Home / Plantas / Algodão Colorido – Características, Cores, Orgânico e Fotos

Algodão Colorido – Características, Cores, Orgânico e Fotos

O algodão é uma das culturas mais antigas do mundo, e ainda é a base da indústria da moda. Seus usos mais antigos remontam à Índia, mas a onipresente planta branca e macia realmente teve seu avanço no início do século XIX com a industrialização de têxteis.

Hoje, mais de um terço de todos os tecidos são feitos de algodão. Seu cultivo ocorre em todo o mundo em grandes quantidades, principalmente nas regiões tropicais e subtropicais, pois o algodão cresce apenas em climas quentes.

O algodão costumava ser tratado como um bem de luxo, um tecido para os reis e a realeza, e não para as camisetas usadas durante a limpeza da casa. Maias e astecas trocavam produtos de algodão colorido e davam de presente a convidados ilustres. Esse também foi o caso da maioria das sociedades antigas que mais tarde entraram em contato com o algodão.

Romanos e gregos, conheceram o algodão através das conquistas de Alexandre, o Grande, e o valorizaram por sua cor e sutileza. Por volta do ano 500, o algodão se tornou o material padrão para roupas de trabalho no mundo árabe, mas ainda era raro na Europa. A Índia teve o maior destaque, cultivando e comercializando variedades de algodão na região.

O Cultivo do Algodão

O algodoeiro consiste em uma cápsula que aparece no auge da floração, de conteúdo macio e valorizado. O algodão é uma planta perene, cultivada uma vez por ano. Há vários meses entre a semeadura e a colheita, onde amadurece irregularmente. Os restos de folhas e sementes devem ser separados das fibras de algodão e isso é feito com a ajuda da descaroçador. As bolas de algodão são prensadas em fardos e enviadas para uma fiação. Com uma máquina de cardar, a fibra é trazida para a forma correta. Depois disso, um fio de algodão é torcido com a máquina de fiação.

As propriedades do algodão se prestam bem à adoção em massa em escala global. O material absorve a umidade, bem como sais, ácidos e gorduras. Parece seco mesmo quando absorve 20% de seu peso em água e apenas escorre quando está mais de 65% encharcado.

As fibras de algodão úmidas são ainda mais resistentes ao rasgo do que as secas, e é por isso que o algodão é tão fácil de lavar. Itens de algodão branco ou de cor rápida podem ser cozidos e passados ​​a ferro quente, propriedades importantes para a higiene. Apesar de não ser muito isolante, o algodão é extremamente respirável. Parece macio, confortável de usar e não acumula carga eletrostática.

As variedades de algodão estão longe de serem iguais. A qualidade do algodão é classificada por seu comprimento de fibra. Quanto maior a fibra, maior a qualidade do algodão. Algumas variedades de algodão têm fibras curtas, enquanto outras têm fibras longas. Os fios feitos de fibras mais longas geralmente produzem tecidos mais duráveis ​​e macios. A maioria das fibras de algodão usadas em roupas do dia a dia são de comprimento curto ou médio. Marcas de luxo costumam usar algodão de espécies premium que têm fibras longas ou extra longas.

Algodão Colorido – Características, Cores, Orgânico e Fotos

O processamento de fibras em materiais têxteis requer o uso de água, energia, produtos químicos e outros recursos relacionados. Os processos de tingimento podem causar poluição ambiental devido ao uso auxiliar do corante químico e do processo de tingimento. Há esforços consideráveis ​​para reduzir o risco ecológico dos resíduos gerados durante o processamento têxtil ou o desenvolvimento de materiais sustentáveis ​​e ecológicos.

Uma dessas abordagens promissoras é promover o uso da fibra de algodão colorida e sua produção. À medida que o mundo avança para produtos orgânicos livres de poluição, a fibra de algodão de cor natural será a próxima palavra da moda no mercado têxtil. O processo de produção de algodão de cor natural pula a atividade mais poluente da fabricação de produtos têxteis, o tingimento.

O uso de fibra de algodão de cor natural para materiais têxteis pode eliminar a necessidade do processo de tingimento devido às suas características de cores inerentes, levando a economia de água, produtos químicos e energia, sem o uso de corantes sintéticos na coloração. Não apenas o cultivo e o uso da fibra de algodão de cor natural, mas também o cultivo e o uso de fibra de algodão orgânico de cor natural também aumentaram recentemente.

As fibras de algodão marrom e verde de cor natural podem ser cultivadas organicamente ou convencionalmente. Os produtores de algodão de cor natural têm menos necessidade de agrotóxicos e inseticidas, pois essas variedades já possuem alta resistência a pragas, doenças e a exposição ao sol, além de exibirem propriedades para a seca.

A agricultura orgânica é um sistema de gestão da produção que aumenta a biodiversidade e a atividade biológica do solo. Esta produção é baseada nas aplicações de manutenção e aprimoramento da harmonia ecológica. A fibra de algodão orgânico de cor natural tem sido uma fibra têxtil conspícua, à medida que a tendência social da vida ecológica aumenta.

As fibras são pigmentadas naturalmente com alguns tons de cores limitados, como verde, marrom, mocha e vermelho e seus tons relevantes. A variedade de cores depende do gene da fibra, bem como das estações e locais geográficos devido às variações climáticas e do solo.

Vantagens do Algodão de Cor de Fibra Natural

Investigações tem sido feitas para uma melhora das propriedades genéticas das fibras de algodão de cor natural em relação a melhor rendimento e melhores qualidades de fibra em relação à resistência, comprimento e índice micronaire, uma vez que se deseja que os algodões de cor natural sejam mais competitivos em relação aos algodões brancos convencionais.

Alem de possuir uma vantagem de custo com a eliminação do processo de tingimento na fabricação de tecidos, em vez do problema de desbotamento da cor, que pode ser encontrado no caso de fibras de algodão brancas tingidas, a cor da fibra de algodão de cor natural, fica mais forte após a lavagem. Também foi declarado que, as roupas feitas com fibra de algodão de cor natural, foram bem-sucedidas na prevenção de doenças de pele e na proteção da pele contra a radiação ultravioleta.

Um número significativo de trabalhos de pesquisa foi realizado sobre algodão branco, enquanto algodões de cores naturais costumavam ser deixados para trás. Porém, quando a poluição ambiental começou a ser um dos problemas mais urgentes e importantes do mundo, as fibras de algodão de cor natural, tornaram-se uma das opções preferidas, para uma produção têxtil mais sustentável, renovável e ecológica.

A fibra de algodão branco é uma das culturas mais intensivas, quimicamente cultivadas. Embora cultivado em 3 a 5% das terras agrícolas do mundo, é responsável pelo uso de 25% dos pesticidas do mundo. Por essas razões acima mencionadas, a fibra de algodão de cor natural cultivada organicamente atraiu uma atenção maciça nos últimos anos.

Veja também

Pé de Limão no Vaso

Pode Plantar Limão em Vaso?

Se você gosta muito de limão e adoraria poder colher limões frescos diretamente do seu …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.