Home / Plantas / Como Se Forma Um Rubi? Onde Eles São Encontrados?

Como Se Forma Um Rubi? Onde Eles São Encontrados?

As pessoas sempre tiveram muito interesse pelas pedras preciosas, que, na realidade, em geral apenas possuem valor econômico em razão da demanda criada pelo ser humano.

Dessa maneira, as pedras preciosas são um grande exemplo de como as pessoas gostam das coisas mais bonitas criadas pela natureza, seja uma flor muito bela e diferente ou, então, uma pedra que brilha e possui exemplares limitados em todo o planeta Terra. Portanto, para conseguir acesso a essas pedras, as pessoas costumam fazer loucuras, chegando até mesmo a cometer crimes. Para tal, contudo, é preciso que a pedra preciosa em questão seja realmente atraente o suficiente. Esse é o caso do rubi, uma pedra de cor vermelha que atrai o interesse de todo o mundo.

De valor comercial muito elevado, o rubi é raro em todo o planeta e possui uma porção limitada de exemplares em circulação no mundo. Contudo, você sabe como se forma um rubi na prática? Conhece o processo responsável por criar uma das pedras mais bonitas de toda a Terra? Para saber isso e muito mais sobre os rubis, além de onde encontrar essa pedra tão bela, veja mais informações e detalhes sobre o rubi logo abaixo.

Formação do Rubi

As pedras preciosas não são formadas pelo homem e, na grande maioria dos casos, sequer podem ser copiadas com alguma perfeição. Esse é o caso do rubi e do diamante, por exemplo, duas pedras preciosas mais bonitas e caras do mundo.

Outro ponto em comum entre as pedras preciosas é que a sua formação costuma levar milhares ou milhões de anos, sob temperatura e pressão exatas. Assim, no caso do rubi, essa pedra de cor vermelha se forma quando o magma, contendo alumínio e crômio, alguns bolsões de ar presentes da crosta da Terra. Assim, esses ambientes têm gás oxigênio, que se mistura ao crômio e ao alumínio.

O resultado final dessa junção é a formação do rubi, que possui a cor vermelha em razão da presença do crômio na mistura. Já caso o crômio não esteja presente no processo, o que é possível, há a formação de outra pedra preciosa, dessa vez de cor azul. Isso mesmo, a ausência do crômio faz com que alumínio e oxigênio gerem a famosa safira, pedra preciosa das mais belas do mundo. Todo o processo, contudo, precisa acontecer sob temperatura e pressão constantes.

Como Saber Se um Rubi é Verdadeiro

É possível saber se uma pedra preciosa é verdadeira, bastando conhecer alguns passos práticos para afirmar se determinada pedra é ou não de verdade, havendo a possibilidade de que seja uma réplica.

O lado bom do rubi é que produzir uma réplica bem feita dessa pedra não é uma das coisas mais fáceis do mundo, havendo maneiras rápidas de notar as diferenças da cópia para uma original. No caso, uma das possibilidades é saber pela cor e pelo brilho se o rubi em questão é verdadeiro ou não passa de uma réplica barata. Isso porque o rubi de verdade, aquele original, possui um brilho muito característicos, ainda que seja antigo.

Ademais, o vermelho desse rubi de verdade é forte, em contraponto à cópia, que possui um vermelho muito mais fraco e sem vida. Outra maneira de saber se o rubi é de verdade, contudo, é a partir dos arranhões.

Analisando o Rubi
Analisando o Rubi

Isso mesmo, pois um rubi de verdade é muito forte e não sofre arranhões de forma fácil. Na verdade, apenas um diamante, com todo a sua força nas ligações, pode arranhar um rubi de verdade. Portanto, caso o seu exemplar de rubi seja arranhado pum pedaço de vidro qualquer, você saberá que se trata de uma cópia.

Onde Estão os Rubis

Os rubis são formados ao longo da crosta do planeta Terra, nos já citados bolsões de gás oxigênio que existem nesses locais.

De qualquer forma, todo o processo agora já é conhecido por você, que sabe explicar como um rubi é formado. Contudo, você saberia dizer, também, em quais áreas do mundo estão as maiores reservas de rubi do planeta? Provavelmente não. Mas, assim como as terras africanas possuem uma grande reserva de diamantes, as terras asiáticas possuem grandes jazidas de rubis e, portanto, a Ásia aparece como grande continente da pedra vermelha.

De forma mais precisa, é possível afirmar que o rubi pode ser encontrado na Tailândia e no Sri Lanka em maior profundidade, embora também possa ser encontrado em outras partes do mundo.

Rubi Bruto
Rubi Bruto

Um detalhe importante, mas ao mesmo tempo curioso, é que a forma de extração do rubi não mudou ao longo do tempo. No caso, a forma de extração dessa pedra é igual há centenas de anos, ainda com métodos artesanais e rústicos. Isso apenas faz com que o valor da pedra se torne ainda maior, dada a dificuldade de retirar o rubi da crosta da Terra.

Simbolismo do Rubi

As pedras mais preciosas do mundo possuem símbolos ao seu redor, costumando significar algo de importante. Não é diferente com o rubi, que possui também o seu simbolismo para as pessoas que compram a pedra.

No caso do rubi, o mais normal é que essa pedra carregue consigo o símbolo da lealdade e da caridade, sendo uma grande demonstração de afeto o ato de presentear alguém com um rubi.

No passado, muitas sociedades pensavam que o rubi poderia ser capaz de guardar, dentro de si, muitos espíritos de pessoas já falecidas ou, então, Deuses. A pedra também foi sempre vista como uma forma de fazer com que os povos se aproximassem dos seus Deuses, seja pela intensidade com a qual o rubi brilha ou ainda pelo seu vermelho forte, bonito, que encanta a muitos.

Em todo caso, o certo é que o rubi ainda hoje será entre uma das pedras preciosas mais bonitas de todo o planeta Terra e, dessa maneira, a pedra vermelha se encontra em posição de bastante destaque em todas as grandes sociedades do mundo. O rubi pode ser utilizado para a produção de inúmeras joias, que costumam ter essa pedra no centro, como ponto de foco.

Veja também

Pé de Limão no Vaso

Pode Plantar Limão em Vaso?

Se você gosta muito de limão e adoraria poder colher limões frescos diretamente do seu …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.