Home / Natureza / Como Podar Xaxim

Como Podar Xaxim

O xaxim é uma planta que pertence ao grande grupo das pteridófitas (como também pertencem as avencas, samambaia e cavalinhas). Ele é também chamado popularmente de samambaiaçu e samambaiaçu-imperial

A poda do xaxim é muito comum ao redor de todo o Brasil, já que seu tronco pode servir de vaso para outras plantas, substituindo o de barro que é comumente usado.

Neste artigo, vamos ver um pouco mais de características do xaxim e como fazer essa poda, porém, de forma consciente; já que ele está em estado de extinção de acordo com alguns órgãos governamentais.

Usos do Xaxim

Por ser conhecido como uma planta com um caule bonito e resistente, o xaxim vem sendo muito utilizado como vaso para plantas ao longo dos anos, como já citamos.

Ele é também muito presente em projetos de design de jardins, especialmente quando as plantas desse jardim são as bromélias ou as orquídeas.

O xaxim foi escolhido como planta que seria usada como vaso porque podar o seu caule é muito mais barato do que comprar vasos de barro, comumente usados no Brasil.

Além de tudo isso, o xaxim também pode ser utilizado como um substrato para plantas das mais diversas espécies, deixando a terra mais fértil e o plantio mais rápido.

Porém, todas essas qualidades acabam trazendo um efeito colateral causado pelo homem: a ameaça de extinção da planta por conta do seu uso desenfreado, fato já constatado pelo IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Como Cultivar Xaxim

Com essa ameaça de extinção da espécie, não poderíamos apenas te ensinar a podar o xaxim e não ensinar a cultivar, se você podar um xaxim, cultive outro. A extinção do xaxim está sendo causada pela ação humana e você com certeza não quer contribuir para isso.

Por isso, vamos ver agora como cultivar o xaxim de forma consciente, ajudando a natureza e o meio em que você vive!

  1. Tenha um ambiente espaçoso e de clima úmido, ou então mantenha a raíz sempre umedecida, o xaxim cresce de forma lenta porém fica grande e ocupa bastante espaço;
  2. Fertilize o seu solo, de preferência com adubos orgânicos (como por exemplo a turfa e o pinus);
  3. Encontre sua semente ou muda de xaxim em lojas que possuem o certificado do IBAMA, ou seja, elas estão autorizadas a vender essa espécie e muitas outras espécies silvestres;
  4. Plante!

Você pode também auxiliar o processo de reprodução do xaxim, não espere algo rápido, já que o processo é lento. Para fazer isso você deve retirar um broto que está crescendo junto com um pedaço do tronco, e replantar; a reprodução do xaxim nunca acontece pela semente, mas sempre pela muda.

Como Podar o Xaxim

Xaxim de Palmeira
Xaxim de Palmeira

A má notícia é: você não pode podar o xaxim. Por se tratar em uma espécie em extinção, nem existem informações sobre a poda da planta e como fazê-la; já que o CONAMA (Conselho Nacional de Meio Ambiente) proíbe essa prática na tentativa de preservar a espécie.

Para este artigo, nos baseamos na resolução n. 278 consolidada no dia 24/05/2011, que proíbe todo tipo de corte e exploração da Dicksonia sellowiana (espécie conhecida como xaxim).

Porém, existem outras opções de vasos, caso seu único interesse no xaxim seja por esse motivo. A opção que está sendo mais utilizada ultimamente é a do vaso de fibra de coco, com 5 cocos é possível fazer 1 quilo de fibra.

A Fibra de Coco

Denominada cientificamente de coxim, a fibra de coco está cada vez mais conhecida entre as pessoas que usam o xaxim como vaso para as plantas. Em aparência, ela pode até ser confundida com o xaxim, apesar de ela ser mais drenável e apresentar maior resistência na sua estrutura.

Além de ser utilizada em vasos, a fibra produzida por meio da casca do coco também pode ser utilizada em placas de isolamento, seja ele acústico ou térmico. Você também pode utilizar o coxim para fazer subtrato e palitos para suas plantas.

A fibra de coco é econômica como o xaxim e extremamente sustentável, por isso está sendo muito utilizada no Brasil inteiro, não apenas para jardins pessoais mas até mesmo em construções e produções de flores.

“Xaxim” de Caroço de Açaí

O xaxim feito do caroço de açaí tende a ter uma excelente durabilidade (cerca de 2 anos), e o melhor, é encontrado com facilidade na natureza. Ele retém bastante adubo e pode ser usado principalmente como substrato para vasos.

Além de reter adubo, ele deixa a acidez da terra no nível propício ao plantio e conserva a umidade na quantidade necessária para as plantas. Pode ser encontrado principalmente na região amazônica.

“Xaxim” de Caroço de Açaí
“Xaxim” de Caroço de Açaí

Nó-de-Pinho

Um gomo produzido na planta Araucária, os nós são extraídos do caule dos pinheiros que já se encontram em um estado de composição, e não possuem nenhum elemento tóxico para o cultivo das plantas.

Ele possui durabilidade indefinida e é encontrado principalmente na região Sul e na região Sudeste do país, também é uma fonte que não está ameaçada de extinção.

Carvão Vegetal

Outro excelente substituto para o xaxim é o carvão vegetal, que sempre deve ser utilizado em estado novo (reutilizar carvão poderá danificar a sua planta). Ele é muito bom para locais úmidos, no caso de locais secos, é necessário colocar outro substrato que retém umidade junto.

Ele é muito fácil de encontrar, já que é vendido até mesmo em supermercados e locais com itens para churrasco; sua durabilidade é de 2 anos, após esse tempo ele começa a esfarelar e você precisará trocar.

Todas essas opções são excelentes para que você faça a substituição do xaxim sem sentir falta ou diferença na sua plantação, viu como existem outras opções boas e que não estão em extinção?

Lembre-se também que você pode plantar o xaxim caso encontre as sementes para vender, dessa forma você contribui para o aumento da espécie e enquanto isso vai utilizando outras formas de armazenar suas plantas!

Se interessou pelo assunto e quer saber um pouco mais sobre o xaxim? Leia também em nosso site: Tudo Sobre Xaxim

Veja também

Cajueiro Anacardium: Características, Nome Científico e Fotos

O cajueiro (nome científico Anacardium occidentale) é um vegetal pertencente à família botânica Anacardiaceae e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *