Home / Plantas / Bardana Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre a Planta

Bardana Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre a Planta

A variedade da flora existente em nosso território com certeza é algo que conquista muitas pessoas, já que por meio dela podemos conhecer muitas outras espécies de plantas que até então não eram tão conhecidas assim, como é o caso da bardana.

A bardana é uma planta muito conhecida em nosso território, principalmente porque ela pode ser encontrada facilmente e também é típica de algumas regiões do Brasil, sendo que todos esses fatores fazem com que ela seja muito utilizada no dia a dia.

Bardana Lilás

 

Apesar disso, as pessoas conhecem a planta mas não sabem exatamente quais são as características mais importantes dela, e muito menos sabem curiosidades interessantes que podem ser contadas sobre ela, já que isso não é algo que as pessoas costumam estudar.

Pensando nisso, vamos falar agora um pouco mais sobre a bardana. Continue lendo o artigo para saber 4 curiosidades e fatos interessantes sobre essa planta que tem a tendência de se tornar uma das preferidas dos brasileiros!

Curiosidade 1: Os Benefícios

Com certeza aprender um pouco mais sobre os benefícios que o consumo de algo oferece é essencial para que a gente justamente queira consumir o que está sendo levado em consideração, já que dessa forma poderemos obter esses benefícios tão esperados.

No caso da bardana, os benefícios oferecidos são tantos que decidimos contar algumas curiosidades com relação a eles. Por isso, siga a nossa lista a seguir para saber quais sãos os benefícios que essa planta oferece!

  • Aumento da imunidade: a bardana é uma planta extremamente rica em vitamina C e E, e isso faz com que ela seja excelente para o aumento da imunidade, já que essas duas vitaminas agem diretamente em nosso sistema imunológico;
  • Prevenção da anemia: além de ser rica nas vitaminas que citamos anteriormente, podemos também dizer que a bardana é rica em ferro, o que faz com que ela seja excelente quando o assunto é a prevenção de problemas como a anemia;
  • Saúde bucal: por ser rica em vitamina D, a bardana é uma excelente opção para quem quer cuidar dos dentes de maneira mais profunda, tanto quando o assunto é clarear os dentes, quanto quando o assunto é fortalecer a dentição;
  • Cérebro: além de tudo isso, a bardana é rica em cobre, o que faz com que ela proteja plenamente a saúde do nosso cérebro.

Portanto, esses são alguns benefícios muito interessantes e curiosos que podemos citar com relação ao uso dessa planta tão conhecida. Viu como uma simples planta pode ser extremamente benéfica para quem a utiliza?

Curiosidade 2: Uso Medicinal

Faz parte de nossa herança indígena e, consequentemente de nossa cultura brasileira, o uso de plantas para fins medicinais, estéticos e até mesmo alimentares; já que as plantas podem ser encontradas facilmente em nosso território e também são muito baratas quando comparadas a outros tipos de tratamento.

No caso da bardana isso não seria diferente, já que essa é uma planta muito utilizada também na medicina popular para os mais diversos fins. Geralmente ela é utilizada em forma de chá quando o assunto é tratar algum problema de saúde, mas existem também óleos e remédios manipulados feitos com a planta.

Nesse caso, o chá de bardana pode ser usado para problemas de digestão, problemas com acne, cálculos biliares e muito mais, sendo que tudo irá depender da forma com que ele será utilizado e de qual a frequência do uso.

Portanto, essa é outra curiosidade muito interessante: a bardana pode sim ter efeito medicinal, tudo irá depender da forma com que você a utiliza no seu dia a dia. É importante também consultar um médico homeopata antes de fazer uso frequente da planta.

Curiosidade 3: Nome Científico

O nome científico com certeza é algo muito curioso com relação aos seres vivos, já que a grande maioria das pessoas não gosta de aprender por meio do nome científico porque o considera algo difícil ou muito complexo, o que com certeza não é verdade.

A verdade é que o nome científico foi feito pela ciência justamente para universalizar a linguagem, já que por meio dele os nomes não se alteram de acordo com o idioma e nem com a cultura, o que é exatamente o que ocorre com o nome popular.

Dessa forma, saber o nome científico dos seres vivos pode ser essencial para que você entenda um pouco mais sobre as suas características, já que o nome científico sempre indica o gênero e a espécie do ser, e por meio dessas informações você pode descobrir muitas outras informações importantes.

No caso da bardana, pode-se dizer que o seu nome científico é Arctium lappa, o que significa, de acordo com o que falamos anteriormente, que o seu gênero é o Arctium e a sua espécie é a lappa, e isso já diz muita coisa sobre essa planta, já que ao pesquisar esses dois termos você encontrará muitas informações.

Portanto, agora você já sabe qual é o nome científico da bardana e com certeza também entende qual é a utilidade que ele possui para a ciência, além de ser útil até mesmo para nós.

Curiosidade 4: Bardana na História

Engana-se quem pensa que a bardana é uma planta de uso recente, pois isso realmente não é verdade de forma alguma. Isso porque a bardana já foi muito utilizada ao longo de toda a história, e isso é algo extremamente interessante de sabermos.

A verdade é que existem relatos de uso da bardana principalmente na Grécia Antiga e na Idade Média, onde ela utilizada como um remédio em ambos os casos, o que mostra que o seu poder medicinal não é atual e já foi descoberto há muito tempo por outros povos.

Portanto, essa com certeza é uma planta extremamente interessante de se utilizar no dia a dia e que oferece benefícios há séculos para as pessoas!

Quer saber mais informações sobre outras espécies de seres vivos? Sem problemas, aqui sempre temos os melhores artigos para você! Por isso, leia também aqui mesmo em nosso site: Reprodução Do Coala: Filhotes E Período De Gestação.

Veja também

Como Fazer Mudas de Hibisco por Estaquia?

As plantas e flores têm diversos usos possíveis na civilização mundial, havendo diferentes formas de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *