Home / Plantas / Amendoeira: Raiz, Tempo de Crescimento, Significado e Imagens

Amendoeira: Raiz, Tempo de Crescimento, Significado e Imagens

A amendoeira (Prunus dulcis ou Amygdalus communis) é uma árvore frutífera decídua. Se mostra típica de áreas temperadas ou quentes, devido à sua baixa tolerância ao frio.

O solo ideal para plantar uma amendoeira é um solo arenoso e solto, com boa drenagem e que não oprime suas raízes. Pertence à família Rosaceae, uma das espécies mais evoluídas e numerosas. É cultivada principalmente por causa das amêndoas, embora seja necessário tomar cuidado para diferenciar amêndoas doces e amargas, que são tóxicas para uso farmacológico.

Essa árvore é muito curiosa? Quer descobrir mais detalhes à respeito dela? Basta ler o artigo até o fim!

Amendoeira
Amendoeira

Um Pouco Sobre a Amendoeira

É muito interessante o florescimento precoce da amendoeira e o fato de que o fruto não é colhido até 9 meses depois do início dessa floração. É, portanto, um longo processo de maturação característico desta árvore.

Existem variedades de amendoeiras com floração tardia que os horticultores usam em áreas propensas a receber geadas. Além disso, é importante realizar o cultivo na encosta ou terrenos ensolarados que permitem a proliferação da atividade das abelhas.

A amendoeira é nativa do oeste da Ásia e nordeste da África, onde é cultivada de forma selvagem. Esta é uma árvore que se adapta bem a terrenos leves, secos e pedregosos, preferindo calcários.

Vive em zonas temperadas, com verões quentes e secos e invernos amenos com geadas escassas. Pelo contrário, é difícil para ela sobreviver em solos úmidos, impermeáveis ​​e em ambientes frios. Isso impede seu crescimento e pode causar a morte.

História e Significado Da Árvore

A amendoeira começou a ser cultivada na Pérsia, Síria e Palestina. Nas lendas da Bíblia, o patriarca Abraão usou paus de amêndoa para construir canetas onde fechou seus numerosos rebanhos. A famosa bengala de Aaron era um galho da árvore.

Na Bíblia, a amendoeira simboliza vigilância e bons frutos, por isso aparece entre os selecionados por Arão e está presente no Paraíso Terrestre. Por esse motivo, ela geralmente rodeia as pinturas de Jesus, o filho (fruto da Virgem), ou sua mãe.

Os gregos eram os difusores desta espécie vegetal em todo o Mediterrâneo. No final do século XVIII, missionários franciscanos plantaram amendoeiras na região californiana de San Diego.

Descrição da Amendoeira

A amendoeira é uma árvore de folha caduca da família Rosaceae que pode atingir até 10 metros de altura. Seu tronco é liso e esverdeado em sua fase jovem, mas torna-se rachado e acinzentado em sua fase adulta. Floresce entre os meses de janeiro a abril e dá frutos entre os meses de agosto a outubro.

As folhas de amêndoa são alongadas, estreitas e com bordas irregulares.

Amendoeira da Praia
Amendoeira da Praia

Órgãos Vegetativos

  • Raiz – A amendoeira possui uma raiz axonomórfica com um eixo principal mais desenvolvido que o lateral. O sistema é radial, pouco ramificado, bem preso ao solo e amarelo-acinzentado quando jovem;
  • Tronco – O caule é lenhoso, onde diferentes ramos divergentes emergem do tronco principal. É verde e marrom quando jovem, escamoso e cinza na árvore adulta;
  • Folha – Suas folhas são simples, lanceoladas, com base atenuada, ápice acumulado. Portanto, são marcadamente pontudas e com margens ligeiramente serrilhadas. Elas têm uma cor verde intensa.

Órgãos Reprodutivos

A amendoeira em flor pode aparecer sozinha ou em grupos de 2 a 4. Possui cinco pétalas cuja cor varia entre tons rosa e esbranquiçado. As frutas, amêndoas, têm um tamanho de até 6 cm de comprimento e têm o formato de uma drupa.

Essa é uma árvore significativamente sensível a certas condições climáticas, mas muito resistente a outras. Você só precisa escolher a variedade de amêndoas mais adequada às características climáticas da sua região.

Tipo de Flor

As flores de amêndoa são hermafroditas e monóicas, pois possuem androceus e gineceus na mesma flor e os dois sexos coincidem no mesmo indivíduo. Sua inflorescência é racemosa e em forma de uva, ou seja, flores pediceladas são dispostas ao longo de um eixo.

São flores que apresentam as peças homólogas, no mesmo nível do eixo floral, com dois planos de simetria. Tem também um cálice e a corola bem diferenciados. Portanto, são flores actinomórficas e heteroclamidas cíclicas.

Elas têm um perianto bastante desenvolvido que consiste no cálice e na corola. O cálice é formado por cinco sépalas avermelhadas; a corola tem as cinco pétalas livres iguais uma à outra, dispostas simetricamente com muita regularidade, branco ou rosa pálido. A flor inteira está localizada em torno de um receptáculo côncavo e aberto chamado hipanto.

Androceu é formado pelo conjunto de órgãos masculinos da flor chamados estames. Estes são formados por um filamento e uma antera que é constituída por duas tecas. Em cada teca, podemos encontrar dois sacos de pólen onde estão os grãos.

Flor de Amendoeira
Flor de Amendoeira

Nas flores da amendoeira, o número de estames é alto, entre 15 e 30, dispostos em vários grupos. Elas estão localizadas irregularmente em frente às pétalas e sépalas e não se projetam em relação à corola. O processo de abertura das anteras é feito por uma fenda ao longo de cada teca, um processo chamado deiscência longitudinal.

O gineceu é o aparato sexual feminino da flor e é formado, neste caso, por um único carpelo livre localizado dentro do hipocampo. Dentro disso, encontramos uma cavidade fechada chamada ovário, localizada acima do restante das peças florais. Portanto, a flor da amendoeira é monocarpelar.

Reprodução e Variedades

Como citado, esta espécie é monóica, ou seja, possui flores masculinas e femininas na mesma planta. O problema é que a maioria das amendoeiras não é compatível entre si (elas são auto-estéreis). Assim, é importante que haja outras árvores próximas para que a polinização e a fertilização sejam alcançadas e, assim, os frutos se desenvolvam.

A polinização natural é favorecida pela ação de abelhas e outros insetos. Cerca de 7 ou 8 meses após a floração, os frutos amadurecem. Geralmente estes crescem nos ramos laterais. As amendoeiras cultivadas levam cerca de 3 ou 4 anos para produzir frutos e seu melhor período de produção geralmente é de 6 a 7 anos.

Existem 2 variedades principais da amendoeira. Uma tem amêndoas doces (Prunus dulcis variedade dulcis) e outra tem amêndoas amargas (Prunus dulcis variedade amara). A primeira é preferida por seu sabor agradável e usos múltiplos. A variedade amarga é, como você pode imaginar, de sabor amargo e efeitos ruins se o cianeto contido não for removido antes de consumi-lo.

Veja também

Como Plantar Vinca em Vaso em Casa?

A vinca-de-madagascar ou simplesmente vinca (nome científico Caranthus roseus) é um vegetal de fácil propagação, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *