Home / Natureza / Qual a Diferença de Carvão Vegetal e Carvão Ativado?

Qual a Diferença de Carvão Vegetal e Carvão Ativado?

Olá, durante o artigo de hoje você vai conhecer o Carvão Vegetal e o Carvão Ativo. 2 Substâncias renováveis que contribuem para o tratamento de doenças há milhares de anos.

Além disto, você irá conhecer as principais diferenças entre ambos para não se confundir, e a grande importância de cada um.

Durante o fim o artigo, você conhecerá o Carvão Mineral e as suas principais características.

Preparado(a)? Vamos lá então.

Carvão Vegetal

Carvão Vegetal é uma substância utilizada a milhares de anos, e que hoje está em meio a nosso cotidiano. Ele é utilizado como combustível e também para fins medicinais.

É feito a partir da carbonização de madeira, no Antigo Egito ele era usado para a purificação de óleos e para usos medicinais, no Brasil índios o misturavam a gordura animal para tratamento de úlceras.

Este, ainda é usado hoje dentro de indústrias de produção e em aquecedores, lareiras e churrasqueira.

No decorrer do tempo o seu uso e suas multifunções foram descobertas e foram muito benéficas pela humanidade.

Estudos comprovam que ele é um grande condutor de oxigênio, o Carvão Vegetal também pode ser usado para o tratamento de envenenamentos, pois ele é capaz de eliminar toxinas que fazem mal e prejudicam o corpo humano.

Fonte energética que possui muitas funções e que é utilizado desde o Antigo Egito pela sociedade.

O Carvão Vegetal também pode ser usado para tratar:

  • Mau hálito;
  • dores no estômago;
  • diarréias infecciosas;
  • aftas;
  • intoxicações.

Carvão Ativado

Este tipo de Carvão é uma substância porosa que é usada em todo o mundo para a fabricação de esfoliantes, sabonetes e como remédio para diversos tipos de doenças.

Esta substância é criada a partir da queima de cortiça de lascas de madeira, sua principal forma é em pó.

Sua porosidade é comparado a de uma esponja, isso lhe dá grande importância no tratamento de infecções durante emergências médicas que se relacionam a produtos químicos e venenos.

Um fato curioso é que ele é usado em filtros para a absorção de impurezas que se localizam na água, funcionando de forma eficaz, porque ele não absorve a água.

Dentro do mundo da estética ele é usado para retirar a oleosidade da pele e também como shampoo a seco, que dá brilho ao cabelo e retira o excesso de oleosidade no mesmo.

Muitas pessoas também o utilizam para o branqueamento dos dentes. O Carvão Ativo também é considerado uma fonte sustentável por ser uma fonte natural.

 Carvão Vegetal vs Carvão Ativado

Muito parecidos, contudo, com algumas diferenças a serem entre eles a serem apontadas. A final, qual a diferença entre o Carvão Vegetal e o Carvão Ativado?

  1. Resumidamente, a principal diferença entre eles está no Carvão ser produzido a partir da carbonização de lenhas, enquanto o Carvão Ativado é produzido a partir de certos tipos de lascas de madeira;
  2. o Carvão Ativado é poroso e em sua forma natural ele é uma substância em pó, enquanto o Carvão Vegetal pode ser triturado, mas mesmo assim, ele não se tornará pó;
  3. Carvão Vegetal é usado como combustível, o Carvão Ativo não;

Ambos são utilizados para tratamento de doenças, porém, o Carvão Ativado também é muito utiliizado no mundo da estética enquanto o Carvão Vegetal não.

Feitos de materiais parecidos, porém, diferentes. Ambos são utilizados dentro da Medicina, mas de formas diferentes.

Carvão Vegetal vs Carvão Ativado
Carvão Vegetal vs Carvão Ativado

De qualquer modo, os dois são materiais fantástico e que salvam a vida de pessoas todos os dias.

Carvão Mineral

Como o assunto de hoje é o carvão, que tal conhecer um pouco sobre o Carvão Mineral?

Esta, é uma fonte de energia não renovável que se origina de restos de plantas que se acumulam durante milhões de anos.

Existem 4 tipos de Carvão Mineral diferentes, que se diferenciam de acordo com a quantidade de carbono que eles possuem, dos quais são chamados de:

  • Hulha: usado como combustível e para reduzir óxidos de ferro. Este Carvão dispõe de grande quantidade de carbono e é criado a partir de minerais, água, vegetais que estão parcialmente conservados e  substâncias voláteis;
  • Linhito: muito empregado dentro de siderúrgicas, este carvão dispõe de pouca concentração de carbono nele, sendo equivalente a 80% a menos que o Hulha possui;
  • Antracito: é considerado que esta, é a fase em que o Carvão Mineral se encontra em seu estado de maior pureza e de maior concentração de carbono;
  • Turfa: por ter grande capacidade de isolar e absorver outros componentes, ele é muito usado em derramamentos de Petróleo. Este Carvão se encontra na primeira fase de desenvolvimento do Carvão Antracito e é composto por raízes, galhos e vegetais bem conservados.

O grande problema do Carvão Mineral é que ele não é renovável e tem uma enorme capacidade de prejudicar o meio ambiente.

Como no caso do Metano, que é altamente prejudicial para a camada de ozônio e é liberado a partir da combustão do Carvão mineral.

Sustentabilidade

Um assunto importante e que na maioria das vezes é deixado de lado, é a sustentabilidade e sua importância para a preservação do planeta e da vida humana na Terra.

A utilização de materiais não renováveis estão prejudicando o planeta tanto quanto o impacto que as pessoas causam no meio ambiente ao jogar lixo no chão ou em lugares indevidos.

Preservar a natureza é importante para que a vida humana sobreviva na Terra. Faça sua parte, não jogar lixo na rua e buscar desenvolver atividades mais sustentáveis em seu dia a dia, já será de grande ajuda para a natureza.

Conclusão

Durante este texto, você conheceu o Carvão Vegetal, o Carvão ativo e quais são as principais diferenças entre eles.

Além disso, você conheceu o Carvão Mineral e leu uma pequena reflexão sobre a importância da Sustentabilidade.

Se você gostou deste artigo, continue em nosso site. Você não irá se arrepender!!

Até a próxima

-Diego Barbosa.

Veja também

O Que é Canela Aromática? Onde Encontrar?

As plantas são sempre essenciais para as pessoas, por mais que nem sempre seja possível …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *