Home / Plantas / Como Plantar Orquídea Com Substrato?

Como Plantar Orquídea Com Substrato?

Plantar orquídeas é uma satisfação, pois muitas de suas espécies viram lindas flores, o que é muito gratificante. Por isso, é bom fazer o cultivo dessas plantas sempre da melhor maneira possível, com os melhores ingredientes que puder. E, um desses ingredientes é o substrato.

Mas, você sabe como plantar orquídeas usando essa substância, e qual o melhor substrato a ser utilizado?

Então, acompanhe o texto a seguir.

Quais as Principais Dicas Para Plantar Orquídeas?

Pra começo de conversa, sabemos que a maioria das orquídeas é epífita, já que boa parte delas cresce em outras plantas (geralmente, árvores), mas, sem roubar nutrientes de suas “residências involuntárias”, nem causam qualquer tipo de prejuízo a elas. As orquídeas, afinal de contas, apenas usam suas raízes para se fixar no caule das árvores. O que sobrar de nutrientes que caem pra elas, é lucro.

Porém, independente se você vai plantar a sua orquídea em alguma árvore, em cascas de árvores ou até mesmo em vasos, o importante é que ela esteja com as suas raízes aparadas, principalmente as da parte traseira. É bom destacar também que o tamanho dos vasos precisa ser proporcional ao tamanho da orquídea.

Se o cultivo delas for feito em vasos, a dica é que ele permita a ventilação das raízes, e, por isso, precisa ter furos no fundo e nas laterais. O material do vaso não interfere no desenvolvimento da orquídea. Pra melhorar ainda mais a drenagem, o ideal é colocar no fundo do vaso um pouco de brita lavada, ou mesmo algumas pedrinhas.

Já se o plantio for realizado em árvores, escolha aquelas que perdem folhas no inverno, pois isso favorece a luminosidade da orquídea, especialmente quando o sol está mais brando. E, no verão, as folhagens da árvore protegem a orquídea de se queimar. O processo é simples: amarrar a planta ao tronco da árvore com um pedaço de arame de cobre ou barbante. Esse processo não precisa de rega, mas você pode envolver a muda com fibra de coco, e amarrar com cordão, pois isso manterá a planta úmida o suficiente.

Por fim, se o plantio for feito nas cascas de árvores, você pegar uma pequena broca e fazer dois furos na casca. Depois, é só pegar a orquídea, limpar bem as suas raízes e folhas, colocando um pouco de esfagnum molhado sob as raízes, e fazendo a amarração da planta nos furos feitos na casca.

E, Quais os Substratos Para Plantar Orquídeas?

Substratos Para Plantar Orquídeas
Substratos Para Plantar Orquídeas

De uma coisa, não podemos reclamar: as orquídeas não são exigentes quanto ao substrato que usamos para plantá-las. O que eles precisam conter, isso sim, é uma boa areação e uma boa drenagem, fornecendo nutrientes e mantendo a umidade .

A seguir, alguns dos melhores substratos, e como usá-los.

Casca de Pinus

Casca de Pinus
Casca de Pinus

Esse é um material, geralmente, bem barato, o que dá pra conseguir em grande quantidade sempre que precisar. Suas propriedades permitem uma areação adequada, além de ajudar a planta a se fixar, devido à sua rugosidade. Sem contar que esse substrato fornece ótimos nutrientes para a orquídea. Porém, essa casca seca de forma muito rápido, o que requer regas constantes.

Fibra de Coco

Fibra de Coco
Fibra de Coco

Também de se trata de um material muito barato, assim como a casca de pinus, em entre suas vantagens, estão a fixação da planta, o fornecimento adequado de nutrientes e uma boa areação. No entanto, é uma substância que absorve pouca água, o que aumenta a frequência de regas. Antes do uso, a dica é deixá-la de molho na água, pelo menos, por 24 horas.

Carvão

Substrato de Carvão
Substrato de Carvão

O famoso carvão de churrasco é também um ótimo substrato que pode ser usado para o cultivo de suas orquídeas. A principal função do carvão é reter a umidade, garantindo uma boa areação. O ideal é lavar bem antes do uso, mas, não coloque muito planta, pois isso pode tirar nutrientes dela. O recomendado, portanto, é usá-lo com outro substrato.

Esfagno

Esfagno
Esfagno

Esse daqui já é um pouco mais complicado de adquirir, pois é conseguido através de musgos importados, sendo, graças a isso, um material um pouco caro. ,A principal característica dele é a retenção de água, o que ajuda a reduzir a quantidade de regas. É também uma grande fonte de nutrientes.

Casca de nós Macadâmia

Casca de nós Macadâmia
Casca de nós Macadâmia

Trata-se de um resíduo do aproveitamento da castanha, tendo uma durabilidade maior do que, por exemplo, a casca de pinus. Apesar de reter pouca umidade, esse substrato facilita a areação e o enraizamento, sendo rico em ácido fítico. Só lembrando que outras cascas de castanhas podem ser usadas para essa finalidade, como a castanha do Pará e o caroço de macaúba. A durabilidade dela também é bem alta se comparada à maioria dos substratos, que é de 4 anos.

Pedra Britada ou Argila Expandida

Pedra Britada
Pedra Britada

Outro material muito barato, servindo tanto pra drenagem (sendo colocado no fundo dos vasos), ou na mistura com outros substratos.

Dicas Finais

Você pode conseguir unir as melhores características desses substratos fazendo um mistura coesa, e conseguindo um material bastante rico para as suas orquídeas. Apesar de que as orquídeas acabam sendo tão rústicas que podem ser plantadas sem qualquer tipo de substrato, sendo apenas necessário adubá-las e regá-las com frequência.

Porém, se mesmo assim, você quiser tentar misturar esses substratos para a sua orquídea, uma boa dica é unir casca de pinus com fibra de coco. Obviamente que o ambiente onde será o plantio é determinante para o uso de substratos. Por exemplo: se o cultivo for feito num vaso de plástico, a melhor opção é um substrato maia arejado. Porém, se o cultivo for em uma estufa coberta, substratos que retenham mais umidade são os mais indicados.

Lembre-se também que a grande maioria dos substratos possui uma espécie de “prazo de validade”, onde a maioria precisa ser trocada com um ou dois anos de uso. E, é aí que mora o problema, pois com trocas constantes, muito provavelmente a sua orquídea não conseguirá formar um enraizamento adequado, o que pode prejudicar bastante na questão da floração dela. Outra recomendação é nunca usar terra em vasos para orquídeas, a não ser que elas sejam terrestres.

Veja também

Para Que Serve o Extrato da Soja? Produtos Derivados da Soja

A soja é uma leguminosa como feijão, grão de bico ou lentilha, mas não é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *