Home / Plantas / Atividades Sobre Preservação do Solo

Atividades Sobre Preservação do Solo

Quando um solo não está recebendo a quantidade suficiente de nutrientes, ele acaba se tornando ineficaz para qualquer semente que for plantada. Suas propriedades naturais acabam se desfazendo com o tempo e, com isso, ele pode se tornar infértil!

Devido a mudanças de temperatura bruscas, condições climáticas mudando a todo o momento e aliadas ao desmatamento, só pioram a situação dos solos. O chão acaba ficando esgotado, sem ter nenhum vigor para permanecer firme.

Quando a camada mais superficial se deteriora, as plantas são as maiores prejudicadas: Sem um solo rico em vitaminas, elas acabam perdendo o brilho, murchando, ou até pior, morrendo.

Por mais que isso seja preocupante e que, muitas das vezes, não está sobre o nosso controle qual será o ambiente que o solo irá enfrentar, isso não quer dizer que estamos coagidos e reféns do tempo. Há muitos meios de preservá-lo e mantê-lo saudável, mesmo com todas as dificuldades enfrentadas.

Você quer saber como o seu solo pode ficar protegido? Continue com a leitura deste artigo e descubra!

Contenha o Solo Superficial de Alguma Maneira

O que isso quer dizer?

Bem, resumindo, o que deve ser feito é preencher os buracos que há no solo. Você pode fazer isso plantando novas árvores, flores ou qualquer outro tipo de planta que quiser. O que importa é não deixar espaços vazios.

Feito isso, a água proveniente das chuvas e escoamentos não encharcarão o solo tão facilmente. Como a raiz das plantas necessita de água, qualquer líquido que cair na terra será aproveitado por ela.

Além disso, as pisadas humanas acontecerão com menos frequência (porque ninguém irá pisar em uma árvore ou flor, não é mesmo?).

Outro fator predominante para que o solo fique mais vivo, é sempre ter plantas com raízes profundas. Quanto mais funda ela for, maior é a absorção de nutrientes do interior para a superfície. E, como as vitaminas são trazidas para a camada mais superficial, ela fica mais firme, dificultando sua erosão.

Plantas Que Podem Realizar Essa Função:

  • Trevos;
    Trevos
    Trevos
  • Cevada;
    Cevada
    Cevada
  • Centeio;
    Centeio
    Centeio
  • Rabanete.
    Rabanete
    Rabanete

Todas elas possuem uma firmeza capaz de “ancorar” o solo.

Se o Campo For a Céu Aberto, Faça o Cultivo de Plantas que Quebram as Correntes de Ar

Caso o lugar onde você for plantar é uma área extensa, uma ótima opção é fazer o cultivo das plantas conhecidas como quebra-ventos. Essa é uma técnica de jardinagem muito comum, executada por paisagistas. Sua principal função é combater a erosão.

Solo Para Plantar
Solo Para Plantar

Plantar uma fileira de árvores que faz esse tipo de trabalho é uma ajuda e tanto para a terra. O que acontece é que essas árvores impedem o vento de levantar o solo com intensidade. Assim, é menos provável que a camada mais superficial seja corroída.

Para que haja um efeito excelente, os arbustos e plantas devem ser plantados próximos uns dos outros. Com isso, não haverá espaço para as correntes de ar penetrar e fazer com que a terra se erga.

Se desejar utilizar a técnica quebra-ventos, opte por plantas com uma folhagem mais espessa.

Faça o Possível Para não Compactar o Solo

Procure no campo áreas em que o solo ainda esteja duro e sem nenhuma vegetação por cima. Plante grama sobre este local. Agora, daqui em diante, regue e faça toda a manutenção necessária para que vire uma terra boa.

Se, por um acaso, você não fizer isso, as camadas da área compactada irão ficar ainda mais profundas. Algum tempo depois, essa parte irá se expandir e tornará o solo infértil.

Solo Infértil
Solo Infértil

Além disso, a compactação faz com que o arejamento da terra seja mais difícil, agravando o quadro de esterilidade.

Se o seu campo possui áreas compactadas, não faça o mesmo caminho quando estiver passando dentro dele. Suas pisaduras podem prejudicar ainda mais o solo. Portanto, sempre que possível, faça trilhas variadas, para diminuir o peso que a terra está recebendo.

Faça Canais para Drenar a Água que o Seu Jardim Recebe

Essa dica é fundamental, principalmente para aqueles que moram perto de encostas ou locais onde a água se acumula. Crie canais para que o escoamento aconteça.

Da mesma maneira que as calhas beneficiam o telhado, os canais ajudam os jardins. O volume e a força com que as águas caem podem afogar as plantas. Por este motivo é necessário que você cuide da quantidade de água que ela está recebendo!

Um método muito conhecido, chamado dreno francês, é o ideal para a maioria dos casos. Ele pode ser feito com canos PVC, encontrados em qualquer loja de equipamentos. Caso não tenha noção de como realizar a montagem, existem vários vídeos ensinando. Obviamente, também existe a ajuda profissional (que sempre é a mais indicada).

Instale uma Cisterna Para Captar a Água da Chuva

As águas pluviais podem ser uma bênção para aqueles que sabem aproveitar, mas uma maldição para quem não sabe lidar com ela. As cisternas são uma boa opção para aqueles que ainda estão lutando contra essa forte manifestação da natureza.

O que você pode fazer é abrir um buraco na terra e colocar uma espécie de barril lá dentro. Com isso, em vez das águas se acumularem no solo e o deixarem encharcados, ela estará caindo dentro deste utensílio. O bom é que esta água pode ser reaproveitada, até mesmo para regar as plantas.

Consulte um Especialista, Caso o Seu Solo Esteja Precisando de Ajuda

E se, mesmo com todas as dicas que foram dadas, o seu solo não foi recuperado, não se preocupe. Em muitos casos, o que aconteceu não é grave o suficiente para tornar a terra infértil. Porém, só um profissional poderá auxiliá-lo a restaurar.

Ele fará exames cuidadosos do solo do seu jardim, e verificará qual é a melhor medida que deve ser tomada. Assim como cada corpo reage de uma maneira aos medicamentos, o mesmo acontece com os solos. Só alguém capacitado pode ajudar os casos mais complexos.

E, para melhorar ainda mais, os preços não costumam ser caros. Inclusive, há órgãos de prontidão esperando para auxiliá-lo! Muitas ONGs ligadas ao meio ambiente estão aliadas a universidades e fazendas que realizam este serviço por um preço muito baixo.

Veja também

Polpa de Jamelão: Para Que Serve? Como Aproveitar?

Trata-se um fruto pequeno. Possui tamanho arredondado, semelhante a uma azeitona. A fruta apresenta uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *