Home / Plantas / Como Fazer Enxertos e Mudas de Caju Anão

Como Fazer Enxertos e Mudas de Caju Anão

Caju anão é uma variedade do cajueiro comum (nome científico Anarcadium orcidentali). Seu principal diferencial é o porte físico. Plantas de caju anão podem medir de 2 a 4 metros de altura (em contraposição aos 20 metros de altura máxima alcançada pelo cajueiro comum).

Apesar do pequeno porte físico, este cajueiro possui uma produtividade excelente, razão pela qual suas mudas possuem procura crescente por parte dos agricultores.

Neste artigo, você conhecerá importantes dicas referentes ao plantio de caju, especificamente referente ao passo-a-passo para produção de enxertos e mudas de caju anão.

Então venha conosco e boa leitura.

Caju Benefícios e Características

O caju é uma fruta exótica e tropical originária no Brasil que foi propagada pelos portugueses para outras colônias e localidades além-mar, tais como Moçambique, Quênia e Madagascar.

A fruta caju na verdade é um pseudofruto, uma vez que corresponde a uma estrutura resultante do pedicelo da flor, e, de acordo com a definição botânica de fruto, a estrutura deveria ser resultante do ovário da flor.

O fruto do cajueiro em si é a castanha. No entanto, a palavra ‘fruta’ pode ser utilizada para se referir ao caju, visto que ela é um termo genérico e comercial empregado para frutos verdadeiros e pseudofrutos com polpa considerável.

O cajueiro é conhecido pelo seu tronco naturalmente tortuoso e ramificado, cuja casca possui uma resina amarela empregada na confecção de papel, assim como na utilização pela indústria farmacêutica.

Caju Características

As flores do cajueiro aparecem entre os meses de Junho a Novembro, são pequenas, perfumadas, com tom branco-rosado e 5 pétalas. As flores também encerram propriedades medicinais, no caso de caráter tônico. Encontram-se dispostas em panículas.

As folhas podem apresentar textura coriácea ou subcoriácea. Em relação ao formato, este é caracterizado como obovado (ou seja, na forma de um ovo invertido).

O caju é rico em vitamina C, com concentração incrivelmente superior à laranja. Também possui Tiamina, Riboflavina, Niacina e importantes minerais como o Zinco, Ferro, Magnésio, Cálcio, Fósforo e Potássio; e assim como a castanha, possui grande concentração de antioxidantes.

A castanha de caju possui um formato semelhante a um rim humano e no seu interior contém uma amêndoa que é consumida assada ou torrada.

A castanha de caju também contém importante concentração de vitaminas e sais minerais, no entanto, nunca deve ser consumida crua, uma vez que pode liberar uma substância tóxica denominada uroshiol, a qual causa urticarias e até mesmo morte do indivíduo (caso seja ingerida em altas concentrações).

Uma curiosidade a respeito da fruta é que o maior cajueiro do país está localizado no município de Pirangí, no Rio Grande do Norte. Este cajueiro possui aproximadamente 90 anos de idade e ocupa uma área de 7.300 metros quadrados.

Sugestões de Consumo do Caju

O caju pode ser consumido ao natural ou na forma de sucos e sorvetes, assim como no preparo de sobremesas mais sofisticadas como caldas, pastas, licores, vinhos, vinagres e xaropes; também existe a opção de combinar a fruta com cachaça ou gim tônica.

Após a extração do suco, o bagaço da fruta fica disponível para ser aproveitado na cozinha, como por exemplo nos pratos conhecidos como frigideiras nordestinas. Vale lembrar que o bagaço é riquíssimo em celulose.

Para ser consumido, o caju deve estar fresco. A casca não deve apresentar manchas ou machucados.

É uma fruta com extrema facilidade para stragar, logo deve ser consumido no mesmo dia da compra. Caso esteja bem firme, pode ser armazenado na geladeira pelo tempo máximo de dois dias.

Caju Anão Características

O caju anão é ideal para ser plantado em vaso.

A grande vantagem relacionada ao seu plantio é que esta variedade é capaz de produzir as primeiras ‘frutas’ no primeiro ano após plantio, o que caracteriza uma vantagem incrível para pequenos e grandes produtores.

Quando cultivado em vaso, o cajueiro anão atinge se limita à altura de 2 metros.

Em relação às propriedades nutricionais, o caju anão possui as mesmas propriedades encontradas no caju comum.

Além do porte físico, algumas características físicas diferenciadoras do caju anão incluem copa mais compacta e homogênea do que o cajueiro-comum, assim como menor diâmetro de copa (com 5 a 8 metros de envergadura) e menor diâmetro de tronco.

Como Fazer Enxertos e Mudas de Caju Anão

Enxertos

A enxertia é um método mais rápido e até mais prático de cultivo em relação ao plantio tradicional de sementes.

Para realização da enxertia é importante possuir os matérias adequados devidamente esterilizados. A enxertia no cajueiro é favorecido pela característica do vegetal de produzir látex, logo, com o corte de um ramo e látex repara e sela a parte danificada.

O primeiro passo na enxertia é recortar (com material esterilizado) um ramo do vegetal. A sugestão é que não sejam removidos ramos com flores e frutos, uma vez que o foco nutricional do vegetal pode estar concentrado nessas estruturas, tornando o ramo mais fraco e possibilitando o insucesso da enxertia.

No galho retirado devem ser removidas as folhas, deixando apenas as gemas.

Na estaca, na qual será inserida o novo galho, deve realizado um corte (com faca esterilizada) em formato de fenda. Em relação ao galho a ser inserido, este deve ter a sua ponta aparada com a faca para ficar em formato de flecha.

O próximo passo é afincar o galho na estaca. Essa fixação deve ser reforçada, uma sugestão é utilizar fita veda rosca para auxiliar.

A enxertia deve ser mantida na sombra e com regas constantes. Caso apareçam novos brotos na parte de baixo (estaca ou cavalo), estes devem ser removidos, uma vez que drenam os nutrientes da porção superior.

Mudas

Para fazer mudas de caju anão é necessário remover um ramo de um cajueiro que já produza frutos. O principal desafio nesta fase inicial é garantir que o ramo se enraíze, e, neste quesito um pedaço de chuchu pode ajudar, uma vez que a hortaliça é rica em seiva.

O ramo do cajueiro removido deve ser afincado no pedaço de chuchu, caso não seja possível, é um sinal de que esta estaca não está pronta, uma vez que deve estar mais lenhosa do que herbácea. Após afincado, é hora de cavar o solo no vaso e aterrar a raiz. Com alguns poucos meses após esse procedimento já é possível obter um vegetal de porte pequeno a médio.

Agora que você já conhece importantes características referentes ao caju e ao caju anão, o convite é para que continue conosco e visite também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nos campos da botânica, zoologia e ecologia de um modo geral.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Horta e Plantio. Enxerto no Cajueiro Anã. Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=UU-h8Ab-nZY>;

Horta e Plantio. Faça mudas de Cajueiro anão precoce. Disponível em : < https://www.youtube.com/watch?v=a4Un04gs82E>;

Portal São Francisco. Caju. Disponível em: < https://www.portalsaofrancisco.com.br/alimentos/caju>;

SERRANO, L. A. L. Jornal Dia de Campo. O cajueiro e suas características. Disponível em: < http://www.diadecampo.com.br/zpublisher/materias/Materia.asp?id=28425&secao=Artigos%20Especiais>.

 

Veja também

Como Fazer Chá de Romã Para Gargarejo?

Punica granatum. Originária de uma região geográfica que vai do Irã até a região do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *