Home / Plantas / Espécies de Ervilhas

Espécies de Ervilhas

A Ervilha: Origem

Registros datam que foi ao redor da região do Cáucaso, entre a Ásia Ocidental e a Europa Oriental, que a ervilha começou a ser cultivada pelos povos habitantes das regiões, mais precisamente no período neolítico (8.000 a.C. a 5.000 a.C.), em que a produção agrícola começou a avançar e os seres humanos foram organizando-se em pequenos povoados. Elas passaram a ter uma função de extrema importância na alimentação destes povos devido a sua facilidade em ser cultivada e seu alto teor de energia.

Chegou ao Brasil por conta dos colonizadores portugueses; onde teve bastante adaptabilidade no Sul do país, no Rio Grande do Sul mais especificadamente, pois ela prefere ambientes que propiciem temperaturas amenas e mais frias. Em território brasileiro ela foi cultivada por muito tempo, porém hoje, decaiu cerca de 70% sua produção, pois a Embrapa está fazendo testes e mutações com as sementes para desenvolver espécies mais resistentes, que podem suportar diferentes tipos de climas.

Características

A ervilha pertence à família das Fabaceae, leguminosas onde estão a presença de algumas vagens, feijões e grãos, é uma das maiores famílias de leguminosas, abrangendo cerca de 750 gêneros e 19.000 espécies; nesta família estão presentes tanto arbustos, como pequenas árvores que são anuais ou bianuais. No caso da ervilha é anual, ou seja, que demora 12 meses para completar seu ciclo biológico; é uma herbácea que possui as raízes um pouco frágeis, não são profundas, elas se estabelecem superficialmente ao solo, já o seu caule possui o formato de um cilindro, ou em formato de um cone, podendo crescer bastante e desenvolver-se até altura considerável; suas flores possuem pares de folíolos e gavinhas, como a maioria desta espécie, elas são compostas.

Sua planta originalmente pode ser encontrada como trepadeiras, ou como rasteiras, ambas produzem vagens e dentro destas vagens estão às ervilhas; existem espécies em que a vagem e os grãos são comestíveis e também espécies onde apenas os grãos que devem ser consumidos.

Existem dois tipos de grãos que são comestíveis, os lisos e os rugosos, os lisos são conhecidos pela facilidade em que se pode comê-lo e cultiva-lo, possuem um porte pequeno;  já o grão rugoso, caracteriza-se por possuir um sabor mais doce e ter tamanho mais elevado.

As ervilhas adoram climas frios, então se for cultivar, lembrem-se, para germinar, elas precisam de uma temperatura a partir de 4 graus, sendo que sua semeadura o ideal é entre 13 e 18 graus, lembre-se de sempre analisar se o solo é adequado.

Importante à Saúde

Elas são riquíssimas em vitaminas, minerais e fibras, onde estão presentes: o fósforo, o potássio, o cálcio, o magnésio, que ajudam a fortalecer nosso sistema imunológico e nossa saúde; outro fato que é importante destacar é que a ervilha possui uma grande quantidade de valores energéticos, possui muitas calorias, sendo que estão presentes em 100 gramas do alimento 80 calorias, logo, os carboidratos estão presentes em 13%; o ter de proteínas também é de se destacar, onde possui 6% e nela está presente um nível baixo de água, se comparada a outras hortaliças, o que a deixa ainda mais densa, com outras substancias nutricionais que podem suprir a carência de vitaminas e minerais no nosso organismo.

É importante destacarmos também como elas são ricas em vitaminas C, sendo uma das hortaliças que mais possuem esta vitamina, além de estarem presentes outras vitaminas, como do complexo B, A, E, ainda possui em grande quantidade o ácido fólico (B9).

Utilidade Científica

Elas ainda foram utilizadas como experimento por Gregor Johann Mendel, que as utilizou para descobrir a cerca da herança genética, a herança passada de pais para filhos, de família para família; ele descobriu a cerca dos gametas, onde são produzidos e com qual intensidade se reproduzem; ainda os pares genéticos dominante recessivo, estes que possuem as características que nosso gene irá obter ao longo dos nossos anos de vida; neste experimento ele utilizou cerca de 30.000 ervilhas.

Espécies de Ervilhas

Na era moderna a espécie sofreu muitas mutações, sendo que sua variedade aumentou consideravelmente no ultimo século, existem catalogadas mais de 200 variedades de ervilhas. Vamos conhecer algumas delas. Entre algumas espécies mais famosas temos a presença da Majestic, Bolero, Marina, Flávia, Mikado, Triofin. Algumas espécies você pode consumir a vagem e o grão, outras você consome apenas os grãos.

Menino Consumindo Ervilhas Em uma Tigela Enorme
Menino Consumindo Ervilhas Em uma Tigela Enorme

Vamos conhecer algumas sementes que você pode encontrar em lojas on-line ou em feiras:

Para consumir apenas o grão:

Imperial: Está caracteriza-se por sua vagem possuir um formato cilíndrico, gerando por volta de 7 a 8 sementes, seu ciclo de desenvolvimento demora cerca de 70 dias; suas vagens podem atingir um comprimento de 9 centímetros, sendo de grãos lisos e verdes; ela é considerada uma planta anã.

Ervilha Imperial
Ervilha Imperial

Jumbo: Esta variedade possui um ciclo de crescimento de cerca de 75 dias, seu formato é cilíndrico como a Imperial, mas ela é mais fértil que a outra, dá cerca 9 a 10 grãos; estes que são rugosos, verdes escuros e com sabor delicioso.

Ervilha Jumbo
Ervilha Jumbo

Maravilha de Kalvedon: Outra variedade em que os grãos são rugosos, ela possui facilidade de adaptar-se em diferentes solos e temperaturas, é uma variedade anã, que demora cerca de 60 dias para desenvolver-se, suas vagens chegam a atingir 9 centímetros e disponibilizam de 8 a 9 grãos de ervilhas.

Maravilha de Kalvedon
Maravilha de Kalvedon

Rondo: está é suave e possui os grãos rugosos e muito resistentes, ela é bastante popular entre os cultivadores; possui um ciclo de 75 dias em média e sua vagem é capaz de chegar até 11 centímetros de comprimento, possui o formato cilíndrico, como as outras e gera em torno de 9 a 10 grãos .

Ervilha Rondo
Ervilha Rondo

Progresso 9: está possui um ciclo de 62 dias em média, sua vagem pode alcançar até 10 centímetros de comprimento, e gerar de 8 a 10 grãos por vagem, é considerada uma anã temporã, seus grãos são rugosos e verdes escuro, são suaves e difíceis de estragar.

Ervilha Progresso 9
Ervilha Progresso 9

Para Consumir Inteira

Torta Kennedy: está é rasteira, onde sua vagem é comestível e muito saborosa; você pode consumi-la com vagem e grãos, a vagem resulta cerca de 7 a 8 grãos, e podem atingir 11 centímetros de comprimento e demoram cerca de 65 dias para desenvolver-se, ela é resistente a diversas pragas que atacam as hortas, inclusive o oídio e o vírus do mosaico da ervilha.

Ervilha Torta Kennedy
Ervilha Torta Kennedy

Carouby de Maussane: Outra que pode ser consumida todas as partes, inclusive a vagem; está possui um porte de trepadeira, com vagens largas que podem chegar até 11 centímetros de comprimento, possui um formato plano e é de coloração verde escura, ela é muito saborosa e fornece de 7 a 9 grãos.

Ervilha Carouby de Maussane
Ervilha Carouby de Maussane

Veja também

Trigo de Verão: Características, Nome Científico e Fotos

O trigo de verão, são gramíneas popularmente conhecidas como coix, originárias da Índia e agora …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *