Home / Plantas / Comer Mamão Todo Dia Faz Mal? De Noite? Em Jejum?

Comer Mamão Todo Dia Faz Mal? De Noite? Em Jejum?

Esse tema é até interessante pois todos pensamos que o consumo de frutas significa comprar frutas, cortá-las e colocá-las em nossas bocas. Não é tão simples. É importante realmente saber como e quando comer frutas. E isso vale não só para o mamão mas pra todas as frutas em sua estação. Qual é o melhor momento para comer frutas?

Comer Mamão de Noite? Em Jejum?

A fruta não é digerida da mesma maneira que os outros alimentos que comemos. Composto de 90 a 95% de água e 2 a 11% de frutose, não é digerido no estômago, pelo qual passa apenas rapidamente, mas no intestino delgado. Enquanto leva em média 3 horas para digerir proteínas e alimentos ricos em amido e 2 horas para vegetais, leva uma média de 20 a 30 minutos para digerir uma fruta. O mamão é digerido em menos de 15 minutos!

Você já ouviu pessoas reclamarem: “Toda vez que eu como melancias, quando eu como meu estômago incha, quando eu como uma banana eu quero correr no banheiro”, e assim por diante. Mas será que o problema aí são mesmo as frutas? A resposta é não!

Consumida no final da refeição, a fruta permanecerá “presa” no estômago por causa da ingestão de outros alimentos. Começará a fermentar, secretando glicose e álcool. E assim acaba contribuindo mesmo para a indigestão, inchaço, flatulência, bem como também hiperacidez do estômago.

Digamos que você coma duas fatias de pão e depois uma fatia de fruta. A fatia de fruta está pronta para passar direto pelo estômago nos intestinos, mas é impedida por outros alimentos de fazê-lo. Ao mesmo tempo, os alimentos se quebram juntos, fermentam e se transformam em ácido. Quando a fruta entra em contato com a comida no estômago e com os sucos digestivos, toda a massa de comida já começou a estragar.

Então quando comer a fruta, seja ela o mamão ou outra? Melhor a noite? Melhor em jejum? Qual o momento certo? Na verdade, não importa muito quando! O mais importante aqui é que coma enquanto seu estômago estiver vazio!

A Hora Certa de Consumir Frutas

Os frutos devem ser consumidos com o estômago vazio. Comer frutas desta forma desempenha um papel importante na desintoxicação do seu sistema, fornece-lhe muita energia para perda de peso e outras atividades da vida … Engana-se que pensa o contrário mas as frutas é que são o alimento mais importante para a saúde humana!

Idealmente, a melhor hora para comer uma fruta é entre as refeições, e até 1 hora antes da refeição ou pelo menos 4 horas depois. Você também pode comer uma fruta na parte da manhã para o café da manhã, mas espere pelo menos 15 ou 20 minutos antes de desfrutar de outros alimentos. E se quiser comer a noite, antes de dormir, também pode!

Frutas não fermentam como dizem ou atrapalham a digestão. Ao contrário, elas contribuem melhor para o trato digestivo e pra uma absorção mais saudável dos nutrientes para o corpo humano. Lembre-se porém que seu estômago não deve estar cheio com outros alimentos ao saborear essa fruta. Mesmo a noite, tem de certificar-se que seu estômago esteja vazio antes de consumir a fruta.

Precisamos parar com o mal hábito de encarar frutas como sobremesas, para consumir após as refeições. Aliás, o mal hábito de sobremesa após as refeições já é em si um péssimo negócio pra saúde humana. Quem inventou isso?

Sobremesa Após as Refeições?

Em muitos países realmente existe essa cultura da sobremesa, o desejo de terminar uma refeição (geralmente salgada) com uma nota doce, mesmo que não seja uma necessidade real, porque a sobremesa sinceramente é muitas vezes sinônimo de ganância. A sobremesa depois de uma refeição salgada é algo puramente cultural e um fenômeno da sociedade, não é de forma alguma uma necessidade fisiológica.

Se você ouvir o seu estômago, depois de ter terminado a sua refeição, provavelmente você não deve estar mais com fome mas, se estiver, você precisa aumentar suas porções durante a refeição. Não estamos dizendo que a nota doce da qual sentimos falta é um engano. Açúcar é sim uma necessidade pois nosso cérebro se alimenta principalmente de glicose, e os carboidratos são os principais combustíveis do nosso corpo.

Entenda que, quando nos referimos aos carboidratos, falamos precisamente dos carboidratos naturais e não o açúcar refinado incluído em muitas sobremesas processadas de hoje em dia. Então, significa isso que a sobremesa da qual precisamos após as refeições são mesmo as frutas? Claro que não! Não precisamos de sobremesa nenhuma, até porque essa reposição de açúcar da qual o corpo precisa não deve ser feita após as refeições.

Açúcares naturais incluídos em alimentos reais, incluindo frutas, são bons combustíveis para nós, mas assim que isolamos (frutose pura) ou quando comemos açúcar refinado (doces, pratos industriais) os problemas começam. Isso dá picos de insulina violenta que nosso corpo não é construído para manipular. A repetição regular dessas importantes picadas de insulina é considerada um fator desencadeante das chamadas doenças da civilização (obesidade, câncer, diabetes tipo 2, hipertensão arterial, etc.).

Então, por mais que o corpo precise mesmo do açúcar e seja um natural como os encontrados nas frutas, há também um melhor momento como cronobiologia para comer essa concentração de açúcar, e não é depois de uma refeição!

Mas sim três ou quatro horas após essas refeições, onde muitas vezes precisamos de um impulso para a energia. É este o momento correto, onde o nível de insulina estará naturalmente alto, permitindo um melhor manejo do adoçante ingerido.

Comer Mamão Todo Dia Faz Mal?

Creio que a pergunta já teve sua resposta, não é mesmo? É desnecessário dizer que comer em excesso é prejudicial, e isso vale não só para o mamão mas para qualquer fruta ou outro alimento que consumimos. Não vamos confundir aqui quantidade com regularidade.

Comer muito mamão em um dia só não será benéfico, mas comer a quantidade adequada do mamão todos os dias contribuirá para uma saúde de qualidade, assim também no caso de outras frutas. Veja os principais benefícios que algumas frutas podem proporcionar se consumidas na quantidade e momentos adequados:

– Mamão e goiaba: os defensores da vitamina C. Eles são os vencedores por seu alto teor de vitamina C. A goiaba também é rica em fibras, o que ajuda a prevenir a constipação. Mamão é rico em caroteno, bom para os olhos.

Mamão e Goiaba
Mamão e Goiaba

– Kiwi: diminuto, mas de imenso potencial e uma boa fonte de potássio, magnésio, vitamina E e fibras. Você precisaria de duas laranjas pra atingir a mesma quantidade de vitamina C de um único kiwi!

Kiwi
Kiwi

– Maçã: embora ela tenha um baixo teor de vitamina C, ela contém antioxidantes e flavonoides que aumentam a atividade da vitamina C, ajudando a reduzir o risco de câncer de cólon, ataque cardíaco e derrame cerebral.

Maçã
Maçã

– Morango: fruta protetora visto que têm o maior poder antioxidante entre os principais frutos e protegem o corpo contra as causas do câncer, a partir de radicais livres que podem entupir os vasos sanguíneos.

Morango
Morango

– Laranja: como duas ou quatro por dia e te ajudará a proteger-se contra resfriados, reduzir o colesterol, prevenir e dissolver pedras nos rins e reduzir o risco de câncer de cólon.

Laranja
Laranja

– Melancia: o refrescante mais refrescante da sede. Composto por 92% de água, também é equipado com uma dose generosa de glutationa, que ajuda a impulsionar nosso sistema imunológico. Também uma importante fonte de licopeno, um antioxidante que combate o câncer. A melancia também contém vitamina C e potássio.

Melancia
Melancia

Veja também

Germe de Trigo: O Que È? Para Que Serve? Faz Bem?

Durante anos, os grãos de trigo foram usados ​​principalmente para moer a farinha, em cujo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *