duram por até 7 semanas.

Paphiopedilum Rothschildianum

Para muitos, essa orquídea é considerada a mais rara do mundo. Isso principalmente pelo fato que ela teve muitas fases, e que muitas vezes esteve próxima da extinção. Essa flor foi encontrada em 1887 no Monte Kinabalu, mas até então, evitaram contar que ela estava lá.

Somente em 1950 que sua localização foi “redescoberta”. Nesse período, as pessoas colheram a orquídea de forma exagerada. A retirada em excesso dessa flor de seu habitat fez com que ela chegasse a sua extinção.

Duas décadas depois, em 1970, encontraram a novamente, porém em outra área do parque Kinabalu. Naquela época, o lugar em que ela ficava era protegido, mas foi logo perdendo sua proteção rigorosa. Isso fez com que as orquídeas fossem perdendo seu habitat para a expansão da indústria madeireira e agricultura.

Em 1980, a orquídea estava novamente próxima à extinção, então criaram uma nova força tarefa de aumentar sua população. Infelizmente, tudo foi destruído devido uma queimada que houve no local.

Por muito tempo acreditou-se que elas haviam sido extintas. Entretanto, atualmente temos conhecimento de três locais que ainda possuem essas orquídeas, e todos ficam no Monte Kinabalu. Apesar de haver muita proteção, ainda existe muito tráfico de orquídeas tanto por lá quanto aqui no próprio Brasil.

Esperamos que o post tenha te ajudado a aprender mais sobre algumas espécies raras de orquídeas existentes pelo mundo. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e também deixar suas dúvidas. Ficaremos felizes em responde-las. Você pode ler mais sobre orquídeas e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

Arroz Tem Glúten ou Não? É Bom Para Emagrecer?

Uma pessoa pode ter um estilo de vida sem glúten porque tem doença celíaca, alergia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *