Home / Natureza / Tem Lêmure no Brasil?

Tem Lêmure no Brasil?

Hoje vamos falar sobre os Lêmures, esse nome é atribuído a algumas espécies de uma subordem chamados de estrepsirrinos. Existem diversas espécies conhecidas desses animais, sejam elas em atual circulação ou espécies já extintas. São animais nativos da Ilha de Madagascar que fica na África, apenas duas espécies são encontradas também na União das Comores que fica no leste da África, mas é certo que isso ocorreu por intenção humana de introduzir esse animal por lá. Como podemos perceber os lêmures tem uma distribuição bem limitada e não é encontrado em muitos lugares, por outro lado a sua aparência pode ser bem diversificada, por isso também tem um importante papel ecológico.

Esses animais gostam de viver no topo das árvores, na maioria dos casos esses animais saem por aí durante o dia e ao cair da tarde. Dessa forma podemos dizer que estão ligado a um ramo bem diversificado na espécies de primatas, existem 5 famílias não extintas, são elas: 

Rosto do Lêmure
Rosto do Lêmure
  • Família Cheirogaleidae;
  • Família Lemuridae;
  • Família Lepilemuridae;
  • Família Indriidae;
  • Daubentoniidae.

Elas indicam uma soma de quinze gêneros, e algo em torno de cem espécies que representam cerca de 15% dos primatas atualmente.

Podemos citar ainda outras três famílias que foram extintas em razão do impacto do homem na natureza:

Família Archaeolemuridae;

Família Palaeopropithecidae;

Família Megaladapidae.

Habitat do Lêmure

 

Os Lêmures são animais nativos de Madagascar, mais especificamente ao leste da costa de Moçambique na África. Levando em conta essa localização, podemos dizer também que ele está por diferentes lugares e possui um papel ecológico importante. Ele possui um conjunto de características que ajuda que ele consiga sobreviver em ambientes diferentes, por isso ele pode viver em ambiente muito úmido como é o caso do leste, como em locais mais áridos como o oeste, e em locais mais secos como o sul.

Como dissemos acima, são animais que costumam estar no topo das árvores, apesar disso outras espécies de lêmures podem preferir em algum momento estar no chão. Mesmo assim ainda são encontrados com mais facilidade em florestas de árvores bem altas e que chova bastante, pois assim ele tem certeza que terá mais chances de não faltar alimento.

Por se tratar de um animal com boa adaptabilidade em diversas regiões diferentes, em épocas menos chuvosas eles buscam outras regiões onde possa ser mais confortável de viver e com disponibilidade de comida.

Saiba que algumas características da região podem influenciar bastante na chance destes animais ficarem em determinada região. E isso pode variar bastante já que cada espécie vai se comportar de uma forma embora no mesmo ambiente. Especialmente pelas características próprias de cada um e da evolução de cada espécie. De forma semelhante podemos afirmar que regiões onde existem mais árvores com frutas, insetos e outras árvores que produzem goma atrairão com mais facilidades lêmures onívoros.

Como pudemos ver, existem uma grande variedade de espécies de lêmures, cada uma delas tem uma característica especial, principalmente no que se refere ao ambiente que vive.

Por isso podemos afirmar também que toda a estrutura de um habitar, a variedade de vegetação, alimentos fisicamente diferentes, a preservação do ambiente, tipos e variação de alimentos com certeza podem atrair lêmures de espécies diferentes, que podem definir qual o melhor habitat para essa ou aquela espécie.

Outro fator curioso que foi observado no comportamento desses animais relacionado ao seu habitat é que locais com pouca diversidade de árvores, por exemplo, eles vão buscar uma parte onde possa ser mais rica em diversidade, nesses lugares buscam comida. Depois disso retornam ao habitat escolhido, mesmo que com menos comida do que gostariam.

Esse comportamento pode protegê-los da escassez total de alimentos, visto que alguns alimentos podem ser típicos de alguma estação, com isso eles conseguem se locomover de um lugar ao outro procurando comida e não ficam presos a um só local.

Como nem todos são flores alguns problemas podem acontecer, por exemplo em um local onde habitam diversas espécies de lêmures, mesmo que o ambiente seja rico em alimento essa fonte pode secar por excesso de procura pelos animais. Isso acontece pois algumas espécies não estão dispostas a saírem de onde estão para buscar alimento, principalmente quando estão em um local rico de opções.

Mas com tantas mudanças acontecendo em seus habitat naturais, esses animais são obrigados a se locomover.

Tem Lêmure no Brasil?

Como citamos acima, o Brasil não é um local nativo de lêmures, mas não perca assim as esperanças de ver de perto esse animalzinho por aqui.

No ano de de 2015, no dia 27 de agosto na Cidade de Itatiba, especificamente no Zooparque da cidade, nasceu dois lindos filhotes de lêmure da espécie Varecia variegata, o chamado de Varecia-preto-e-branco. Essa maravilha só foi possível pois foi ministrada dentro de cativeiro e foi a primeira reprodução natural desse animal aos cuidados do homem.

Esse animal que na verdade nasce nas florestas de Madagascar, na região da África, está infelizmente na lista de animais ameaçados de extinção pela IUCN, uma instituição de monitora a dispersão e condições de vida de diversos animais e plantas no mundo.

Por esse motivo essa foi uma conquista muito comemorada, quando uma lêmure fêmea consegue gestar e parir filhotes mesmo que fora da natureza dentro de zoológicos que se preparam com todo cuidado para receber esse animal. Esse é o caso do zoológico de Itatiba, que continuamente está trabalhando na reprodução e na conservação desses animais.

Acumulando sucessos desse tipo e com muito investimento em pessoas e processos pode ser que no futuro o homem seja capaz de devolver à natureza animais ameaçados de extinção por exemplo.

Neste mesmo zoológico hoje existem dois exemplares adultos desta espécie de lêmure, estes são duas fêmeas e dois machos. Estes animais foram trazidos da Áustria, em parceria com instituições de lá.

Os profissionais responsáveis pelo Zoológico de Itatiba esclareceram que procuram intervir o mínimo possível nesse processo de reprodução para que seja o mais natural possível.

Veja também

A Terra em Nossas Mãos

Qual e a Diferença entre Nicho Ecológico e Habitat?

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre os termos nichos ecológicos e habitat, caso você …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.