Home / Plantas / Como Fazer Mudas De Mini Rosas

Como Fazer Mudas De Mini Rosas

É uma satisfação imensa cultivar flores, ainda mais quando são rosas. E, existe uma variedade que se destaca, que são as mini rosas (versões em miniatura, mas, encantadora dessas plantas).

Quer saber como fazer mudas delas? Então, acompanhe a leitura. Com certeza, você vai gostar.

Como Fazer Mudas De Mini Rosas: Preparação Para O Plantio

Primeiro de tudo, é necessário saber qual a melhor época para se plantar mini rosas. O ideal, neste caso, é esperar até o outono, visto que esse é o período onde a temperatura quente da terra favorece bastante o desenvolvimento das raízes das plantas. Quanto ao florescimento em si, não se preocupe. A tendência é uma mini rosa florescer durante o ano inteiro, especialmente na primavera e no verão. E, quando isso acontece é um festival de cores: rosa, branco, rosa pink, amarelo, laranja e vermelho.

Já em relação ao ambiente, o mais recomendado é que as mini rosas estejam em um lugar onde haja sol pleno, ou, pelo menos, a meia-sombra. É importante que se mantenha o solo sempre úmido, onde as regas precisarão acontecer numa frequência de, no máximo, 2 vezes por semana. No geral, o clima mais indicado para o plantio e a manutenção das mini rosas dever ser quente, úmido e ameno.

O plantio desses arbustos em vasos se dá da mesma forma que outros plantios equivalentes. Portanto, você pode usar, por exemplo, húmus de minhoca, cujo pH é mais alcalino, para facilitar o crescimento de sua roseira. É preciso também ficar atento para a drenagem do solo, a fim de evitar que a sua planta fique encharcada. Nesse caso, o mais indicado é usar areia, cuja proporção precisará ser de 4 partes de substrato para 1 parte de areia. Caso prefira, adicione adubo de aves para reforçar a alimentação da roseira (cerca de umas 150 g por vaso de tamanho médio).

E, Como Fazer O Plantio Propriamente Dito Das Mini Rosas?

O ideal é colocar as plantas “de molho” por, pelo menos, 1 ou 2 horas antes de serem definitivamente plantadas. É importante que esse tempo não seja muito ultrapassado, pois se corre o risco de apodrecer a roseira. Caso você compre a planta, nunca deixe as suas raízes secarem por completo.

Depois, você irá fazer um buraco para plantar a sua roseira que deve ser suficientemente largo e fundo, já que as suas raízes precisarão de muito espaço. Para facilitar o processo, solte ligeiramente o solo usando uma forquilha. Bom ficar atento que, antes de colocar a roseira no buraco feito na terra, você deve encurtar um pouco as raízes, cortando as que estiverem danificadas, pois assim novas irão nascer bem mais rápido.

É preciso também retirar os ramos que sejam frágeis, e ainda encurtar a vergôntea principal em, pelo menos, 3 ou 4 rebentos. Se forem roseiras arbustivas, faça em 2 ou 3 rebentos, no máximo. Logo em seguida, aí sim, coloque a roseira no buraco feito na terra, e garanta, nesse processo, que o ponto de enxertia fique em mais ou menos 5 cm abaixo da superfície. Nisso, solte as raízes de forma bem leve, deixando que elas se espelhem pelo buraco.

Plantio de Mini Rosa
Plantio de Mini Rosa

É importante segurar a roseira enquanto estiver enchendo o buraco com a terra. Uma dica é agitar o vaso para que ela se espalhe melhor ao redor da planta e pelas suas raízes. Por fim, é preciso calcar bem a terra para que ela fique firme, e, assim que terminar o processo, regar bem a sua roseira.

Logo após a água ser drenada, empilhe a terra que restou até uma altura de aproximadamente uns 20 cm, impedindo, assim, que a roseira seque. É preciso se lembrar de regar bem a roseira periodicamente, em especial, durante os períodos de seca. Assim, a sua floração será feita da melhor maneira possível.

De Que Maneira Podar E Adubar as Mini Rosas?

O final do inverno é o melhor momento para se podar essas plantas, tentando fazer com que a firma mini da roseira seja devidamente mantida. É preciso, portanto, limitar o tamanho dos galhos, especialmente se as roseiras estiverem compondo jardins. Assim que ocorrer a primeira florada, é a hora de fazer uma poda total, possibilitando a emissão de brotos e a formação de uma copa. Lembrando que as próximas podas serão apenas para retirar os cachos das rosas que já floresceram.

Já em relação à adubação, o recomendado é fazer de 2 a 3 adubações anuais. A primeira adubação precisará ser feita logo após a poda anual, e a segunda, entre novembro e dezembro. Caso prefira, faça uma terceira adubação entre janeiro e fevereiro. É bom dizer que a melhor adubação para mini rosas é aquela orgânica, feita, essencialmente, com esterco animal, composto orgânico, farinha de ossos e ainda torta de mamona. Acredite: sua mini roseira ficará maravilhosa!

O procedimento correto é espalhar o adubo de uma maneira que haja uma relativa distância entre o caule e as raízes. Quando houver a primeira adubação, o mais recomendado são duas regas semanais até que as flores apareçam. Depois, basta uma rega semanal que será mais do que suficiente para manter a sua mini roseira sempre vistosa.

E, Como É Possível Fazer Mudas De Mini Rosas?

Com as suas mini roseiras já bonitas e desenvolvidas, você poderá fazer mudas dela cortando um galho que tenha aproximadamente uns 15 cm de comprimento. Esse galho que ter acabado de florir, e precisa estar perfeitamente saudável. Lembre-se de cortar em viés de ambos os lados. Depois, é necessário tirar as folhas inferiores da estaca.

Logo após esse procedimento, preparar a terra normalmente para o plantio (como indicado nesse mesmo texto), molhe a terra e introduza o galho na parte sem folhas. Você envolver o vaso com um plástico que seja transparente (fazendo, assim, uma espécie de mini estufa), e mantendo, com isso, a umidade.

Os vasos precisarão ficar num espaço que tenha, pelo menos, 50% de sombreamento. Logo depois de uns 30 dias, é muito provável que o galho já esteja completamente enraizado, além de ter pequenos brotos e até novas folhas. Assim que chegar nesse estágio, a planta já poderá, aos poucos, ser aclimatada a pleno sol, podendo também ser mudada de vaso ou até mesmo de ambiente. Assim que ficarem adultas, as mini roseiras necessitam ficar num lugar de pleno sol, invariavelmente.

Veja também

Para Que Serve o Extrato da Soja? Produtos Derivados da Soja

A soja é uma leguminosa como feijão, grão de bico ou lentilha, mas não é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *