Home / Plantas / Amendoeira-da-Praia: Benefícios, Comprar, Fruto e Fotos

Amendoeira-da-Praia: Benefícios, Comprar, Fruto e Fotos

Uma árvore grande e que traz muita sombra: essa é a amendoeira da praia. Esse é um vegetal que se adapta muito bem ao nosso clima tropical e pode ser cultivada de uma forma muito simples. Certamente você deve conhecer ela já que é uma árvore  bastante popular no Brasil.  Fazemos o convite para que você confira nosso artigo e conheça mais detalhes sobre a amendoeira da praia.

Características da Amendoeira da Praia

Amendoeira da Praia
Amendoeira da Praia

O seu nome científico é Terminalia catappa, mas pode ser conhecida popularmente como amendoeira da praia, chapéu de praia, chapéu de sol dentre outros nomes. Sua origem é asiática e pertencem à família das Angiospermae.

Uma característica marcante dessa planta é que ela costuma perder muitas folhas na estação mais fria do ano. Os seus ramos são grandes e podem chegar a medir quase quinze metros de altura. Já o seu troco possui pequenas fissuras ao longo de toda a sua extensão.

As flores da amendoeira da praia são pequenas e não são usadas em ornamentação com muita frequência. Logo depois do aparecimento da florescência surgem os famosos frutos da árvore, em formado ovalado.  Outra informação interessante é que a semente da amendoeira é comestível.

Utilização e Benefícios da Amendoeira da Praia

A planta é uma excelente opção para regiões litorâneas pois fornece uma sombra muito ampla. Para que ela possa se desenvolver bem são necessárias muitas horas de luz solar e  são muito resistente à maresia e ventos mais intensos.

Os frutos da amendoeira da praia são apreciados por animais como os pássaros e morcegos. Os seres humanos ainda utilizam pouco esse fruto, mas informações dão conta que eles podem ser comestíveis e são ricos em nutrientes como as vitaminas, fibras e proteínas. Entretanto, esse é um hábito ainda pouco praticado pelos brasileiros.

Outro benefício que o fruto dessa planta pode trazer é com relação a produção de energia renovável. Por ser uma oleaginosa,  é possível extrair um óleo da fruta da amendoeira que é usado na produção de um composto que  substitui os combustíveis tradicionais. Assim, é uma excelente alternativa de fonte renovável que pode ser usada como matéria prima para este fim.

Como Cultivar Amendoeira da Praia

A forma mais fácil de cultivada a planta é por meio de mudas que podem ser adquiridas em lojas especializadas. Lembre que a terra deve se encontrar adubada e rica em matéria orgânica. Ao acomodar a muda no solo é aconselhável utilizar um tutor para evitar que a muda fique estrangulada.

Nos dez primeiros dias preste muita atenção nas regas e procure deixar a terra sempre úmida, principalmente, se o clima estiver muito quente. Caso o plantio tenha sido realizado na época de chuvas diminua a quantidade de água.

As folhas da amendoeira da praia possuem uma característica de resistência e demoram para se decompor. Elas são amplamente utilizadas em aquários com a finalidade de purificação da água.

Outras Informações Sobre a Amendoeira da Praia

Esse vegetal é cultivado em diversas partes do mundo, se adaptando melhor em regiões de clima tropical e semi- tropical. Na região sudeste não é difícil encontrar uma amendoeira da praia nas paisagens urbanas.

Quando o outono chega, as folhas da planta apresentam coloração amarela e vermelha e em seguida caem. Algumas árvores mais velhas chegam a ficar totalmente sem folhas. Entretanto, com o passar dos meses, a amendoeira da praia vai adquirindo nova folhagem densa e perfeita para uma boa sombra.

Muda de Amendoeira da Praia
Muda de Amendoeira da Praia

Outra utilização das folhas da amendoeira da praia é na produção de peixes para fins comerciais e ornamentais. Por possuírem flavonoides e taninos, elas auxiliam que os animais cresçam de forma saudável. Alguns países asiáticos utilizam a técnica de colocar folhas da amendoeira em aquário há séculos.

Curiosidades Sobre a Amendoeira da Praia

Para encerrar confira algumas curiosidades sobre esse vegetal:

  • São plantas nativas da Nova Guiné e Índia e foram introduzidas no Brasil ainda na época da colonização pelos portugueses. Historiadores contam que os trocos da amendoeira da praia eram usados nos navios para contrabalancear o peso da embarcação.
  • Como nosso clima é quente e com umidade elevada, a árvore se adaptou muito bem e começou a ser cultivada nas regiões que hoje são o Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador. Hoje toda a região sudeste possui grande quantidade de amendoeira da praia.
  • Não confunda o fruto da amendoeira da praia com a tradicional amêndoa mais doce que geralmente é consumida in natura ou em diversos pratos. Essa última tem produção mais intensa em países africanos e europeus.
  • Os frutos da amendoeira da praia recebem nome diferentes em cada localidade do Brasil. Enquanto os capixabas chamam de castanha, os paulistas denominam o fruto de cuca. Além de folhas densas e vistosas, os frutos desse vegetal também garantem um colorido bonito À planta.
  • Outros nomes que também são utilizados para designar a amendoeira da praia: coração de nego, castanhola, guarda sol, árvore de anoz, amendoeira, sete copas ou apenas amêndoa.

Nosso artigo acaba por aqui, mas você pode encontrar novos conteúdos sobre plantas e animais aqui no Mundo Ecologia. Quer nos deixar uma sugestão de tema a ser abordado em um artigo? É só nos enviar uma mensagem logo abaixo! Ficaremos muito felizes com o seu contato. Caso tenha ficado alguma dúvida sobre a amendoeira da praia é só nos contactar. Não esqueça de compartilhar o endereço do nosso site e nossas novidades nas suas redes sociais, ok? Até a próxima!

Veja também

Quais os Males que a Chia Pode Causar?

A chia (nome científico Salvia hispanica L.) é uma semente que vem se tornando bastante …

Um comentário

  1. Comi muito o fruto da castanhola quando criança, eram carnudos e doces, tinha um pé na casa ao lado da do meu avô e as crianças viviam jogando pedra para derrubar o fruto e comer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *