Home / Plantas / Como Plantar, Fazer Germinação e Tirar Mudas de Calêndula

Como Plantar, Fazer Germinação e Tirar Mudas de Calêndula

A calêndula é uma flor que pode ser usada para diversos objetivos, tendo em vista que é possível utilizar essa planta tanto para a decoração de ambientes, quanto para fins medicinais.

Dessa forma, é bastante natural que a procura pela planta seja muito grande e que o mercado a enxergue com bons olhos, já que vender uma calêndula é algo extremamente fácil para as lojas especializadas em flores. Ademais, muito por esse fator, a calêndula é facilmente encontrada em qualquer local de vendas voltado para a comercialização de plantas ou produtos verdes.

Calêndula Amarela

Dessa maneira, não será nada difícil achar uma opção de calêndula perto de você, mas depois desse momento será preciso cuidar da planta. Você sabe como fazer? Provavelmente não, até porque essa flor costuma ter detalhes especiais e únicos que fazem toda a diferença no momento do cultivo, sendo necessário entender as reais necessidades da planta para fazê-la florescer bem.

Usos Para a Calêndula

A calêndula, em sua essência médica, possui propriedades muito bem definidas que servem muito bem para o bem-estar das pessoas. Assim, como a planta possivelmente será consumida de alguma forma, nesses casos em que o plantio ocorre pelas propriedades médicas é recomendado que se tenha muito cuidado com o tipo de adubo usado e, ademais, com os produtos fertilizantes que possam ser utilizados.

Isso porque alguns fertilizantes são muito agressivos, fazendo com que a flor se torne ruim para o consumo humano. De qualquer forma, o certo é que a calêndula ajuda o corpo em diversos sentidos, tal como no combate à úlcera.

A partir do chá que é feito das pétalas, é possível diminuir o impacto das úlceras e, no longo prazo, até mesmo acabar com esse problema que atinge tanto os brasileiros. Ademais, a calêndula também é importante no tratamento da conjuntivite e evita dores de garganta, fortalecendo os músculos relacionados ao local.

Fotos da Calêndula

Porém, não só de uso médico vive a calêndula, que também serve muito bem a paisagistas e demais profissionais do setor de decoração que pretendem dar um tom mais alegre e bonito aos ambientes nos quais trabalham. Isso ocorre porque a calêndula, por ser amarela ou laranja e muito forte, transmite uma imagem muito bela de frescor e alegria.

Nesse sentido, muitas pessoas comparam a calêndula aos girassóis, que também são amarelos e conhecidos pela alegria que passam a qualquer um que olhar. Assim, também como o girassol, a calêndula precisa de boas quantidades diárias de energia solar para se desenvolver bem, florescer plenamente e sobreviver sem maiores complicações.

Assim, seja como ponto focal de um ambiente ou até como coadjuvante no jardim, presente em vasos ou varandas, a calêndula encaixa muito bem nos diferentes ambientes.

Veja abaixo como realizar o plantio e o cultivo da calêndula, entendendo melhor como realizar os principais procedimentos para que a planta dê as melhores flores e possa preencher o seu jardim de forma bela ou ser usada no combate a diferentes doenças.

Como Plantar a Calêndula

Para começar, as mudas de calêndula podem ser adquiridas em qualquer loja relacionada ao mundo das plantas, pois, ainda que a loja não possua uma calêndula naquele momento, logo a planta chegará. Isso porque, devido à popularidade da calêndula, todas as lojas gostam de tê-la por perto para turbinar as vendas.

Dessa forma, após a compra você deve preparar um ambiente que tenha boa luminosidade, com raios solares que sejam fortes e duradouros por, no mínimo, 4 horas diárias. Além disso, temperaturas muito baixas fazem muito mal para a calêndula, que simplesmente não suporta o frio extremo e, quando exposta a ele, em geral morre.

Outro fator importante é a matéria orgânica usada para realizar o plantio, que deve também ter um pouco de areia para facilitar o transporte de água.

Dessa maneira, já após ter um solo rico e bem drenado, além de uma posição privilegiada em relação aos raios solares, é recomendado realizar o plantio entre julho e agosto. Isso porque, com a primavera chegando logo depois desses meses, será possível ter a calêndula se desenvolvendo em um período mais propício a ela, o que facilita muito para que a planta não morra e consiga se adaptar bem ao novo ambiente.

Dê um espaçamento de meio metro entre as plantas recém-plantadas para as outras, pois o espaço mais amplo permite que elas não briguem por nutrientes e, assim, faz com que ambas as plantas se desenvolvam bem no seu ambiente.

Pode Plantar a Calêndula em Vaso?

A calêndula é uma planta que se adapta bem a diferentes locais, seja o vaso ou diretamente no solo. Nesse sentido, o principal ponto a ser levado em consideração é realmente a exposição ao sol, que é muito importante para a flor.

Quando no vaso, trate de misturar muito bem a matéria orgânica à terra e à areia, para facilitar a drenagem e enriquecer a qualidade dos nutrientes presentes no solo. Também quando no vaso, é importante manter uma rotina mais intensa ao regar a planta, já que no vaso não é tão simples ter acesso a nutrientes.

Aprenda a Tirar Mudas de Calêndula

A calêndula floresce quase todo ano, não acontecendo isso apenas nos períodos de estiagem. De qualquer forma, o momento de florescimento mais intenso da calêndula se dá entre o fim da primavera e o começo do verão, quando a planta recebe altas quantidades diárias de energia solar e consegue se desenvolver bem.

Um ponto importante, contudo, é o momento propício de tirar mudas da planta. Assim, para retirar uma muda de calêndula é necessário que essa tenha cerca de 10 centímetros de altura e, ao menos, dois pares de folhas. Pois, em caso contrário, muito provavelmente a planta morrerá assim que for retirada, já que ainda não possui estrutura física para suportar essa troca de ambiente.

Por fim, é recomendado que a colheita de mudas ou de flores seja feita em meio ao momento de florescimento. Dessa forma, a planta sente muito menos os efeitos de perder partes dela e consegue suportar de maneira bastante natural o fato.

Veja também

Como Fazer Mudas de Hibisco por Estaquia?

As plantas e flores têm diversos usos possíveis na civilização mundial, havendo diferentes formas de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *