Home / Plantas / Como Fazer Amarílis Dar Flor? Como Fazer Substrato Pra Ela?

Como Fazer Amarílis Dar Flor? Como Fazer Substrato Pra Ela?

Grande parte da população do mundo ama as flores, seja para colocar em um canto da casa que está meio sem graça e sem vida, para dar de presente para alguém especial ou para fazer um grande e lindo jardim na frente de casa. As flores são realmente muito bonitas e sempre tão um toque especial em qualquer lugar que você as coloca-la. São coloridas e melhoram e energia do ambiente.

As Amarílis estão inclusas nesse pacote de flores coloridas e que dão uma alegrada no ambiente. Existem Amarílis de variadas cores e isso é bem legal e importante para você que quer fazer um lindo jardim colorido, mas não quer colocar vários tipos de flores. As Amarílis são flores totalmente brasileiras e resistentes ao clima tropical.

Ela é considerada a tulipa brasileira. Com sua sofisticação, é usada até em buquês de casamentos, e ela se adapta muito bem em climas quentes e médios, podendo ser cultivada em qualquer região do país, por causa disso ela se classifica como a melhor entre os variados tipos de flores existentes na natureza.

Características

A Amarílis é conhecida também como flor da imperatriz ou açucena. Essa flor atinge cerca de meio metro de altura e é muito utilizada para decorações, já que ela possui flores grandes e uma extensa variedade de cores, elas podem ser inteiras de somente uma cor ou mescladas. Elas dão flores anualmente e geralmente durante o começo do verão. Como já dizemos ela é uma planta tropical, então ela vai crescer durante o outono e florir durante o verão.

Durante oito meses, essa flor ficará fechada e enterrada no solo, desse modo ela vai se desenvolver conforme muda a temperatura do ambiente em que ela está. Durante o frio, o bulbo fica na terra, juntando energias para florescerem. Durante o inverno é importante garantir que a planta esteja tomando a quantidade de sol necessária e que não tenha muito contato com ventos gelados, pois isso pode ressecar as flores e acabar com seu encanto.

Como Cuidar?

A exposição da Amarílis no sol é necessária, o ideal é deixar a flor na luminosidade do sol por no mínimo 4 horas, para não correr o risco de matar a planta afogada com muita água. Ela deve ser regada uma vez a cada cinco dias, quando for molhar não jogue água nas flores e sim nas raízes.

Quando for plantar essa flor, use pedras e areia grossa no fundo de seu vaso. Tanto as pedras quando a areia vai ajudar na drenagem da água, o que é muito importante tanto para o desenvolvimento da planta quanto de suas flores. O excesso de água possibilita no aparecimento de fungos, o que irá fazer com que apodreça os botões da flor e podem até matar sua linda plantinha.

Cuidando de Amarílis
Cuidando de Amarílis

A terra colocado no vaso é recomendada que seja um terra com adubagem vegetal e fertilizantes orgânicos. Se por acaso você for comprar uma muda, dê preferência a que possui bulbos mais separados e a que o caule esteja o mais intacto possível.

Como Fazer Amarílis Dar Flor?

Se você tem esse problema da Amarílis não estar dando flor, saiba que ela precisa notar uma diferença de temperatura e umidade. O bulbo entre em uma espécie de dormência quando percebe que chegou o inverno. Durante esse período, ele geralmente recebe pouca água e às vezes até mesmo nenhuma. Então quando voltar as chuvas e chegar à primavera, o solo começara a se aquecer e então o bulbo terá mais chances de sobreviver e sairá desse modo de dormência. Se você regar e adubar a Amarílis durante o ano todo, ela não entrara no estado de dormência, o que irá fazer com que ela só fique em estado vegetativo.

Dica: Reduza aos poucos a quantidade de adubo e de vezes que você rega a planta, mas reduza com cuidado para que a planta não sinta muita falta dos nutrientes e acabe morrendo. Desse modo, quando chegar o período de inverno, suspenda a água e o adubo totalmente, deixando o vaso num local em que tenha alguns ventos fortes. Isso vai fazer com que as folhas caiam, porque a planta estará guardando energia apenas para o mais importante, o bulbo. Assim que a primavera voltar, retorne com as adubações e regue a planta, porém volte com essa rotina aos pouco. E logo sua Amarílis dará novas flores.

Como Fazer Substrato Pra Ela?

O substrato pode ser tudo aquilo que é utilizado para substituir a terra durante um pequeno período de tempo. Ele é feito de materiais que não liberam nutrientes e não retém umidade, por isso não pode ser usado por muito tempo.

Quando você for fazer seu substrato, combine-o com uma adubação orgânica, isso irá ajudar muito sua planta. Uma boa ideia é fazer um substrato com cascas de vegetais.

Substrato Para Amarílis
Substrato Para Amarílis

Nesse caso, ele deverá ser feito diretamente no solo e ficará pronto entre 15 a 30 dias. Como fazer: triture as cascas de vegetais (como cascas de legumes e frutas) que estiverem à sua disposição. Também é legal você colocar borra de café na sua mistura, pois isso ajudar a amenizar o cheiro das cascas e também serve como um fertilizante. Cave um buraco no solo e jogue a mistura lá. Depois, cubra com um pouco de terra, caso queira esconder as cascas dos vegetais. Molhe uma vez por dia e misture seu substrato uma vez por semana, se necessário coloque outra camada de terra para esconder as cascas.

Outra ideia de substrato que você mesmo pode fazer é usando folhas secas. Para utilizar esse substrato você pode escolher em fazê-lo diretamente no solo ou em algum recipiente separado. Esse substrato é feito misturando 2/3 de folhas para 1/3 de terra. Ele vai demorar cerca de 90 dias para ficar pronto. Se ele for feito em um recipiente separado, coloque-o no solo e jogue uma camada de terra por cima. Esse substrato deve ser molhado e revirado uma vez por semana.

Essas são as duas ideias de substratos que você pode fazer em casa para usar com a sua Amarília ou com qualquer outra planta.

Veja também

Gabiroba Murici: Características, Nome Cientifico e Fotos

A gabiroba é nativa dos cerrados do Brasil. Mas, também pode ser encontrada por todo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *