Home / Natureza / Qual a Importância do Potássio Para as Plantas?

Qual a Importância do Potássio Para as Plantas?

Quando falamos em substâncias benéficas para a saúde, uma das que logo vem à nossa mente é o potássio. Ele é um ótimo aliado no fortalecimento dos ossos, no alívio de dores (como as musculares e as cefaleias), no tratamento de nosso sistema cardiovascular e nervoso e no controle de água em nosso corpo. Mas para além de nós seres humanos, o potássio é também ótimo para o mundo vegetal. Mas qual a importância do potássio para as plantas? Descubra isso e mais informações no artigo abaixo.

Falta de Potássio em Folha
Falta de Potássio em Folha

Potássio e as Plantas

Dentre os vários elementos existentes no planeta Terra, o Potássio (K) é um dos elementos mais abundantes dentro da natureza, ficando em sétimo lugar. Nas plantas, ele é o elemento mais abundante presente em sua estrutura (principalmente em suas folhas), sendo inferior somente ao Nitrogênio (N). Para que elas possam sobreviver, as plantas o absorve como K+ diretamente do solo, através de suas raízes. 

A importância desse mineral para as plantas, é principalmente, na ativação de suas funções enzimáticas e proteicas; e também, na preservação da saúde celular do vegetal em questão. No interior da planta, é um mineral completamente móvel, sendo transportado para toda estrutura da planta: em alguns casos, o potássio de folhas antigas é levado à folhas recém-nascidas. É importante lembrar que caso seja um vegetal em que haja frutificação, ao nascer o fruto, a maior parte do potássio disponível na planta será transferido para o fruto.

No Solo

O potássio presente no solo, provém de minerais existentes em estruturas cristalinas, encontradas nas rochas ígneas (como os feldspatos) e nos variados tipos de micas (como a biotita e o muscovita).

Ciclo do Potássio nas Plantas
Ciclo do Potássio nas Plantas

Sinal de Deficiência

Podemos perceber que uma planta está com deficiência de potássio em sua estrutura, com as seguintes características: primeiramente, o solo onde esta está sendo cultivada está em baixa de potássio. Pela baixo teor de potássio, tanto caule, quanto folhas estarão muito frágeis; assim, ocorrerá necrose nas margens das folhas e em seguida, de suas nervuras; ela curvará para baixo e assim morrer.

Em meio a este processo, nos períodos de floração e frutificação, haverá pouca área verde nas folhas (o que atrapalha sua fotossíntese), as flores demorarão a aparecer e os frutos nasceram pequenos.

Dentre as principais plantas que mais sofrem com os sintomas do déficit de potássio estão:

  • as bananas;
  • o algodão;
  • o feijão;
  • a soja;
  • o milho;
  • a cana-de-açúcar;
  • o arroz;
  • o café;
  • frutas cítricas;
  • o trigo e etc

Fonte de Potássio Para as Plantas

O Potássio é considerado o principal fertilizante para qualquer planta. De maneira geral, a principal fonte de potássio para as plantas é pelo no solo, na forma do íon K+ na forma de mineral. Ele também pode ser encontrado no solo na forma de cátion. Ele também pode ser adquirido em material orgânico, através da mineralização e lavagem do solo.

Caso não seja possível adquirir naturalmente pelo próprio solo, ele é absorvido com o uso de fertilizantes no solo, nas formas de:

  • Salitre Potássico
  • Tiossulfato de Potássio
  • Hidróxido de Potássio
  • Fosfato de Potássio
  • Cloreto de Potássio
  • Sulfato de Potássio
  • Nitrato de Potássio
  • Sulfato de Potássio e Magnésio

É possível fornecer Potássio com algumas formulações de adubação como o NPK (nitrogênio, fósforo e potássio), de maneira a calcular a quantidade exigida para cada nutriente. É possível também, ter fontes alternativas de potássio para as plantas, através de cinzas de madeira, rochas fosfáticas e casca de semente de café, para assim, complementar a adubação da cultura, além das formulações usuais.

Como aplicar o Potássio para as Plantas

Passo a Passo

Existem ao todo duas maneiras de se inserir o potássio ao solo: por posicionamento ou por disseminação. Se o produtor optar pela forma de posicionamento, a substância deverá ser inserida ao lado e abaixo da semente, com cerca de 5 a 7cm de distância (a esquerda ou a direita) e cerca de 3 a 6cm logo abaixo. 

Caso a escolha seja por disseminação, o potássio pode ser aplicado por cima, com uma distância de 2 cm da semente, ou por baixo dela, com aproximadamente 5 cm de profundidade no solo. Garantido a posição correta da aplicação do substrato de potássio, as chances de que se tenha uma cultura fértil e produtiva é bastante alta.

Cuidados

Para aplicar o potássio, é necessário que o produtor ou profissional do agronegócio, tenha a substância mineral em mãos no momento em que o plantio será realizado. Mas para uma melhor absorção, é necessário que a quantidade fornecida em um primeiro momento, seja dividida com em média um terço (⅓)  da substância.

A aplicação deve ser feita dessa maneira, pois caso seja aplicada toda a quantidade de potássio disponível no solo, pode acarretar efeito salino. Como consequência dessa reação, as sementes recém plantadas podem ficar queimadas ou, caso a planta germine, a muda terá um desenvolvimento problemático, podendo até, não frutificar.

Funções e Benefícios do Potássio nas Plantas

Funções

Como sendo a substância mais importante para as plantas, depois do nitrogênio, o Potássio quando absorvido, gera muitas reações no interior das plantas, dentre elas: tem como função, manter o pH das células fotossintéticas neutro (em torno de 7 a 8 de acidez). Por isso, o potássio atua diretamente em sua fotossíntese e em seus sistemas enzimáticos.

É também o grande responsável pela estrutura sólida das paredes celulares das plantas, promovendo a absorção d’água, regulando a movimentação de nutrientes e carboidratos em seu interior. E por fim, fomenta uma melhor síntese de proteínas e melhor absorção do nitrogênio.

Benefícios

A partir das funções do potássio nas plantas, são inúmeros os efeitos benéficos da substância no seu desenvolvimento. Dentre eles, está a melhora (e rapidez) em seu crescimento/germinação; o aumento de sua resistência, perante a temperaturas negativas, períodos de seca, e na incidência de pragas. 

O potássio também auxilia no fortalecimento das plantas, em casos de abatimento por doenças; vegetais do tipo leguminosas, tem maior quantidade de nodulações; e por fim, é de responsabilidade do potássio, fomentar a quantidade de proteína e amidos, açúcares e vitamina C  nas culturas.

Veja também

Quais São os Predadores dos Corais e Seus Inimigos Naturais

Recifes de corais saudáveis ​​estão entre os ecossistemas mais biologicamente diversos e economicamente valiosos do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *