Home / Natureza / Resumo: O Que É Ecossistema?

Resumo: O Que É Ecossistema?

O ecossistema, como o nome sugere, é um sistema formado por organismos vivos e variações externas, como o clima e temperatura.

O ecossistema é a pauta de estudo da ecologia, que tem como princípio entender suas estruturas e como os organismos atuam, se organizam, sobrevivem e se desenvolvem.

Entender o que é o ecossistema é a principal função da ecologia, para dessa forma compreender esse sistema que inclui a nós mesmos, os humanos, pois temos uma função extremamente importante para com o ecossistema.

O ser humano precisa cada vez mais entender sobre ecossistema, já que os organismos que compõe o mesmo atuam diretamente em nossas vidas.

O ecossistema, em síntese, representa a interação dos organismos consigo mesmos e dos mesmos com o ambiente.

É comum encontrarmos vários ecossistemas pelo mundo, de variadas formas e tamanhos, compostos por tantos organismos que é quase impossível contabilizar todos, no entanto, a ideia principal formulada pela ciência, é que existe apenas um único ecossistema existente, e esse é o Planeta Terra.

O ecossistema é formado pelos mais básicos até os mais complexos elementos existentes, e cada elemento possui uma função para garantir a perpetuação do mesmo na natureza.

Tipos De Ecossistemas

Como foi dito anteriormente, para a ciência, o planeta inteiro é considerado um único ecossistema. Ainda assim, devido à variedade dos ecossistemas presentes no planeta, é possível distingui-los através de seus tamanhos, formas, fauna e flora que compões os mesmos.

Existe, ainda, os ecossistemas terrestres e aquáticos, que atuam com a ação abiótica (ventos, luz solar, chuva, etc.) para se desenvolverem e continuarem existindo.

Os ecossistemas podem ser definidos como áreas em que se é estabelecido uma hierarquia, como cadeia alimentar por exemplo, sem contar com o fato das plantas produzirem seus próprios alimentos através da fotossíntese.

A interação dos organismos vivos, chamados de abióticos, com os organismos não-vivos, chamados de abióticos, dão origem aos ecossistemas. Os organismos não-vivos são considerados como vento, sol, chuva e outros.

O Brasil é composto por vários ecossistemas, alguns maiores, como a Mata Atlântica e o Cerrado, e outros menores, como as Matas de Araucárias.

Os ecossistemas terrestres são:

  • Floresta Temperada
    Floresta Temperada
    Floresta Temperada
  • Floresta Caducifólia
    Floresta Caducifólia
    Floresta Caducifólia
  • Campos
    Campos
    Campos
  • Floresta Mediterrânea
    Floresta Mediterrânea
    Floresta Mediterrânea
  • Tundras
    Tundras
    Tundras
  • Desertos
    Desertos
    Desertos
  • Floresta Tropical
    Floresta Tropical
    Floresta Tropical
  • Clima Polar
    Clima Polar
    Clima Polar
  • Savanas
    Savanas
    Savanas
  • Montanhas
    Montanhas
    Montanhas
  • Padrarias
    Padrarias
    Padrarias
  • Pastos
    Pastos
    Pastos

Os ecossistemas marinhos são:

  • Manguezais
    Manguezais
    Manguezais
  • Lagos
    Lagos
    Lagos
  • Rios
    Rios
    Rios
  • Açudes
    Açudes
    Açudes
  • Mares
    Mares
    Mares
  • Oceanos
    Oceanos
    Oceanos
  • Erva Marinha
    Erva Marinha
    Erva Marinha
  • Zona Entremarés
    Zona Entremarés
    Zona Entremarés
  • Recife de Coral
    Recife de Coral
    Recife de Coral
  • Zona Pelágica (zona eufótica, mesopelágica, batipelágica, abissopelágica e hadopelágica)
    Zona Pelágica
    Zona Pelágica

Cada um desses ecossistemas funciona de uma forma diferente da outra, mas com o mesmo propósito.

Diferença Entre Ecossistema e Bioma

Quando se começa a falar nesses dois temas, muitas informações começam a se confundir, pois a diferença entre um termo e outro passa por detalhadas tenacidades que necessitam de extrema atenção e estudo para se oficializarem.

O problema na diferença entre o ecossistema e o bioma, é o fato de que um pode complementar o outro, e às vezes, fazer parte do outro e assim por diante.

Para entender melhor a diferença entre ecossistema e bioma, é importante falar brevemente sobre os mesmos, em uma síntese esclarecedora, portanto, acompanhe.

Um ecossistema é o resultado de interações entre organismos vivos e a química ao seu redor, que gera um processo de vida, morte e vida, interagindo através da transferência de energia de um elemento para o outro, em constante desenvolvimento somente com aquilo que é proporcionado pelo ambiente a sua volta.

Um bioma é uma grande extensão territorial que pode ser composta por menores e variados ecossistemas que se conectam, formando um conglomerado de sistemas comuns que se estendem por uma larga região.

Portanto, pode-se concluir que exista vários ecossistemas dentro de um bioma.

Diferença Entre Ecossistema Natural e Ecossistema Artificial

Um ecossistema “normal” é considerado natural, já que o mesmo existe pelo fato de todos os seus componentes trabalharem na execução de suas tarefas e assim compartilhar energia para a geração de vida e distribuição, sem a necessidade de qualquer auxílio humano.

Um ecossistema artificial é uma tentativa do ser humano em reproduzir um ecossistema natural, atuando no processo de criação e desenvolvimento de tudo que está dentro do mesmo.

Isso ocorre, principalmente, quando há um desastre ambiental, por exemplo, e áreas precisam ser recompostas ou reflorestadas.

Em muitos casos, o ecossistema artificial é criado para hospedar espécies em alto risco de extinção que não podem ficar expostas ao ambiente selvagem, caso contrário, podem desaparecer.

É importante saber reconhecer a diferença entre esses ecossistemas para se ter ideia do quão influente o homem pode ser na natureza, onde os ecossistemas naturais excluem totalmente a sua presença, se desenvolvendo plenamente em um ciclo perfeito de vida e morte.

O ecossistema artificial, diferentemente do ecossistema natural, pode ser controlado pelo homem, onde o mesmo pode definir a fauna e a flora da região.

Na maioria das vezes, os ecossistemas artificias são criados pelo homem para transportar ecossistemas naturais que precisam ser devastados pelos mesmos.

Entenda A Diferença Entre Ecossistema Lêntico e Ecossistema Lótico

Ecossistema Lêntico
Ecossistema Lêntico

Ambos os ecossistemas citados são ecossistemas aquáticos, mas o comportamento do clima influencia completamente na definição de um e de outro.

O ecossistema lêntico é representado por zonas onde há um grande acúmulo de água de baixo fluxo, isto é, de água que não se movimenta, tais como os lagos e lagoas, até mesmo regiões pantanosas, que apresentam encharco a grande parte do tempo.

O ecossistema lêntico abriga uma enorme quantidade de algas e bactérias que trabalham intensamente na decomposição de muitos nutrientes que geram vida a outros animais e plantas submersas.

O ecossistema lótico também é uma região que apresenta um alto volume de água, mas, diferentemente do ecossistema lêntico, a água do ecossistema lótico apresenta forte movimentação.

Apesar da água estar sempre em deslocamento, a vida aquática ainda consegue apresentar bastante ênfase, onde as algas também atuam como fonte de alimento, ficando constantemente presa às pedras das encostas.

Ecossistema Lótico
Ecossistema Lótico

Moluscos, crustáceos e insetos são os principais consumidores dos ecossistemas lóticos, que ainda apresentam peixes, aves e anfíbios.

O ecossistema lótico possui uma importância a mais para o homem, pois suas correntezas têm constantemente sido usadas para a geração de energia limpa.

Veja também

Nectarina Rosalina: Características, Nome Cientifico, Mudas e Fotos

O que é Nectarina? As Nectarinas cujo nome científico é Pronus persica nurcipersica pertence à …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *