Home / Plantas / Motivos Para Ter Um Mangostanzeiro Em Casa e suas Utilidades

Motivos Para Ter Um Mangostanzeiro Em Casa e suas Utilidades

Mangostão: Características

Considera-se o Mangostão um fruto exótico. Essa fruta tem um aspecto rustico, seu tamanho assemelha-se ao tamanho de uma laranja.

Assim que o fruto é aberto, encontra-se uma polpa branca. Essa é a parte que deve ser ingerida. Essa polpa é semelhante a uma cabeça de alho.

 

Ainda acompanha uma coroa parecida com algumas pétalas verdes, no topo da fruta. Sua casca é grossa e serve para outras utilidades, já que não pode ser ingerida.

A fruta deve ser retirada do pé na colocarão roseada. Quando verde, ainda falta muito para amadurecer. Roxa estragará muito rapidamente. Roseada é o ponto em que pode ser retirada e armazenada na refrigeração correta. Essa fruta é delicada e sensível e se decompõe com facilidade, portanto, para que não cause problemas a saúde, é preciso ter cautela com a validade do fruto.

A árvore chama-se mangostanzeiro. Essa árvore pode chegar a mais de 9 metros de altura, com folhas grandes e grossas.

Seu crescimento é lento e leva mais de anos para gerar frutos. Nativa de ilhas da Indonésia e alguns lugares do continente asiático.

Não é uma fruta comum no sudoeste e sul do Brasil, muitos nunca experimentaram ou nunca viram um Mangostão. Porém é muito cultivado e popular no norte e nordeste. De lá é transportados para grandes mercados do sudeste.

Licor de Mangostão

Essa possibilidade não é muito explorada. Normalmente a polpa da fruta é ingerida, a casca tem usos medicinais, sementes podem ser fervidas, mas poucos já experimentaram ou fabricaram o licor de mangostão.

O licor é resultado de processos de fermentação da própria fruta, assim como a uva. Diferente de outros licores que podem ser produzidos em casa, com adição de açúcares, bases para licor ou até alguns tipos de cachaça, o Licor de Mangostão leva processos mais naturais.

A primeira etapa do processo é a de pasteurização, essa etapa consiste em colocar a fruta em temperaturas que se aproximam do ponto de ebulição, e, em seguida, coloca-las sob resfriamento. Isso acaba com substâncias que possam ser nocivas em seu consumo.

Após a pasteurização, vem a fermentação por uma semana.

Na fermentação, o líquido final é reservado por um período, sem oxigênio, isso leva a quebra de moléculas e o resultado final tem teor alcoólico. O período ideal para fermentação do mangostão é de sete dias.

No final desses processos, a bebida é posta em garrafas de vidro, e, novamente, passa pela pasteurização novamente, para a proteção contra qualquer substancia nociva que possa sobrar do processo de fermentação.

Ao final de todo o processo, tem-se o Licor de Mangostão. O sabor do licor é muito atrativo e doce. O cheiro da fruta também é atrativo e delicioso.

Mangostão: Outras Utilidades

Como dito anteriormente, o licor dessa fruta é um de seus consumos mais incomuns. O mais normal e popular é seu consumo In Natura. Colhido do pé e consumindo a polpa. Uma alternativa deliciosa.

Além dessa, há outras formas, veja:

  • Chá de Mangostão

O chã de mangostão, além do ótimo sabor, pode servir para fins medicinais. Combatendo e prevenindo diversas doenças como:

  • Tuberculose

A fruta tem efeito antibacteriana, e o que causa a tuberculose são bactérias especificas. Agentes da fruta atacam diretamente as bactérias nocivas à saúde.

  • Controle da Flora Intestinal

Ingerir chá de mangostão periodicamente pode regular o intestino. Além de ser a solução certeira em casos de diarreia e disenteria.

  • Cicatrização

Uma das principais funções do mangostão é seu efeito anti-inflamatório. Feridas podem malcuidadas podem facilmente infeccionar.

  • Problemas de Pele

Ainda suas funções anti-inflamatórias, problemas de acne ou descamação de pele e1 causado por junção de bactérias e inflamações na pele. O mangostão por suas características já conhecidas pode combater diretamente e melhorar o aspecto e saúde da pele.

  • Câncer

Uma substância chamada Xantona tem sido pesquisada por institutos de pesquisa contra o câncer. Na fruta Mangostão é possível encontrar essa substância tão valiosa. O consumo direto da fruta já faz com que o corpo entre em contato com esse elemento. O efeito principal desse composto é antioxidante.

  • Alzheimer e Doenças Degenerativas

Esse composto ainda é muito importante no combate a doenças degenerativas. Ainda suas ações antioxidantes e bactericidas podem conter o avanço de doenças como Alzheimer que consiste em perda de memoria gradativa ou outras doenças como E.L.A.

Além do chá, pode ser consumida como suco também. Quer saber como fazer em casa? Acompanhe.

Suco de Mangostão

  • Você vai precisar de polpas do fruto mangostão, sem a casca;
  • Água em quantidade que dobre o volume das frutas;
  • Açúcar, adoçante ou mel;
  • Bata todos os ingredientes.
  • Consuma o suco no mesmo dia enquanto fresco.

Chá de Mangostão

  • Você vai precisar de folhas ou casca do Mangostão. (lembre-se que suas propriedades são diferentes);
  • Separe uma quantidade de água entre 200ml a 300ml.
  • Ferva a água e adicione o fruto;
  • Mantenha de 5 a 7 minutos de fervura
  • Adicione açúcar, mel ou outro adoçante, e o chá está pronto!
  • Consuma enquanto fresco, no mesmo dia.

Motivos Para Ter Um Mangostanzeiro Em Casa

Essa incrível e exótica fruta, o mangostão, pode ser consumida de diversas formas diferentes, além de seu consumo in natura. Sucos, chás, receitas para sobremesas, licor, etc. Cada um carrega agentes e propriedades específicos.

Até mesmo suas sementes podem ser utilizadas depois de torradas ou após a fervura.

Além de todas essas possibilidades, caso não se identifique ou não goste do sabor da fruta, é possível encontrar suas propriedades em cápsulas e comprimidos. Para isso é necessária receita e é preciso solicitar em farmácias de manipulação.

Um pé de Mangostão realmente demora anos para crescer e frutificar. Ainda assim, se tiver um espaço proveitoso para o plantio, é sempre recomendável, pois, apesar do longo prazo, tem-se um tesouro por perto.

Tantas propriedades podem ser essenciais em momentos que precisar. Mesmo que não tenha as frutas tão cedo, nunca é tarde para darmos mais atenção à nossa saúde.

Conclusão

Uma fruta tão valiosa, e tao pouco conhecida ou explorada. Quem dera o Mangostão tivesse a mesma popularidade da maçã ou laranja. Sua raridade em algumas regiões pode fazer com que seu valor seja bem mais alto, tornando-a inacessível para algumas pessoas.

Mas, se você chegou até aqui, esperamos que saiba onde encontrar um ponto de venda ou um pé de Mangostão perto de você quem sabe não aproveita algumas sementes e plante seu próprio mangostanzeiro?

Veja também

Como se Faz Mastruz com Leite ?

A medicina natural está cada vez mais presente em nosso dia-a-dia. Neste cenário, nomes famosos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *