Home / Plantas / Bambu Imperial: Como Cultivar, Características e Fotos

Bambu Imperial: Como Cultivar, Características e Fotos

Os bambus são muito comuns no Brasil. É provável que você já tenha visto algum, e quando são encontrados, dificilmente estão só. Uma das características mais marcantes sobre os bambus é sua rápida propagação. Muitos os consideram até arvores-pragas, por seu rápido crescimento. São considerados invasores. Existem diversas espécies diferentes de bambus, assim como todos os tipos de árvores.

Apesar de algumas diferenças em tamanho, espessura, cor e resistência, as características em relação a crescimento e propagação são iguais em todas as espécies. Vamos aprender mais sobre os bambus e sobre uma das espécies mais conhecidas dessa árvore.

Bambu Imperial: Características

Os bambus são muito utilizados como cerca viva. As cercas vivas não são muito comuns em grandes cidades e metrópoles, porem são muito comuns em áreas mais rurais. Trata-se de um caminho feito com algum tipo de árvore, que formam uma barreira impossibilitando a passagem. As cercas vivas servem para demarcação de grandes terrenos, chácaras, fazendas, e em lugares menos perigosos pode servir de muro. Esse tipo de cerca não é muito viável na cidade pois apesar de formar uma barreira, é fácil simplesmente ultrapassar.

A utilização dos bambus como cerca viva se dá por que um dos aspectos mais conhecidos sobre os bambus é sua rápida propagação. Se um dia você plantar um único bambu, facilmente crescerão muitos junto com ele. E caso queira por algum motivo acabar com essa plantação, você terá muito trabalho até acabar com seu crescimento, ressurgimento e formação de novas raízes.

Bambu Imperial Características

O bambu Imperial é um dos mais conhecidos e mais comuns. Eles podem chegar a mais de 15 varas por metro quadrado. Sua altura pode atingir 15 metros. Seu nome científico é bambusa vulgaris vittata. Se você conhece essa espécie, já identificou o nome pois é parecido com a espécie Bambu Gigante Verde. Praticamente, essas duas espécies são iguais em altura, cultivo e características. A única diferença entre os dois é a cor predominante. O Bambu Imperial tem coloração amarela e o Bambu Gigante Verde tem coloração esverdeada.

O bambu imperial não é nativo do Brasil, apesar de muito comum e apesar de ter chegado há muito tempo. Há relatos de que algumas espécies vieram da Malásia, outras do continente africano.

Bambu Imperial: Cultivo e Informações

Antes de simplesmente plantar o bambu, é necessário saber que essa arvore precisa de condições especificas. Não somente o bambu, mas todas as árvores precisam de condições corretas para seu crescimento e desenvolvimento. Portanto, vamos citar alguns conselhos para serem seguidos na hora de plantar os bambus e utiliza-los como cercas vivas.

  • Calcule o espaço: A primeira coisa a se fazer é medir o espaço que precisa ser cercado. Essa medição pode ser feita a partir de uma planta do terreno, e caso não tenha, é possível ver o espaço e medir através do aplicativo Google Earth.
  • Reserve um espaço de meio metro para a ocupação e propagação os bambus. É preciso que esse espaço fique livre. Assim que tudo estiver bem medido e reservado, plante uma muda de bambu para cada 3 metros de distância. Pode parecer muito longe mas lembre-se que eles crescerão muito rápido.
  • Para o plantio: Para que dê tudo certo, é necessário que as mudas sejam plantadas a 40 centímetros de profundidade. Abra covas desse tamanho, insira a muda e coloque o adubo que vamos indicar abaixo.
  • Adubo: A adubação indicada para a plantação dos bambus é o NPK 60g. Ele deve ser uniformemente misturado com o substrato. Porém a preparação do solo deve ser feita entre 3 e 4 dias antes da aplicação das mudas. Caso sejam colocados no mesmo dia o adubo pode estragar as raízes.
  • Nos primeiros meses, é necessário monitorar a rega e adubação. Além disso é preciso retirar as ervas daninhas e pragas que fiquem por perto. Depois disso, os bambus crescerão por conta própria e se tornarão fortes e resistentes.

Bambu Imperial: Raízes

Caso a cerca esteja invadindo lugares que não deviam, ou caso esteja com problemas de invasão de bambus, é possível que tenha tentado retirar os bambus sem sucesso. Isso porque toda a resistência e propagação do bambu tem origem em suas raízes. Vamos explicar como elas funcionam e como se deve fazer para retirar um bambu de seu lugar.

As raízes dos bambus são muito fortes, elas se entrelaçam debaixo do solo, formando uma estrutura muito difícil de ser destruída. Desse modo, os bambus aparecem fora da terra em varas separadas, porém, debaixo do solo eles são praticamente um só. As raízes dos bambus são ligadas por rizomas, contendo os mesmos nutrientes das raízes. Os rizomas são massas que se parecem com legumes. Para visualizar melhor, imagine um gengibre, é assim que os rizomas se parecem.

Toda essa estrutura faz com que as arvores sejam fortes, bem nutridas e resistentes a diversas condições. É o que torna os bambus imunes a chuvas, rajadas de ventos, sol escaldante e geadas.

Bambu: Como Tirar

Para retirar um bambu de seu lugar é necessário um intenso trabalho. Primeiramente, o tronco deve ser cortado. E rapidamente novos bambus começarão a crescer. Enquanto estiverem em fase de crescimento deve ser aplicado herbicidas próprio para matar bambus.

Fique atento, pois alguns herbicidas podem ser tóxicos demais, atacando plantas que não deveriam ser atacadas, estragando o solo ou até atingindo lençóis freáticos, fontes etc. Portanto, certifique-se de que a única arvore que morrerá será o bambu.

Depois que o herbicida for aplicado, aguarde até que a raiz morra. Se for necessário, cave para verificar como estão as raízes e rizomas. Retire do solo as que já estiverem mortas.

Bambu Verde

Provavelmente, esse processo deverá ser feito mais vezes. Pois alguns bambus e estruturas de raízes simplesmente resistem a diversos venenos.

Existem métodos que não utilizam venenos, porém exige mais paciência considerando que as raízes podem continuar a crescerem por meses até que sejam completamente removidas. No geral, o processo todo, seja braçal ou seja com o auxilio de herbicidas, deve levar 3 meses. Mesmo que seja muito tempo é um processo que dá certo e é possível de realizar.

Veja também

Frutas que Começam com a Letra H: Nome e Características

As frutas são alimentos extremamente populares. Variam entre os sabores adocicado, cítrico, travoso e amargo. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *