Home / Plantas / Como Cuidar Do Gerânio No Inverno? Do Que Precisam?

Como Cuidar Do Gerânio No Inverno? Do Que Precisam?

Uma das estações do ano mais delicadas para se cuidar de plantas é, sem dúvida, o inverno, pois nem todas se dão em em climas muito frios. Portanto, são necessários cuidados especiais, como acontece com o gerânio, por exemplo. A seguir, vamos mostrar como tratar essa planta nessa época do ano (e em outras épocas também). Vamos lá.

Cuidados Básicos Com O Gerânio Em Épocas Mais Frias

Os gerânios são flores bem populares, mas, ao mesmo, são também bastante frágeis, com muitas não resistindo a climas mais frios, especialmente, se a região tiver geadas fortes. Porém, nessa época do ano, existem três formas de cuidar bem de gerânios, e evitar que morram. A primeira delas é através do método de corte.

Esse primeiro método consiste em cortar, em forma de estaca, de 10 a 15 cm de gerânios que estão prestes a cair. Pegue, então, o caule que estiver mais saudável e retire as folhas 2 cm acima do corte. Em seguida, basta mergulhar essa haste em um pó de hormônio, pois assim a raiz crescerá mais rápido.

O próximo passo é colocar essa pequena estaca em um solo bem drenado, que pode ser em vaso, colocando essa haste uns 2 cm de profundidade. Ela precisará levar luz do sol indireta, e entre 2 ou 6 semanas, as estacas terão enraizado. O importa destacar que essas estacas precisarão ficar dentro de casa. Após o término do inverno, podem ser colocadas do lado de fora.

O segundo método para cuidar e até para salvar gerânios no inverno é caso você tenha essa planta em vasos. Neste caso, é preciso transferir todos para dentro de casa enquanto durar todo o inverno, na área mais quente dela. Fora isso, faz-se necessário podar cerca de 1/3 dos gerânios. Não se preocupe, pois na próxima temporada, eles irão crescer saudáveis de novo.

Por fim, temos o método das raízes nuas, que consiste em cavar a terra em que os gerânios estão, e de maneira suave sacudir o solo sobre as raízes. Em seguida, basta pendurar a planta de cabeça para baixo em um local fresco e seco. É preciso também colocar as raízes dentro d’água por cerca de 2 horas, para mantê-las úmidas. Quando a primavera chegar, é só podar a planta, e cultivá-la ao ar livre, em solo ou em vasos.

Outros Cuidados Com O Gerânio

Tirando essas precauções que se deve ter na época do inverno, e que são essenciais para o bem desenvolvimento dessa planta, você também tem que se ater aos cuidados do dia a dia, independente da estação do ano em que esteja.

Com exceção do inverno, onde precisam ficar em locais fechados (mas com algum luz do sol indireta), o gerânio é uma planta de lugares abertos, por isso, é fundamental que sejam cultivadas do lado de fora das casas, sejam em vasos, canteiros ou mesmo em floreiras. Caso o plantio seja feito diretamente no solo, o mais recomendável é que seja imediatamente após o inverno.

O solo para o cultivo de gerânio, inclusive, precisa conter terra de jardim e composto vegetal, pois somente assim a planta terá os nutrientes que precisa. Esse solo também precisa ter boa capacidade de drenagem, visto que o gerânio não gosta de terra excessivamente úmida.

Gerânio no Vaso
Gerânio no Vaso

E, por falar nesse assuntos, as regas precisam ser regulares. Nas estações do outono, e principalmente, do inverno, é preciso esperar a terra secar completamente para regar a planta de novo. Evite, inclusive, molhar as folhas e as flores do gerânio. O mais indicado é usar um pulverizador para manter o ambiente levemente úmido.

Com relação à adubação, faz-se necessário que esse processo seja feito com frequência para garantir que a planta tenha os compostos naturais  para o seu desenvolvimento e para a prevenção de pragas e doenças em geral. O ideal para ela são adubos químicos com baixo teor de azoto, e que podem ser encontrados com facilidade em qualquer loja de jardinagem por aí. Basta seguir as instruções, e aplicar o produto de tempos em tempos.

Prevenção À Pragas E Doenças

Cercosporiose em Gerânio
Cercosporiose em Gerânio

Assim como acontece com qualquer outra planta, o gerânio está suscetível a ser atacado por pragas e doenças de alguns tipos, e para evitar isso, alguns cuidados (além da adubação) se fazem necessários. Alguns dos problemas que podem acometer a planta nesse sentido são: gorgulho da raiz da videira, mosca do gerânio, pulgões, mosca branca, cochonilhas, nemátodos, botritis, Oidio, Alternariose, Antracnose e Pythium spp.

Ao perceber que as flores ou folhas estão com algum desses problemas (algo que pode ser facilmente verificado a olho nu, como manchas escuras, por exemplo), o indicado é usar medicamentos próprios para cada a espécie de gerânio que você possua, e que também podem ser comprados em lojas de jardinagem.

Terra que seja mal tratada ou simplesmente suja são alguns dos fatores que podem levar essa planta a adoecer ou a atrair essas pragas. Água de má qualidade ou mesmo excesso de umidade também são fatores que ajudam no aparecimento desses problemas. Cabe ficar atento a isso.

Dicas Finais

O gerânio é um tipo de planta que precisa ser cultivada a pleno sol e em vasos ou solos devidamente preparados, e que tenham um bom escoamento de água. O composto orgânico que pode compôr o solo pode ser esterco ou mesmo húmus de minhoca. O importante é que nunca sejam todos esses compostos juntos, pois poderá prejudicar o seu gerânio.

As regas precisam ser feitas umas 2 ou 3 vezes por semana, não mais do que isso. Vai depender do clima do sua região e do local específico onde a planta esteja (por exemplo: se o vaso onde ela está é de barro, e no local ainda venta bastante, é sinal de que ela irá desidratar mais rápido, e, portanto, precisa de algumas regas a mais).

Se o ambiente onde a planta estiver for bem iluminado, o seu gerânio irá florir praticamente o ano inteiro. Interessante ainda notar que na Europa ele não serve apenas para fins decorativos, sendo também a base de uma deliciosa geleia, muito semelhante a que é feita à base de rosas, além de ser usado para a fabricação de vinagres e cremes adstringentes.

Veja também

Como Usar a Canela Para Emagrecer?

A canela, assim como o cravo, noz-moscada, gengibre, açafrão, pimenta-do-reino, cúrcuma e outros, é considerada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *