Home / Plantas / Como Plantar, Capar e Podar Pé de Mamão Anão

Como Plantar, Capar e Podar Pé de Mamão Anão

Algumas plantas frutíferas são bem fáceis de serem cultivadas em vasos, especialmente devido ao seu porte reduzido, e à sua curta expectativa de vida. Uma das que melhor possui essas características é o pé de mamão anão, uma variedade dessa fruta que, além de compor bem o ambiente, consegue dar deliciosos mamões.

Vamos saber, então, como cultivar essa planta?

Começando o Plantio do pé de Mamão Anão

Geralmente o planto de mamão anão se dá através de suas sementes, colhidas de um fruto que seja maduro. O procedimento, neste caso, é retirar as sementes, e deixar secá-las por alguns dias.
Já em relação ao melhor vaso para se utilizar, o ideal deverá ser um que tenha uma capacidade de, pelo menos, uns 60 litros, com uns 50 cm de diâmetro (esse tamanho é suficiente para abrigar uma árvore de quase 2 m de altura). Importante lavar esse recipiente com sabão neutro e água, deixando-o secar ao ar livre.

Depois é colocar o vaso onde você deseja que esteja o mamoeiro anão, seja dentro da sua residência, seja no seu jardim. Preferencialmente, é melhor ter um carrinho para transportar esse vaso, sempre que necessário.

Outro procedimento importante é preparar o solo de maneira adequada a receber a planta. Esse tipo de mamoeiro gosta de substratos ricos em nutrientes. Nesse caso, uma dica é você preparar a terra da seguinte forma: uma parte de solo de jardim para cada duas partes de compostagem.

É importante saber que o mamão anão cresce bem em solos que sejam argilosos, arenoso ou rochoso, e cujo pH fique entre 4,8 e 8,0. Em suma, o local nem deve ser muito ácido, nem muito alcalino.

Cuidados Básicos

Na hora de plantar o seu pé de mamão anão, você deve molhar a terra para que ela fique suficientemente úmida. Então, coloque várias sementes no vaso para garantir que a planta nascerá. Após umas 3 semanas, mais ou menos, os pezinhos irão nascer, então, deixe apenas um dentro do vaso, e faça o transporte dos outros para recipientes diferentes. Obviamente, escolher ficar no vaso principal aquele pé que pareça estar se desenvolvendo melhor.

Então, durante os próximos meses, você vai regar o seu pé de mamão anão constantemente, só tomando cuidado para que a terra não fique demasiadamente encharcada. É importante salientar, no entanto, que, à medida que a planta for crescendo, vá aumentando a quantidade de água nas regas.

Outro cuidado essencial é que se você fizer o plantio dentro de caso, é imprescindível que o seu pé de mamão receba luz solar por, pelo menos, umas 7 horas por dia. Isso porque o que essas plantas mesmo é de sol pleno. Assim, crescem bem mais saudáveis.

Também é importante destacar que essa planta gosta bastante de climas quentes, então, quanto mais quente for o local de cultivo, melhor. A temperatura ideal gira entre 20 e 32°C. Evidentemente que, em locais onde a temperatura é muito fria, podem ser fatais para a planta (especialmente, onde fica abaixo dos 0°C com frequência).

Como são Feitos o Adubo e a Poda do Mamoeiro Anão

Outra característica do mamoeiro é que ele gosta sempre de uma boa “alimentação”, e, por isso, um adubo minimamente adequado é importante para um crescimento mais saudável. Nesse aspecto, você pode adubar o seu pé de mamão anão com composto orgânico, esterco ou cobertura morta ao solo. Caso prefira, existem ótimos fertilizantes, como, por exemplo, o N-P-K (nitrogênio-fósforo-potássio) na proporção de 10-10-10 ou 14-14-14.

Já em relação à poda, o procedimento é basicamente o mesmo com relação a outros tipos de mamoeiros. Primeiro você vai identificar quais são as partes mais saudáveis e vigorosas da planta, e deixá-las intactas. Trata-se de um procedimento que estimula tanto novos crescimentos, quanto a frutificação. Ainda em relação à poda, para estimular um crescimento mais espesso dos frutos, o ideal é espremer as plântulas da planta entre o polegar e o indicador, ou seja, a ponta de cada caule.

E, claro, além disso, tenha a preocupação de remover as folhas mortas, contando-as ou espremendo-as na base, pois isso fará reduzir marcas na fruta, além evitar a proliferação de doenças. Cortar galhos doentes, mortos ou fracos em sua base também é o indicado, afinal, ele nem produzirão boa frutas, nem suportarão o peso delas.

Colhendo os Frutos

Entre mais ou menos 6 ou 9 meses o mamão anão está pronto para colher, caso você tenha feito o plantio através de sementes. No entanto, se a região onde aconteceu o cultivo for um pouco mais fria, o aconselhável é fazer a colheita após uns 11 meses.

Porém, o ideal é que a colheita só ocorre mesmo quando o mamão anão estiver com uma coloração amarelada. Porém, digamos que o local possua muitos pássaros que atacam árvores frutíferas, então, é melhor recolher os frutos que as primeiras manchas amarelas aparecerem neles.

Como Manter o Mamoeiro Anão Curto o Suficiente para Frutificar Cedo?

Para que a frutificação ocorra o mais rápido possível, mas, mantendo a qualidade do fruto, é recomendável podar a ponta superior do pé do mamoeiro. Isso porque sem esse acesso para subir, a planta direciona a sua energia, engrossa o tronco, e o pé vai crescendo de maneira compacta. Basta cortar o topo uns 3 ou 4 cm.

Outra dica interessante nesse sentido é aproveitar quando as folhas de baixo estiverem caindo para um ângulo de aproximadamente 90°, será o momento de cortá-las. Ou seja, não espere que morram naturalmente. Essa técnica vai fazer com que a planta possa ter mais nutrientes, e, consequentemente, ela crescer e frutificar melhor.

E, Quando o Mamoeiro não dá Frutas, Qual o Problema?

Na verdade, existem três tipos de mamão (e isso também vale para o mamão anão): o macho, a fêmea e o hermafrodita. O mamão machão não dá frutos, apenas flores, e é nesse aspecto que podemos identificá-lo com facilidade. Suas flores ficam penduradas em uma haste fina que sai de seu tronco.

Já, o mamão fêmea frutifica, mas, precisa do macho ou do hermafrodita para fazer a polinização.Suas flores são grandes e ficam grudadas em seu tronco. Outro aspecto característico do mamão fêmea são os seus fruto arredondados.

Já, o hermafrodita possui as duas flores, tanto a masculina, quanto a feminina. Podem ser polinizadas entre elas, o que resulta em um fruto um tanto amargo.

Veja também

Flor de Pessegueiro: Época de Florada, Características e Fotos

O Brasil é um país com uma grande variedade de espécies quando nos referimos à …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *