Home / Plantas / Bananeira de Jardim Amarela

Bananeira de Jardim Amarela

A bananeira de jardim amarela produz folhas largas, de cor verde amarelado a verde-azulado pálido, parecidas com bananas e pequenas flores amarelo-claras em forma de funil com pequenas manchas avermelhadas no interior. Facilmente cultivada em qualquer solo rico, levemente úmido, rico em húmus em um local ensolarado no verão. Durante o inverno, mantenha os rizomas dormentes mais secos a um mínimo de 10 ° C. Canna indica var. flava é o nome científico da nossa planta, tema desse artigo.

Dados Científicos da Espécie

A bananeira de jardim é uma espécie canna indica da família canaceae, nativa da América tropical e subtropical. Podem ser encontradas nos Estados Unidos (em estados como Louisiana, Carolina do Sul e Texas), México, Belize, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá, Cuba, República Dominicana, Haiti. Jamaica, Porto Rico, Trinidad, Pequenas Antilhas, Guiana Francesa, Guiana, Suriname, Bolívia, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru, Paraguai, Uruguai, Argentina e, claro, aqui no Brasil. O nome do gênero vem do latim “canna” = junco, junco; o nome da espécie “indica” = da Índia, com referência ao local de origem da espécie. Mas não a Índia oriental que conhecemos mas sim aqui, nas Américas. Lembre-se que o continente americano era conhecido como Índias Ocidentais, antigamente.

Erva rizomatosa perene com um caule que varia entre um metro e meio a até dois metros, com revestimento foliar sinuoso de cor verde ou púrpura, folhas ovais-oblongas dispostas em espiral, em um pecíolo curto, longo até cerca de 60 centímetros e 20 centímetros de largura, verde no lado superior, verde ou roxo no inferior.

A inflorescência é ereta, racemosa, com brácteas roxas pálidas e várias flores com corolas formadas por três pétalas eretas, lanceoladas, geralmente de cor vermelha a laranja e amarela, longas entre quatro ou cinco centímetros, unidas na base a 2 ou 3 estaminoides (isto é, estames em forma de pétala modificados) eretos, com seis ou sete centímetros de comprimento, de cor vermelho a amarelo alaranjado, e a um labelo amarelo avermelhado pontilhado de vermelho. Os frutos são cápsulas trivalvulares ovais, longas, variáveis entre 14 a 20 milímetros, contendo sementes globosas, entre cinco a sete milímetros de diâmetro, preto ou marrom escuro. A espécie reproduz facilmente por divisão, mas também por semente.

A planta canna indica foi introduzida na Europa durante o segundo semestre de 1500 e rapidamente se espalhou também na África e na Ásia. Além de ser cultivada como planta ornamental, mesmo que para esse efeito tenha sido substituída por seus numerosos híbridos e variedades com enormes inflorescências vistosas, seus rizomas tiveram nos tempos antigos grande importância na alimentação humana e animal e ainda hoje em algumas zonas tropicais e subtropicais, os rizomas, ricos em amido altamente digerível, são consumidos cozidos no forno ou grelhados, enquanto a farinha é empregada na confeitaria. Os rizomas também são variadamente utilizados na medicina tradicional, enquanto eles obtêm colares e rosários com as sementes muito duras.

Conhecendo a Bananeira de Jardim Amarela

Também conhecidas como bananeirinha de jardim, biri, beri ou cana da índia, a canna indica var. flava são plantas tropicais que crescem no norte e sul da América, Ásia e África. Suas formas atuais foram obtidas de canna indica, canna glauca, etc. No lugar onde a temperatura do inverno cai abaixo de 10ºC a canna indica var. flava (vamos, de agora em diante nos referir a ela apenas como biri beri, combinado?) são cultivadas como uma planta de cultivo anual. Em qualquer época ou região de clima mais tropical a biri beri é uma planta perene.

Cannas contêm rizoma curto e espesso, de onde saem folhas que crescem 90 centímetros ou até mais de dois metros, dependendo da variedade individual da espécie. As flores são grandes, assimétricas, recolhidas bem próximo ao topo de brotos grossos. Biri beri florescem durante todo o verão até o meado de outubro. Eles crescem bem e se multiplicam bem na maioria dos lugares do mundo, apesar de serem plantas de lugares tropicais.

Canna Biri Beri
Canna Biri Beri

A biri beri têm grandes valores decorativos, pois sua espécie canna indica tem várias formas e cores extravagantes que vão desde o amarelo até o laranja, vermelho escuro e algumas outras. Elas realmente nos lembram de bananeiras em miniatura, então trazem um valor exótico à arquitetura do jardim. Além de flores muito decorativas, a espécie canna indica também têm folhas decorativas em diferentes tons de verde, vermelho e marrom e também podem ser multicoloridos e listrados.

Dicas de Cultivo

As biri beri necessitam de solo profundamente cultivado, rico em componentes nutricionais com ph entre 6,5 e 7,5. Elas crescem melhor no Sol. Amam a luz solar, exigindo um mínimo de 6 horas por dia. Grandes folhas de biri beri não são resistentes ao vento e podem ser danificadas por ele. As biri beri podem ser cultivadas em grandes vasos ou bacias colocadas em pátios, terraços ou em reservatório de água. É uma visão magnífica quando elas florescem em grandes grupos.

Para o plantio, as sementes devem ser colocadas no solo entre 5 ou 7 centímetros abaixo da superfície, respeitando um espaçamento entre 30 a 45 centimetros de uma plantação a outra, ou mais espaço. Plante as sementes no sentido longitudinal, deitadas. Elas não têm partes inferior ou superior, então não há possibilidade de cometer erros. As biri beri devem ser plantadas em solo a partir de abril e até meados de maio.

Para obter grandes bulbos saudáveis e belas flores no futuro, a planta deve crescer no solo por no mínimo seis meses, mas os melhores resultados podem ser esperados dentro de 8 a 10 meses. Em lugares onde o clima não permite cultivar essas plantas no solo por tanto tempo, elas devem ser plantadas em vasos e transferidas para o solo quando não houver risco de geada.

Biri beri são plantas muito exigentes e precisam de muito nitrogênio. A primeira fertilização deve ser feita durante o plantio de bulbos e a próxima durante o crescimento intensivo, que geralmente ocorre entre junho até agosto. As biri beri que crescem em vasos devem ser regados uma vez ou duas vezes por dia, dependendo da temperatura do ambiente. Já aquelas que forem plantadas no jardim devem regar 2 ou 3 vezes por semana, especialmente em torno das raízes. Nutri seu cultivo com multi-componentes ricos em mais potássio e fósforo, mas menos em nitrogênio, também é uma boa idéia. Manter uma fina camada de cobertura ao redor das plantas para ajudar a reter a umidade também é legal.

Cuidados Adicionais e Colheita

Depois que o caule da flor estiver morto várias vezes e não estiver mais produzindo flores, corte o caule da flor e qualquer folhagem presa no chão, pois isso pode ajudar as canhas próximas a obter mais luz e florescerem. Lesmas, caracóis, ácaros e lagartas podem ser problemas. Ferrugem , mancha fúngica e ferrugem bacteriana são comuns. O mosaico amarelo do feijoeiro e o vírus da murcha manchado do tomate podem ocorrer.

Evite agrotóxicos. Pesquise combatentes orgânicos em sua região para essas pragas. No início da primavera, tipicamente depois que as tulipas floresceram, divida as raízes. Certifique-se de que cada parte dividida tenha pelo menos um nó, que é onde novas folhas vão crescer nas próximas temporadas. Em seguida, plantar seguindo as sugestões de plantio já mencionadas acima no artigo. Elas vão florescer em 10 a 12 semanas.

O Cuidado com as Plantas e as Temperaturas
O Cuidado com as Plantas e as Temperaturas

O tempo frio tende a escurecer a folhagem. Se isso ocorrer, retire os caules e folhas. Procure estar atento ao período de inverno de sua região. Cannas são resistentes ao inverno nas zonas acima de 10ºC. Caso contrário, você precisa levantar os rizomas para armazenamento no inverno. Armazene em turfa ou molde de folha pouco úmido em condições de temperaturas mais amenas. Respeite a necessidade de espaço entre as plantas.

Guarde as plantas durante o inverno em um local seco, com temperatura média entre 12 e 18ºC, tipo um sótão ou porão. Não os deixe secar; polvilhe a areia ou o solo ao redor deles, se necessário. Se você precisar transplantar sua biri beri, faça isso após o inverno. Comece a escavar no enterno, trinta centímetros de distância do caule para que o rizoma, as raízes, não sejam danificadas. Solte o solo e levante o aglomerado. Sacuda a sujeira e corte os topos.

Bananeiras de Jardim Coloridas
Bananeiras de Jardim Coloridas

As bananeiras de jardim amarela ficam abaixo dos três metros de altura e são fáceis de encaixar em nossos jardins modernos reduzidos. Muitos jardineiros adoram as espetaculares variedades tolerantes à seca, que atingem alturas superiores a um metro e meio.

Veja também

Flor de Pessegueiro: Época de Florada, Características e Fotos

O Brasil é um país com uma grande variedade de espécies quando nos referimos à …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *