Home / Plantas / Bulbo da Cebola: Introdução, Como Plantar, Colheita e Desenvolvimento

Bulbo da Cebola: Introdução, Como Plantar, Colheita e Desenvolvimento

Certamente, você já deve ter usado muitas cebolas na hora do preparo de algum alimento, não é verdade? Mas, já parou pra pensar que é possível cultivar o bulbo da cebola, e ter essa planta à disposição sempre que quiser?

Vamos saber mais sobre isso a seguir.

O Bulbo da Cebola e suas Principais Características

Chamamos de bulbo o tipo de órgão vegetal de algumas plantas que são perenes, onde ele é justamente uma parte corresponde ao caule do vegetal. A forma do bulbo, geralmente, é discoidal, e é a partir dele que partem raízes e folhas modificadas, que acabam servindo como órgão de armazenamento de nutrientes (algo bem útil em épocas de escassez).

No caso da cebola, esse é o termo popular que usamos para denominar o bulbo da espécie de planta Allium cepa, que é formado por folhas escarniformes, em camadas (as famosas “pelezinhas” das quais vamos descascando uma cebola). Interessante que essa planta, quando jovem, e com o seu bulbo pouco desenvolvido e sem flor, tem outro nome, e que é bastante peculiar: cebolo.

Condições para o Plantio do Bulbo da Cebola

Para que você possa plantar o bulbo da cebola, alguns aspectos precisam ser levados em consideração. Um deles é o clima. A vantagem dessa planta é que ela pode ser cultivada em várias regiões de climas diferentes. No entanto, existe uma temperatura que é considerada ideal, e é entre 13 e 28°C.

Outro fator que interfere diretamente no cultivo do bulbo da cebola é a luminosidade do local. A preferência é que o plantio seja feito num lugar onde haja incidência regular do sol, nem que seja durante uma pequena parte do dia. Isso influi diretamente até no tamanho que os bulbos ficarão. Portanto, se for possível fazer o plantio em locais onde o dia dura mais, melhor ainda.

O solo também é mais um aspecto importante para esse cultivo em especial. A terra precisa ser um pouco ácida, mas não muito. Isso sem contar que ela precisa ser fértil, bem rica em material orgânico, e com uma drenagem adequada. Já, o pH precisa ser entre 5,5 e 6,6.

Não nos esqueçamos também da irrigação, pois o solo para o bulbo da cebola crescer bem, a terra precisa ser úmida. Ou seja, a irrigação precisa ser frequente, em especial, quando a planta está na fase de crescimento. Quando estiver nessa fase, inclusive, é necessário diminuir a irrigação, dando intervalos maiores entre um dia e outro. E, a partir do momento em que o momento da colheita estiver próximo, a irrigação deve ser suspensa.

Além de plantar a cebola através do seu bulbo, você também pode optar por cultivá-la através das sementes. Lembrando que se forem plantados bulbos, eles devem ser produzidos para essa finalidade, e se forem as sementes, é preciso usar, primeiro, sementeiras, para depois que as mudas crescerem o suficiente, serem transferidas para um local definitivo. Em se tratando das sementes, comumente, o transporte é feito entre 40 e 60 dias após o início do plantio.

Quanto à germinação, as semente brotam após cerca de 2 semanas. No caso dos bulbos plantados, é importante que as covas tenham entre 2 e 3 cm de profundidade, e que o espaço entre um e outro seja entre 25 e 45 cm. Já, as linhas de plantio precisam estar entre 10 e 15 cm.

Colheita do Bulbo da Cebola

Para que o bulbo da cebola se desenvolva bem, é necessário que outras plantas não invadam o seu espaço, e, se houver necessidade, que a retirada dessas “invasoras” seja feito com o maior cuidado possível. Muita atenção para o fato de que as folhas irão, em algum momento, começar a tombar. Isso não significa que esteja acontecendo algum problema com a sua plantação, e sim, que está chegando a hora da colheita.

Entre o cultivo propriamente dito e a hora de colher, o tempo pode variar de 85 até 300 dias. Tudo vai depender do tipo de cultivo, do lugar onde a plantação dói realizada, e da estação do ano. Inclusive, após a colheita, a cebola pode ser consumida imediatamente, sem nenhum problema. Nesse caso, no entanto, é preciso prestar atenção quando for arrancá-la do solo. E, pra isso, basta puxar os bulbos.

Isso sem contar que você também pode armazenar os bulbos da cebola por um período de até 6 meses. Claro, o que vai determinar o tempo de armazenamento também será o tipo de cultivo que foi feito anteriormente. Contudo, é preciso deixar claro que você só pode armazenar esses bulbos caso as folhas velhas fiquem secas, e a cor dos bulbos seja igual (ou próxima) à cor da época do cultivo. Pra poder observar isso, ao retirar a planta, certifique-se de que as folhas não se soltem.

Existe um período do qual também chamamos de “cura”, que é justamente quando a cebola vai perdendo o excesso de água. Logo após a colheita, é preciso que o bulbo da cebola passe por esse estágio, que deve durar entre 3 e 10 dias (a quantidade de tempo vai variar de acordo com o calor da região). O período estará completo quando a camada externa e as folhas estiverem secas por completo.

As cebolas, então, devem ser guardadas em locais secos e frescos. Para o armazenamento, tanto podem ser feitas tranças usando as folhas da própria cebola, quanto em caixotes (neste caso, o ideal, é colocar as folhas entre uma e outra, com o intuito de conservá-las melhor). É importante salientar, ainda, que o local onde os bulbos das cebolas serão guardados precisa ser bem ventilado.

Os Bulbos das Cebolas e suas Propriedades

Muitas plantas podem fazer um enorme bem à nossa saúde, e com as cebolas não é diferente.

Propriedades do Bulbo da Cebola
Propriedades do Bulbo da Cebola

Uma de suas propriedades, por exemplo, é ser antioxidante, formando radicais livres que aumentam a eficácia do seu sistema imunológico. Essa planta também pode ser bastante eficaz para melhorar a sua atividade cardiovascular, prevenindo infartos e derrames. E, isso sem contar também que a cebola age como um potente antiviral.

Ou seja, além não ser nem um pouco difícil de ser cultivado, o bulbo da cebola pode ser um grande aliado para a nossa saúde.

Veja também

Fraco de Óleo de Lavanda

Qual O Melhor Óleo Essencial De Lavanda?

O óleo essencial de lavanda tem sido uma das opções mais utilizadas para diversos tratamentos …

Um comentário

  1. ola
    obrigada pelas dicas
    gostaria de saber onde poderia comprar os bulbos da cebola

    obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *