Home / Plantas / Como Podar Jasmim Gardênia?

Como Podar Jasmim Gardênia?

Originária da China, o jasmim gardênia, que também pode ser chamado de jasmim do cabo, é um arbusto de médio porte, usado com frequência no paisagismo. Só que muitos daqueles que cultivam essa planta, nem sempre sabem como cuidar dela de maneira adequada, especialmente no que se refere à sua poda. Vamos saber como podar o jasmim gardênia de forma correta, então?

Algumas Características Básicas Da Planta

De nome científico Gardenia jasminoides J. Ellis, o jasmim gardênia (ou jasmim do cabo) é um arbusto que pode chegar até 2 m de altura. Possui forma arredondada, e as folhas são coriáceas, sendo brilhantes na parte de cima delas.

Já as suas flores características são grandes, brancas e perfumadas. Esta última peculiaridade, inclusive, faz-se ainda mais presente no final da tarde. O florescimento, por sua vez, ocorre durante a estação da primavera. As flores, de um modo geral, vão adquirindo tonalidades de creme e de amarelo com o passar do tempo.

Destaque-se aina que nas suas variações mais férteis, dá pra usar os frutos de polpas amareladas para a extração de corantes. Além disso, na tradicional medicina chinesa, esses mesmos frutos são usados para tratar de vários tipos de febre.

Dicas de Plantio

O jasmim gardênia precisa de sol (seja plantado no jardim, ou mesmo em vasos dentro de casa) e de um solo bem fértil. Esse solo, inclusive, precisa ter uma composição mais ácida, além de precisar ser bem drenado. Trata-se de uma planta que prospera com bastante luz, além de uma umidade que seja alta.

No plantio em si, pode-se colocar composto orgânico com cascas de árvores decompostas. Adubo granulado, com fórmula NPK 10-10-10 na época do outono irá garantir uma floração muito boa na primavera. Em termos de material orgânico, uma boa dica é aplicar uma camada entre 5 cm e 10 cm de húmus, que, além de enriquecer o solo, ainda de deixá-lo mais úmido.

Importante destacar que essa planta pode ser cultivada em qualquer tipo de clima, contudo, ela floresce mais em climas que sejam temperados. Você pode borrifar o jasmim gardênia com um spray todos os dias, pois isso aumenta a umidade do ambiente, e essa planta gosta bastante disso.

Como Fazer a Poda?

Com relação às podas do jasmim gardênia, o mais recomendável é fazer isso no começo da primavera, dando forma ao arbusto. Além disso, podar as flores logo após a floração estimula novas floradas para os próximos meses.

O ideal é podar jasmins gardênias novas ou que estejam hibernando, pois isso tornará as floradas bem mais produtivas. Até mesmo porque uma porque que seja mais jovem é também mais resistente, e irá compensar a perda dos galhos já que ainda não se desenvolveu por completo.

A poda consiste basicamente em retirar os galhos irregulares, ou mesmo as flores murchas. Destacando que essa planta é um arbusto lenhoso, o que quer dizer que quanto mais se retirar os ramos mais antigos e rígidos, mais isso irá estimular o crescimento de novos ramos.

Jasmim Gardênia no Vaso
Jasmim Gardênia no Vaso

Outro procedimento necessário nesse caso é podar os galhos mais baixos, que porventura corram o risco de tocarem o chão. Isso precisa ser evitado, pois, dessa foma, é mais fácil da planta pegar algum tipo de infecção.

Importante também não cortar todas as folhas, pois o jasmim precisa de algumas delas para produzir o seu próprio alimento para o sistema radicular da planta em si.

Outras Dicas Importantes

Fora essa forma de podar o jasmim gardênia, existem outros procedimentos muito simples que podem facilitar o desenvolvimento dessa planta. Um desses procedimentos é verificar o nível de acidez do solo. Se este for muito ácido, a raiz do jasmim gardênia não vai se sustentar. O ideal é que o pH seja algo em torno de 5 ou 6. Se o pH for superior a 6, dá pra equilibrar isso colocando um pouco de enxofre no solo.

O mais recomendável é regar um jasmim gardênia com cerca de 2,5 cm de água semanalmente. Inclusive, o solo não pode ficar seco, mas também não é pra encharcá-lo. Um solo muito molhado pode matar as raízes sufocadas.

É indicado nutrir um jasmim gardênia com fertilizante que seja ácido, pelo menos, umas 3 ou 4 vezes por semana. Os nutrientes que fazem parte desse fertilizante são formulados justamente para aquelas plantas que gostam de solos com acidez. No entanto, cuidado com o excesso de adubação, pois isso pode prejudicar bastante a planta.

E, claro, assim como outras plantas, o jasmim gardênia está sujeito a pragas de alguns tipos, principalmente, moscas brancas e cochonilhas. Além de prejudicarem o crescimento dele, ainda podem causar a sua morte. A chamada cochonilha-farinhenta deixa uma camada de cera sobre a planta, fazendo com que as folhas caiam de maneira prematura. Já a mosca branca produz uma substância que faz com que as mesmas folhas do jasmim gardênia fiquem amareladas. Em caso de infestação, o melhor é aplicar sabão inseticida ou óleo de horticultura.

Curiosidades Sobre O Jardim Gardênia

O efeito ornamental que a planta oferece é muito bom, bem como o seu aroma. Porém, em alguns casos, certas pessoas podem desenvolver alergia ao jasmim gardênia, e é por isso que o mais recomendável é não cultivar essa planta dento de quartos.

Não se sabe ao certo, mas, muitos acreditam que o termo gardênia (que, na realidade, também é o nome atribuído a esse gênero de planta) foi uma homenagem a Alexander Garden, um importante botânico norte-americano. Inclusive, existem mais de 250 espécies de gardênias, sendo que a mais conhecida é justamente o jasmim gardênia.

Uma Pessoa Cuidando de sua Jardim Gardênia
Uma Pessoa Cuidando de sua Jardim Gardênia

Com uma simbologia bem forte, as flores e o perfume do jasmim gardênia estão associados às pessoas que querem demonstrar os seus sentimentos, e é por isso que não é raro que essa planta ornamente muitas festas de casamento por aí. Inclusive, essa simbologia já foi tema de muitas obras artísticas, da música à poesia.

Esperemos que você aproveite bem as informações passadas aqui sobre o jasmim gardênia, em especial, a forma certa de fazer a sua poda, e garantir que ela embeleze o seu jardim, ou o interior da sua casa.

Veja também

Cacto do Peru: Características, Como Cultivar e Fotos

Pode até não parecer, mas nem todo cacto é igual. Na verdade, existem inúmeras espécies …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *