Home / Plantas / Como Cuidar da Flor Maria-Sem-Vergonha, Fazer Mudas e Podar

Como Cuidar da Flor Maria-Sem-Vergonha, Fazer Mudas e Podar

As plantas podem ser muito variadas entre si, com aquelas mais voltadas para o paisagismo, por conta da sua beleza, e também com aquelas mais relacionadas à produção de remédios, por exemplo.

Assim, cada uma possui a sua função natural, sendo que, sem as culturas voltadas para a produção de chás medicinais, seria impossível que a medicina houvesse se desenvolvido tanto quanto aconteceu. Por outro lado, sem aquelas culturas ligadas à beleza e usadas para o paisagismo, não haveria a presença de jardins em todo o mundo e, assim, muitas vezes sequer as borboletas fariam grande questão de se aproximar para polinizar as flores.

Em todo caso, o certo é que há lugar para todos e, assim, os gostos de todos podem ser atendidos de maneira correta. Quando se fala na maria-sem-vergonha, por exemplo, o que se imagina são flores bonitas, vivas e coloridas.

Também conhecida como beijinho no mundo das flores, a maria-sem-vergonha é uma planta muito colorida, figurando entre aquelas mais chamativas de todo o Brasil. Porém, como nem só de coisas boas vive uma cultura de planta, em geral a maria-sem-vergonha pode ser bastante agressiva com as outras flores do jardim. Isso porque, para quem não gosta muito de cuidar do jardim com frequência, a maria-sem-vergonha pode se tornar um problema ao crescer em direção às outras plantas.

Isso acontece porque, apesar de ser uma espécie comum da África, a maria-sem-vergonha também se adaptou muito bem ao clima e ao solo do Brasil, sobretudo nas regiões Sudeste e nas partes litorâneas do país.

Dessa forma, é muito comum ver a maria-sem-vergonha se expandindo em direção a outras plantas, algo que pode ser até bonito em um primeiro momento, mas rapidamente obrigará o dono do jardim a tomar providências.

De qualquer forma, veja abaixo mais informações e detalhes sobre a maria-sem-vergonha, aprendendo a cuidar dessa planta, realizar a poda e a manter a maria-sem-vergonha apenas no limite do seu espaço.

Como Cuidar da Maria-Sem-Vergonha

A maria-sem-vergonha pode rapidamente deixar o vaso onde foi plantada para iniciar a sua expansão para a direção de outras culturas, vindo daí o nome popular da flor. Entretanto, para que a flor em questão possa se manter forte o bastante para chegar bem a essa fase da vida, é necessário que antes algumas medidas sejam tomadas. Assim, o mais indicado é que a maria-sem-vergonha seja criada sob árvores, aproveitando toa a sombra para se manter forte.

Além disso, a planta até gosta de umidade, mas apenas na medida certa, pois o excesso de água pode fazer com que a maria-sem-vergonha enfrente uma série de problemas.

Maria-Sem-Vergonha no Jardim
Maria-Sem-Vergonha no Jardim

É possível que a maria-sem-vergonha fique com os galhos fracos com o passar do tempo, mas saiba que isso é normal e, assim, esteja preparado para retirar os galhos fracos e, logo em seguida, mergulhar a parte da planta que foi quebrada em água. Só tire o galho da água quando já houver plantinhas nele, dando um sinal claro de que a maria-sem-vergonha já está pronta para crescer novamente.

Mais Cuidados Com a Maria-Sem-Vergonha

Um detalhe importante sobre a maria-sem-vergonha é que esse tipo de flor não se adapta muito bem às regiões mais frias do Brasil. Portanto, por mais que seja possível ver exemplares da maria-sem-vergonha em algumas regiões brasileiras um pouco mais frias, esse não é o normal. Típica da África, a maria-sem-vergonha prefere climas mais quentes e até mesmo relativamente secos.

Sobre as regas, é interessante notar que essa planta não é muito fã de água em excesso e, se o caule ficar preto ou começar a dar sinais de que pode apodrecer, pode ser interessante diminuir a frequência com a qual a planta é regada. Outra dica de ouro é realizar a adubação a cada 15 dias, o que faz com que a planta se torne ainda mais forte e vida.

Uma importante questão sobre a maria-sem-vergonha é que essa planta, ao contrário de muitas outras já típicas do Brasil, se dá muito bem com a matéria orgânica de qualidade e, na verdade, prefere crescer na presença de um bom adubo. Ter a planta em locais arejados é outra dica importante, mas nunca sob exposição direta ao sol.

Como Fazer Mudas de Maria-Sem-Vergonha

A maria-sem-vergonha é uma planta muito bela e, até mesmo por esse motivo, chama a atenção das pessoas. Assim, é muito comum que visitantes peçam mudas da flor para levar para casa, na tentativa de terem, também, um exemplar da maria-sem-vergonha. Embora nem sempre a planta consiga se desenvolver após a retirada da muda, há alguns passos para seguir no momento de retirar essa muda.

No caso, o primeiro passo é retirar com cuidado todas as plantas com raiz, colocando-as em vasos vazios ou em um jornal. Depois dessa fase, já será possível ir fazendo mudas e, se for o caso, separando para as pessoas que deseja presentear.

Já quanto ao plantio da muda, a terra escolhida deve ser bem adubada e ter boa drenagem, dois dos fatores principais quando se trata de desenvolvimento das plantas. É interessante deixar uma distância, de mais ou menos, 15 centímetros de uma muda para a outra.

Mudas de Maria-Sem-Vergonha
Mudas de Maria-Sem-Vergonha

Dessa maneira, será possível que as plantas sejam capazes de respirar de ter, cada uma, o seu espaço. Já o último passo é ter bastante paciência e cuidar da planta, analisando o solo para saber como anda o desenvolvimento da planta e entendendo as necessidades da planta após análises frequentes.

Onde Comprar a Maria-Sem-Vergonha

A maria-sem-vergonha pode ser comprada em qualquer loja virtual dedicada à venda de flores e plantas, mas também pode ser adquirida em sites como o Mercado Livre. Em todo caso, o mais importante é que, após comprar a cultura de maria-sem-vergonha, os passos sejam seguidos de maneira adequada para evitar problemas.

Apesar de não ser muito complicado cuidar da maria-sem-vergonha, sendo mais importante saber dosar a quantidade de água e ter adubo de boa qualidade, ainda assim é possível que aconteçam alguns problemas. Logo, estar atento aos pedidos da planta e aso seus detalhes é algo essencial.

Veja também

Como se Faz Saião com Leite? Para que Serve?

O saião (nome científico Kalanchoe brasiliensis) é uma planta medicinal que também pode ser conhecida …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *