Home / Plantas / Cacto Figueira da Índia: Características, Como Cultivar e Fotos

Cacto Figueira da Índia: Características, Como Cultivar e Fotos

O cacto figueira da Índia é uma planta muito exuberante e de fácil cultivo.  A depender da região do Brasil ela pode ser conhecida por nomes bem diversos. Acompanhe nosso artigo e conheça as características e melhores formas de cultivo dessa árvore.

O cacto Figo da Índia possui o nome científico de Opuntia ficus-indica, mas também pode ser conhecido como nopal, piteira, figueira-do-inferno e barbaria. Possuem um fruto comestível que apresentam um delicioso sabor que se assemelha a frutas como a pera e o melão.

Por ser muito exuberante, é sempre muito utilizado em projetos de decoração e garante uma ambientação rústica e diferenciada. Como a maior parte dos cactos, possuem espinhos e são plantas que possuem um cultivo muito fácil. Além disso, adaptam-se muito facilmente em todos os tipos de climas sendo uma alternativa excelente para jardins e até mesmo ambiente interno.

Como Cultivar Cacto Figueira da Índia

Alguns cuidados são importantíssimos ao cultivar essa espécie de cacto. Entretanto, o vegetal é de fácil plantio e cultivo caso você obedeça a alguns pequenos passos.

O cacto figueira da Índia aprecia temperaturas altas e resiste muito bem aos climas secos e com escassez de chuva. A forma mais fácil de propagação do cacto figueira da Índia é por meio de mudas. Elas podem ser adquiridas em lojas especializadas em jardinagem e até mesmo pelo comércio pela internet.

Com a muda em mãos, prepare um buraco com uma profundidade de trinta centímetros observando também um bom espaço de largura. Não se esqueça de deixar o solo sempre rico em adubo para fazer com que a planta siga crescendo com saúde. O cacto figo da Índia é um vegetal que aprecia abundância de matéria orgânica.

Depois de separar esse espaço basta colocar a muda dentro da cavidade e completar com terra até chegar a superfície. Outro detalhe importante é que nesse primeiro momento é preciso proteger a planta de solos extremamente secos e privilegiar um local mais sombreado e sem a incidência de raios solares de forma direta.

Cuidados com o Cacto Figueira da Índia

Durante o período do plantio provisório é necessário que as raízes sejam protegidas. Assim, o cacto irá se desenvolver de forma mais rápida. A rega é um ponto que também deve ser observados com mais atenção nos primeiros dias, já que é indicado que a o solo fique sempre úmido. Mas atenção: evite deixar as raízes encharcadas, pois o excesso de água também pode prejudicar muito a planta.

Cacto Figueira da Índia

O período de duas semanas é suficiente para que a muda de cacto figo da Índia se desenvolva e possa ser transportada para outros locais. Depois desse período inicial, o cacto figo da Índia pode ser exposto ao sol com muita intensidade e os solos devem possuir drenagem adequadas, já que esse vegetal não necessita de muita água. Outra alternativa de propagação dessa planta é por meio das sementes que podem ser encontradas nos frutos.

Uso do Cacto Figueira da Índia

Essa espécie de cacto é muito versátil, pois pode de ser usada em decorações garantindo uma ambientação rústica e bonita. Mas você sabia que não é somente no paisagismo que o cacto da Índia é utilizado? Ele também pode ser para fins medicinais.

O vegetal possui propriedades que auxiliam no melhor funcionamento do intestino e é usado também para auxiliar no tratamento de inflamações. A planta é amplamente encontrada no México e por esse motivo bastante utilizada pela medicina popular desse país. Outro benefício que o cacto pode trazer é a estabilização da glicose no corpo humano.

Curiosidades Sobre os Cactos

Vamos conhecer um pouco mais sobre essa planta tão frequentemente encontrada no sertão brasileiro. Confira:

  • Existe registro de que o nome “cacto” foi usado há muitos anos antes do nascimento de Cristo. Foi na Grécia que a planta começou a ser associada com espinhos, o que muitas vezes é lembrando até os dias atuais.
  • Os cactos “guardam” água. Mas isso não é uma capacidade apenas dessa espécie, já que as suculentas também podem armazenam uma boa quantidade do líquido na sua estrutura. Uma pequena diferença entre as duas plantas é que apenas as suculentas possuem pequenas folhas.
  • Diversas espécies de cactos costumam florescer, entretanto, algumas delas só apresentam flores com mais de 70 anos de idade ou quando atingem mais de dois metros de altura. De forma geral, a floração aparece todos os anos, em uma mesma estação.
  • O figo da índia é um fruto muito apreciado e é proveniente de uma espécie de cacto.
  • São plantas que vivem por muitos anos e podem chegar a sobreviver por mais de cento e cinquenta anos. Existem espécies que não chegam a atingir dois centímetros, enquanto outras chegam a medir mais quinze metros.
  • Os cactos se desenvolvem muito bem em solos secos e pobre em nutrientes. Existem mais de 2 mil espécies de cacto no mundo. No nosso país podem ser encontradas mais de trezentos tipos da planta.
  • A reprodução dos cactos pode ser feita tanto por estacas, quanto pelas sementes dos frutos produzidos.

E você? Sabia que alguns cactos produzem frutos quem podem ser comestíveis? Essa planta é uma excelente opção para a sua casa, já que possuem um cultivo muito simples e garantem um charme a mais nas suas composições.  Lembre de compartilhar esse artigo nas suas redes sociais e acompanhe novos conteúdos sobre animais, plantas e natureza aqui no Mundo Ecologia. Até a próxima!

Veja também

Como Usar a Canela Para Emagrecer?

A canela, assim como o cravo, noz-moscada, gengibre, açafrão, pimenta-do-reino, cúrcuma e outros, é considerada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *