Home / Plantas / Crisântemo: História, Origem da Flor e Nome Científico

Crisântemo: História, Origem da Flor e Nome Científico

É  a flor que simboliza alegria e otimismo. Uma escolha preferida entre floristas e outros entusiastas de flores, especialmente durante o outono. Algumas pessoas chamam de mães ou crisântemos, mas uma coisa fascinante sobre essa flor é que é indiscutivelmente a flor mais popular do mundo depois da rosa.

Crisântemo:  História, Origem da Flor e Nome Científico

O Crisântemo é um nome vulgar da espécie Chrysanthemum, da Família: Compositae/Astera Chrysanthemum ceae), que engloba plantas que já eram cultivadas na China há mais de 3.000 anos atrás, às quais se atribuíam propriedades importantes.

O nome crisântemo deriva das palavras gregas “chrysous”, que significa “dourado” (a cor da flor original), e “anthemon”, que significa “flor”, e foi dado pelo o botânico e taxonomista sueco,  Carlos Lineu no século XVII, tão logo a flor foi importada da China para a Europa.

As pequenas flores amarelas dos crisântemos observados por Lineu,  semelhantes as margaridas, não eram naturalmente muito diferente das flores atualmente cultivadas nos muitos e vistosos cultivares atuais de crisântemos. Quem gosta de flores, sabe que crisântemos são sempre bem vindas em qualquer ambiente. .. além de ser muito bonita, a flor tem muito apelo sentimental .

Cultivares de crisântemo foram produzidos através de processos de hibridação na Europa, no Japão (Diz-se que o crisântemo teria sido levado para o Japão pelos budistas) e nos EUA, que melhoraram geneticamente a planta original, símbolo da nobreza, muito cultivada e valorizada no continente asiático para bordaduras e canteiros de jardim.

Crisântemo:  História, Origem da Flor e Nome Científico

Flores

A planta gera flores de diferentes formatos, desde botões simples e pompons perfeitos, a flores semelhantes as margaridas ou imitando os chapéis dos anos 50 com grandes e caóticas esfregonas. São plantas bonitas para se cultivar num belo jardim onde floresce no verão e outono, quando  as cores dessas belas flores se tornam evidente,  variando do cor-de-rosa, amarelo e branco às tonalidades ricas do outono (ferrugem, bronze e vermelho rubi).

Crisântemo:  História, Origem da Flor e Nome Científico

Cultivares Para Produção de Híbridos

Na Europa, Japão e nos Estados Unidos o crisântemo “de flor” e o crisântemo “de jardim”, são os dois cultivares mais utilizados. O primeiro, especificamente pela exuberância e tamanho da flor que produz, e o segundo que embora produza flores menores é mais resistente, não carece de estacas de apoio e tolera melhor as intempéries do clima.

As variedades de “charme” chegam ostentando a delicadeza contida nas flores e conquistam muitos elogios em excelentes arranjos de plantas em vasos no outono: a profusão de flores que desenvolvem chegam  trazendo mais cor, charme e delicadeza para o visual do seu jardim na nova estação.

Crisântemo:  História, Origem da Flor e Nome Científico

Como Plantar

Como regra, os crisântemos geralmente são fáceis de cultivar e cuidar. Eles podem crescer em uma ampla variedade de solos, desde que seja de drenagem livre. Locais ensolarados ou semi-sombreados são adequados, embora aqueles que crescem à sombra provavelmente florescerão no outono.

Cuidado com a manipulação das raízes , que devem ter permanecido a descoberto e guardadas durante o inverno, ao plantar seus pés de crisântemos”de flor”, cultivados pelas suas flores, o melhor período é o início do verão, e o método mais produtivo e comprovado de reprodução é o plantio por estacas, essas espécies precisam do apoio de estacas durante o plantio.  Os talos com raiz devem ser plantados a pouca profundidade no substrato, que deve ter sido esterilizado…

Regue durante os períodos de seca e adube para induzir o crescimento dos botões. Quando as plantas atingirem 20 cm de altura, as pontas destas plantas devem ser beliscadas para induzir o crescimento dos rebentos laterais e produzir um aspeto mais imponente ao conjunto. Os crisântemos “de jardim”, mais resistentes, podem ser cortados depois  da floração e cobertos com uma espessa camada de mulch (rejeitos vegetais) para protegê-los no inverno.

Crisântemo:  História, Origem da Flor e Nome Científico

Cultura Japonesa

O crisântemo (Kiku) tem um significado importante e é uma flor muito apreciada pela culturas chinesas e japonesas.  Para os japoneses o crisântemo tem um significado especial, embora tenham sido originados na China e trazidos para o Japão.  Um  festival  realizado num santuário, o Kasama Inar, todos os anos é organizado em celebração desta flor, entre os religiosos.

Crisântemo (Kiku)
Crisântemo (Kiku)

No Japão, o trono do Crisântemo é o nome comum dado ao trono ocupado pelo imperador, o monarca cerimonial no sistema japonês de monarquia . O atual Imperador, Sua Majestade Imperial, o Imperador Naruhito, sucedeu ao seu pai Akihito que abdicou em favor dele no dia 30 de abril de 2019 depois de  30 anos no poder.  No Japão, o trono do Crisântemo é o nome comum dado ao trono imperial.

Crisântemo:  História, Origem da Flor e Nome Científico

Cultura Chinesa

Os crisântemos eram flores famosas na China e seu cultivo remonta a 3.000 anos. Eles vêm em diferentes tipos, formas e cores. As plantas crescem em pátios. Crisântemos são usados ​​como ervas medicinais que ajudam a melhorar a visão e expulsar o calor interno. Além disso, eles podem ser usados ​​como ingrediente em chá, vinho e comida. Crisântemos florescem no ar frio do outono, representando elegância e coragem na China.

Chu-Hsien é conhecida como “Cidade do Crisântemo”, e desde a segunda metade do século 7, a flor representa um dos quatro senhores da China, juntamente com a orquídea, o bambu e a ameixoeira, representados nas pinturas chinesas de aves e flores.  As flores do crisântemo são frequentemente citadas nos poemas chineses.  Livros publicados através de tipos móveis ou clichês de madeira, também evidenciam a flor como fonte de inspiração,  de certa forma.  A poesia chinesa, com Li Bai, Du Fu e Wang Wei e Bai Juyi. … publica poemas mais maduros, voltados para o lúdico. Neste período, os mais famosos poetas exercem grandes influências para o desenvolvimento da literatura chinesa.

Estudiosos chineses os retratam em poemas e pinturas por causa de sua beleza e caráter. Mas agora crisântemos não são comumente usados ​​para presentes ou decoração. A maioria deles é amarela e branca, que são as cores principais nos funerais chineses. As pessoas não os enviam para amigos como presentes por esse motivo.

Veja também

Como Fazer Muda de Amarílis? Como Cultivar? Como Reproduzir?

A amarílis é uma flor bastante alta, cuja haste, muito resistente e alongada, tem a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *