Home / Plantas / Cores da Flor Dalia: Roxa, Rosa, Vermelha, Amarela e Significado

Cores da Flor Dalia: Roxa, Rosa, Vermelha, Amarela e Significado

A dália é uma planta de raízes tuberosas e considerada semi-resistente. Planta perene herbácea. Ela recebeu esse nome em homenagem ao sueco Andreas Dahl A. dália, que era um explorador botânico, e foi o responsável por expandir o cultivo dessa planta na região nórdica europeia, onde o seu cultivo é bem amplo por franceses e por holandeses.

Inclusive, foram os holandeses quem trouxerem a dália para o Brasil. Essa flor é muito difundida aqui hoje em dia. E pode ser encontrada em várias tonalidades diferentes. No post de hoje, vamos aprender mais sobre as Cores da Flor Dália: Roxa, Rosa, Vermelha, Amarela, Significado de cada uma delas e muito mais. Continue lendo…

Cores da Flor Dália e Seus Significados

As 4 principais cores da dália são: roxa, rosa, vermelha, amarela e branca. E cada uma delas traz consigo um significado. Confira abaixo o que cada cor da dália representa:

Dalia roxa: significa tenha piedade de mim

Dalia rosa: sutileza, delicadeza.

Dalia vermelha: quer dizer paixão insinuante, olhos abrasadores.

Dalia amarela: amor correspondido, união recíproca.

A flor dália é sinônimo de harmonia, gentileza e reconhecimento. A dália branca representa a união, a esperança e o comprometimento. É também símbolo de felicidade e de paz. Em especial quando um casal é presenteado com uma dália dessa cor em seu aniversário de casamento. Para outras pessoas, a dália também quer dizer encanto e crescimento.

Características da Flor Dália

A Dhalia, ou dália, como é mais conhecida, pertence à família Asteraceae. É uma planta originária do México. É considerada como a flor símbolo desse país, e lá essa planta é cultivada desde os tempos dos Astecas.

Ela foi levada para a Europa em meados do séc. XVIII, pelo então diretor do Jardim Botânico da cidade de Madrid, na ocasião em que ele visitou o México.

Hoje em dia, existem inúmeras espécies diferentes de dálias. São mais de 3.000 ao todo, em cores e tamanhos diferentes. Os tamanhos dessa planta podem variar de 30 cm de altura a 1,5 m. E as flores também podem apresentar tamanhos variados, conforme o tamanho do pé da planta.

As menores dálias medem em torno de 5 cm. Enquanto que as maiores podem chegar a 20 cm de diâmetro. A floração da dália acontece entre a primavera e o verão. E ela gosta de clima mais quente, que pode ser tropical ou subtropical.

A dália é uma flor que se parece bastante com o crisântemo e com a margarida, uma vez que todas elas pertencem a uma mesma família. A parte colorida recebe o nome de inflorescência. E as flores são, na verdade, os pontinhos amarelos que podem ser em menor ou em maior quantidade no miolo.

A raiz tuberosa da dália fica por debaixo da terra, e atua como uma espécie de reserva de nutrientes.

Como Cultivar a Dália

A dália costuma ser plantada por meio de seus tubérculos. Por eles, inclusive, é mais fácil para escolher as cores que deseja para a sua inflorescência. No entanto, ela também se desenvolve através de sementes.

Dálias Cultivadas no Vaso
Dálias Cultivadas no Vaso

Caso queira uma espécie de dália com flores maiores, basta escolher os tubérculos maiores quando estiver comprando. Confira abaixo as melhores condições para o cultivo da dália:

  • Ambiente (luz): a dália gosta de luz solar direta. É preciso proteger os seus ramos, para evitar que eles se quebrem com o vento, por causa do peso das suas flores.
  • Clima: os melhores climas para cultivar a dália são o tropical e o subtropical, onde as temperaturas fiquem entre 13 e 25°C. Em caso de baixas temperaturas, o ideal é retirar as suas raízes, lavar, secar e guardar bem para que os nutrientes sejam preservados, e a planta possa ser cultivada novamente, quando o clima ficar mais quente.
  • Adubação: uma boa adubação para a dália deve ser rica em potássio e em fósforo.
  • Solo: para plantar a dália, pode-se usar solo de qualquer tipo, desde que o pH fique entre 6,5 e 7, que seja argiloso, rico em matéria orgânica e bem drenado. Um exemplo de boa mistura é a junção de argila, terra vegetal e areia.
  • Propagação da dália: pode ser através de sementes no solo, ou por sementeira, ou pelas raízes tuberosas, com estacas de ramos, para uma melhor sustentação.

Durante o outono e o inverno, a dália perde a parte aérea, e entra em um estado de repouso vegetativo. Por isso, para manter o jardim florido, a dica é combinar o plantio da dália com outras flores, para o canteiro não ficar vazio.

Assim que a fase de dormência passa, a planta brota novamente no começo da primavera. Caso a região seja de clima mais ameno, subtropical, por exemplo, não precisa retirar os tubérculos de debaixo da terra durante o período de dormência.

Em contrapartida, em regiões de climas mais frios, é necessário retirar os tubérculos dos canteiros. E eles podem ser conservados em caixas, longe de umidade, até chegar a primavera novamente, para que possam ser replantados novamente.

Dália Azul
Dália Azul

Caso decida plantar a dália por meio de sementes, o ideal é que o plantio aconteça no local definitivo. E que a semente fique a 0,5 cm de profundidade, no máximo. E, quando chegarem a 8 cm de altura, poderão ser transplantadas. A germinação acontece entre 1 e 3 semanas após o plantio.

Se preferir plantar uma dália por meio da raiz tuberosa, esta deverá ser enterrada a 15 cm, no máximo. E o lado onde o caule será gerado deve permanecer para cima. Se optar por plantar em um vaso, o recomendado é usar um substrato com uma proporção maior de solo e de matéria orgânica. A melhor opção, nesse caso, é escolher uma variedade de baixo porte para plantar em vaso.

Curiosidade: você sabia que essa planta é comestível? E que é possível comer as suas raízes cozidas, como fazemos com as hortaliças? Pode-se, ainda, extrair um extrato doce, para ser usado como uma bebida, ou para aromatizar chás, cafés, sorvetes e chocolates. Outra utilização é a extração da frutose do amido da raiz da dália, que pode ser usada como um adoçante para pessoas com diabetes.

Veja também

Qual Planta Serve Para Inflamação?

As plantas são usadas, desde muito tempo atrás, para curar diversos problemas de saúde. Assim, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *