Home / Plantas / Como Plantar Vinca por Estaquia? Passo a Passo

Como Plantar Vinca por Estaquia? Passo a Passo

A vinca é uma planta que faz parte da família Apocynaceae. Ela pertence ao continente europeu, mas também pode ser encontrada na região noroeste africana e no sudoeste asiático. Essa planta é herbácea e possui pequenos arbustos.

Os caules da vinca são delgados e possuem entre 1 e 2 m de comprimento, mas sua altura fica apenas entre 20 cm e 70 cm. Suas hastes criam raízes que se espalham pelo solo, o que faz a planta se proliferar de forma mais rápida.

As folhas dessa planta possuem entre 0,5 cm e 6 cm de largura e 1 e 9 cm de comprimento. Existem várias espécies de vincas e a coloração das folhas é sempre puxada para o verde em todas elas.

As flores das vincas se parecem com as flores da planta Phlox. Elas possuem entre 2,5 cm e 7 cm de largura e, normalmente, têm cinco pétalas cujo tom é violeta. Em alguns casos, essas flores podem ser brancas.

Modo de Plantar

Existem algumas coisas que precisam ser avaliadas no momento em que uma pessoa resolve plantar uma vinca. Questões como clima, iluminação e qualidade do solo são apenas alguns desses pontos importantes. Veja os próximos tópicos e entenda como plantar uma vinca:

  • Clima: essa planta gosta de temperaturas altas, normalmente maiores que 20°C.  Ela também aguenta temperaturas um pouco mais baixas, mas não pode ser exposta ao frio exagerado;
  • Luz: a vinca precisa da iluminação direta do sol entre 2 e 3 horas por dia. A planta não deve ser exposta ao sol mais tempo do que isso, senão ela perderá ramos e folhas, o que prejudicará muito a sua aparência. Por outro lado, se a vinca nunca receber a luz solar, ela produzirá menos flores e terá seu tempo de vida reduzido;
  • Regas: a vinca tem que ser regada, pois essa planta precisa que seu solo esteja úmido. Contudo, essa planta não deve ter o seu solo encharcado. Se a vinca for regada na medida certa, ela conseguirá sobreviver durante alguns dias mesmo que seu solo esteja seco;
  • Terra: as vincas não exigem muito quando o assunto é o solo. Isso significa que ela pode se desenvolver mesmo que esteja em uma terra pobre. No entanto, a melhor condição possível para a vinca é numa terra leve, com boa drenagem e razoavelmente fértil. Ademais, o pH deve estar entre 5,5 e 6,0;
  • Período de floração: as vincas se desenvolvem durante a primavera e o verão. Contudo, elas podem florescer durante o ano inteiro, desde que estejam em condições adequadas. O auge de sua floração é no período mais quente do ano;
  • Ciclo de cultivação: essa planta é perene em locais de clima quente e surge anualmente em locais cujo clima é frio;
  • Cultivo: as vincas podem ser semeadas em um local fixo ou em pequenos vasos de plantas. Quando essas plantas atingirem entre 6 cm e 8 cm de altura, elas poderão ser transportadas para outros locais, sempre com muito cuidado para não afetar a raiz. A germinação das vincas leva entre sete e quinze dias para acontecer. Para plantar uma vinca por estaquias, corte alguns ramos que tenham, pelo menos, 8 cm de comprimento. Tire as folhas mais antigas e plante os ramos em vasos cuja terra esteja úmida. É importante que a raiz dessa planta receba a umidade;
  • Espaço entre as plantas: é necessário que haja um distanciamento entre 25 cm e 60 cm de uma vinca para outra. No entanto, se o cultivo dessas plantas for anual, o espaço entre elas pode ser um pouco menor. Por outro lado, se o cultivo for perene, o distanciamento tem que ser maior do que a média.

Paisagem

Tanto a vinca major quanto a vinca minor são amplamente cultivadas como plantas ornamentais. Como essas plantas se proliferam muito rápido e ficam muito próximas do chão, elas são usadas para cobrir o solo dos jardins. A vinca é uma excelente opção para melhorar o visual de um ambiente. Por exemplo, essas plantas são utilizadas para decoração de cemitérios, especialmente o solo.

Como as vincas se esparramam com facilidade, elas podem invadir espaços indevidos e, por conta disso, sufocar outras plantas. Ou seja, a proliferação exagerada das vincas pode alterar boa parte de um determinado habitat. Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia são apenas alguns dos países que foram afetados pela proliferação dessa planta.

Uso Medicinal

Estudos científicos já encontraram mais de 70 substâncias nas vincas e todas trazem algum benefício para a medicina. Por exemplo, a flor da vinca contém vincristina, que serve para combater linfomas, leucemia, câncer de mama, entre outras doenças.

No entanto, as quantidades de vincristina têm que ser moderadas, pois essa substância é muito tóxica. Por sinal, a vimblastina, outro elemento das vincas, também é venenosa. Outra substância medicinal dessa planta é a alstonina, que tem propriedades calmantes e serve para reduzir a pressão arterial.

Vinca Branca

A medicina alternativa também usa essa planta em vários locais do planeta. Na China, as vincas são utilizadas no tratamento da diabetes, da malária e da doença do Hodgkin. Além disso, o povo chinês também utiliza essa planta para embelezar paisagens.

Os indianos também fazem uso da vinca, especialmente para tratar as ferroadas das vespas. Outro país que utiliza essa planta é o Havaí, pois eles a fervem e depois a transformam em uma espécie de plasma (pomada). Os havaianos afirmam que essa pomada serve para conter hemorragias.

Vinca-de-Madagascar

Existem oito espécies de vincas e uma das mais conhecidas é a vinca-de-madagascar (Catharanthus roseus). Essa planta mede entre 30 cm e 60 cm de altura, mas pode atingir 1 m em alguns casos.

A maioria de suas flores possui um diâmetro que varia entre 2 cm e 5 cm. A coloração delas é rosa, mas também pode ser branca. Essas flores nascem em abundância e elas chamam a atenção por conta de seu jeito delicado. As folhas dessa planta possuem um tom próximo ao verde-escuro.

As vincas-de-madagascar podem ser cultivadas em vasos ou jardins. Essa planta não pode ser consumida em hipótese alguma, pois é altamente tóxica. É importante deixar isso bem claro, pois essa vinca se parece muito com a planta comestível maria-sem-vergonha. Para evitar que uma tragédia aconteça, fique bem atento quando for comprar alguma planta.

Veja também

Como Plantar Vinca em Vaso em Casa?

A vinca-de-madagascar ou simplesmente vinca (nome científico Caranthus roseus) é um vegetal de fácil propagação, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *