Home / Plantas / Erva-Gateira: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre a Planta

Erva-Gateira: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre a Planta

Você conhece a erva-gateira? Ela é uma planta que recebe esse nome devido a atenção e impacto que elas causam nos gatos. 

Os felinos se sentem atraídos por ela, e sempre desejam ficar por perto. Ela também é conhecida como erva dos gatos. 

Quer saber mais sobre essa incrível planta? Nesse post vamos mostrar suas principais características, falar por que os gatos sentem-se atraídos por ela, além de fatos interessantes e curiosidades sobre a planta. Confira! 

Você Conhece a Erva-Gateira?

A Erva Gateira é uma planta disseminada por diferentes regiões do Planeta Terra. Ela tem sua origem no continente europeu e também no sudoeste asiático. Ela adaptou-se muito bem nas regiões de clima temperado, não à toa, está espalhada por diversos jardins dos Estados Unidos e Canadá. Ela também é conhecida popularmente como erva dos gatos, gatária e nêveda dos gatos. 

Cientificamente, ela recebe o nome de Nepeta Cataria e está presente na família Lamiaceae, essa que é uma das maiores famílias botânicas, onde também estão o hortelã, alecrim, menta, sálvia, orégano, timo, entre muitas outras. Estima-se que nessa família estejam presentes mais de 7.000 espécies divididas em mais de 200 gêneros. O gênero ao qual a erva gateira se encontra é denominado como Nepeta, onde são classificadas mais de 70 espécies com características semelhantes a ela.

Ela é dotada de hastes e folhas que são cobertas por pequenos pelos de coloração branca e são a base para que as belíssimas flores esbranquiçadas com pigmentações avermelhadas se desenvolvam e mostrem toda a sua exuberância no topo das hastes. 

Ela é uma planta utiliza há séculos pelo ser humano. Na Europa, no período em que o romanos dominavam o território, era consumida sobretudo em forma de chá, que relaxa e dava tranquilidade a quem o tomasse. No período da Idade Média, ela ganhou um toque especial e serviu como tempero e condimento em diferentes alimentos, o mais comum era em carnes vermelhas. Na França, em específico, ela ganhou a atenção de todos, tanto que passou a ser utilizada em sopas e molhos como um tempero especial. 

Até os dias atuais ela é muito utilizada, porém, atualmente ela tem a principal função na medicina veterinária, na composição de brinquedos, remédios e outros acessórios para felinos. 

Mas afinal, por que ela recebe esse nome de erva gateira? Isso se deve ao fato do incrível efeito que elas causam nos gatos, sejam eles selvagens, domésticos e ainda em outros felinos.  

Efeitos da Erva Gateira nos Gatos: O que Ela Faz?

Diversos donos e donas de gatos utilizam-nas para que o seu gato fique mais calmo. É comum, encontrá-la em pet-shops e é muito fácil de ser utilizada, pode ser colocada nos brinquedos e até no alimento do animal. 

A planta é capaz de deixar o animal feliz, alegre, brincalhão, divertido, eufórico e, quando o efeito passa, o felino relaxa o seu corpo e dorme profundamente. Os efeitos que ela causa nos felinos é semelhante aos da Cannabis (maconha) nos seres humanos. Mas fique tranquilo! a erva gateira não tem nada a ver com ela e não prejudica a saúde do seu pet. Ela é de outra família, com outras características e outras substâncias na sua composição. Por isso, não é motivo de alarde quanto ao uso da erva gateira pelo o seu gato de estimação.

Efeitos da Erva Gateira nos Gatos
Efeitos da Erva Gateira nos Gatos

Os efeitos são causados principalmente porque ela é capaz de liberar a substância denominada como nepetalactona, presente em sua composição. Os gatos cheiram a erva e essa substância vai diretamente para os receptores que os gatos possuem no focinho e estes enviam para o cérebro que recebe a substância e assim o gato sente o efeito. 

Tal substância, conhecida como nepetalactona é interessante, pois sozinha ela consegue alterar o hipotálamo, este que é responsável pelas emoções do felino e por isso, seu comportamento é modificado. 

Ela acontece semelhante ao uso de drogas em humanos. Porém, não é possível comprovar o que realmente acontece com o cérebro do animal. Ele simplesmente modifica as emoções e torna o animal alegre, brincalhão e mais divertido. 

Vale destacar que o seu uso deve ser moderado. O felino não deve ingerir grandes quantidades e o dono deve maneirar na dose. Quer saber mais a respeito dessa incrível planta? Confira algumas curiosidades e fatos interessantes da erva-gateira logo abaixo! 

Curiosidades e Fatos Interessantes sobre a Erva Gateira

Duração do Efeito

Um fato curioso a respeito da planta é o seu curto período de efeito. Após sentir o cheiro da planta, o gato fica alegre e brincalhão, dá saltos e pode correr, porém, é por um curto período que ele fica assim. 

O efeito da erva gateira no felino dura entre 5 a 15 minutos apenas. Depois do “pico” do efeito, o animal começa a voltar ao normal e a “desintoxicar-se”. Ele relaxa e tira um longo cochilo para descansar após a rápida euforia. 

Não Há Provas De Que Faz Mal

Diferente do que muitos pensam, a erva gateira não prejudica a saúde dos gatos. Por isso pode ter em casa para que o felino se divirta às vezes. O perigo, no entanto, é relacionado a quantidade e a frequência, que devem ser controladas pelo dono.

Não há registros de gatos que ficaram mal ou doentes devido ao uso da erva gateira. Não foram descritos também efeitos colaterais. E o gato pode se esfregar a vontade na planta, sem perigo algum. 

Nem Todos Os Felinos Sentem O Efeito

Alguns gatos domésticos conseguem sentir com facilidade os efeitos da planta, porém, cerca de 40% da população dos gatos domésticos não sentem o efeito. Isso porque os receptores são herdados geneticamente e não são todos que possuem. Também varia de acordo com as características do animal, com os hábitos, idade, sexo, tamanho, entre outros fatores. 

Vale destacar também que as fêmeas possuem mais receptores que os machos e conseguem sentir os efeitos da planta com maior intensidade. Filhotes de até 2 meses não são capazes de sentir o cheiro da planta, por isso é necessário que espere alguns meses para saber se ele é ou não receptivo a erva gateira. 

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos e amigas nas redes sociais!

Veja também

Frutas que Começam com a Letra H: Nome e Características

As frutas são alimentos extremamente populares. Variam entre os sabores adocicado, cítrico, travoso e amargo. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *