Home / Natureza / Para Que Serve A Atmosfera? Qual Sua Função?

Para Que Serve A Atmosfera? Qual Sua Função?

A atmosfera é uma camada de ar que envolve toda a terra, começando na superfície terrestre, e seguindo em direção ao cosmos.

O nome atmosfera vem do grego atmos: gases e sphaira: esfera, e é possível observá-la, já que a combinação de gases gera o aspecto azul, a qual enxergamos em um dia claro, concluindo ser a “cor do céu”.

Essa camada de ar chamada de atmosfera possui um cumprimento de mais ou menos 10 mil quilômetros de altura, e é essencial para a vida de todo o organismo vivo presente no Planeta Terra.

Do outro lado da atmosfera, envolta na última camada chamada da exosfera, encontra-se o espaço sideral.

A atmosfera é responsável pelo equilíbrio e pelo desenvolvimento da vida na Terra, além de ser um resultado de combinações químicas entre os elementos espaciais com a gravidade promovida pelo núcleo terrestre, que a mantem em constante equilíbrio.

A atmosfera é uma camada de ar, composta por uma mistura de vários tipos de gases, onde os principais gases são o nitrogênio e oxigênio, participando com mais de 90% de toda sua composição, enquanto os outros gases presentes, como o hélio e dióxido de carbono, são chamados de gases raros.

Em síntese, a atmosfera terrestre serve para equilibrar a existência da vida no planeta, filtrando o calor e raios solares ao ponto de ser possível que a fotossíntese ocorra, além de estabelecer um elo gravitacional forte o suficiente para evitar impactos com seres celestes que vagam pelo Universo, além de promover a filtração de raios nocivos a todo tipo de organismo vivo na superfície terrestre através da camada de ozônio.

Não obstante, o estudo da atmosfera e de todos os elementos que a compõe, ajudou e vem ajudando o homem a conseguir perscrutar, cada vez mais, os confins do Universo, principalmente através do auxílio dos íons, composto pela energização de átomos com o calor cósmico.

Conheça As Camadas Que Compõe A Atmosfera E Suas Funções

A atmosfera terrestre possui uma extensão de, mais ou menos, 10 mil quilômetros, e ao decorrer dessa extensão, existe 5 camadas, divididas pela presença de elementos químicos e funções exclusivas.

Essas camadas são as chamadas de Troposfera, Estratosfera, Mesosfera, Termosfera e Exosfera.

Abaixo será abordado todas as informações e principais funções de cada camada da atmosfera, demonstrando o propósito de cada uma.

1. Troposfera

Troposfera
Troposfera

É a camada em que vivemos, ou seja, é a camada mais baixa da terra, convergindo com a estratosfera em cerca de 12 a 17 km de altura, dependendo da fricção dos ventos presentes em determinadas estações do ano.

É na troposfera que ocorrem todos os fenômenos meteorológicos conhecidos, formados pela temperatura convergente, já que, quanto mais longe da superfície, menos densa é a pressão, ou seja, quando mais densa, mais propensa a sofrer combinações químicas e físicas.

2. Estratosfera

Estratosfera
Estratosfera

É uma camada que possui cerca de 50 km de espessura, começando acima da troposfera.

A estratosfera é uma camada instável, e apenas jatos e balões meteorológicos habitam a área.

Uma das principais características da estratosfera, é o fato de a camada de ozônio estar presente nessa região, ou seja, é na estratosfera que está presente o filtro que permite a vida no Planeta.

3. Mesosfera

Mesosfera
Mesosfera

Possuindo uma camada com cerca de 35 km de comprimento, a mesosfera apresenta temperaturas baixas, como -90º, devido ao fato de ter pouca pressão atmosférica e estar relativamente longe dos raios solares, sendo uma zona intermediária.

Tal posição faz com que os gases presentes na mesosfera se tornem rarefeitos, acumulando, assim, altas quantidades de radiação ultravioleta.

20 km acima de mesosfera ocorre a chamada Aurora Boreal, fato observável pelo fenômeno da aero luminescência.

4. Termosfera

Termosfera
Termosfera

É a camada mais extensa da atmosfera, ultrapassando 500 km de espessura, e é onde todos os satélites artificiais estão presentes, girando em torno da terra, seguindo a gravidade da mesma.

Essa região, apesar de ser extremamente quente, sofre com a baixa densidade, o que faz com que seu calor não seja distribuído, mas concentrado.

Esse fato faz com que seja possível aos astronautas e às naves permanecer em órbitas sem serem influenciados pelo calor, que impossibilitaria a existência de qualquer homem ou máquina na região.

A principal função da termosfera é sua região chamada ionosfera, que é onde a fonte de calor alimenta vários átomos, permitindo que a energia dos mesmos seja revertida em íons para a propagação de ondas de rádio, permitindo, assim, a comunicação entre a terra e o espaço a milhares de quilômetros de distância.

5. Exosfera

A exosfera é a última camada da atmosfera, se fundindo aos meios interplanetários e ao espaço sideral, começando logo após a termosfera, em cerca de 10 mil quilômetros depois da superfície terrestre.

Assim como a termosfera, a temperatura na exosfera é extremamente alta, mas pelo fato de ser uma zona extremamente rarefeita, a propagação de calor é mínima, e é por isso que o ser humano pode visitar essa área sem se preocupar com o calor.

Considera-se o limite da exosfera, até onde a mesma recebe influência gravitacional, onde as partículas ainda entram em órbita.

Atmosfera Em Outros Planetas Existe? Qual Sua Função?

É importante saber que a atmosfera não é exclusividade do Planeta Terra, pois a mesma está presente em quase todos os Planetas conhecidos, assim como em estrelas.

Porém, a atmosfera presente em outros planetas é completamente diferente da atmosfera terrestre, pois essa é a única com o equilíbrio perfeito entre radiação, gravidade e temperatura que possibilita a existência da vida como conhecemos.

Para se ter um exemplo, basta falar sobre a atmosfera de Vênus, que exerce a influência da pressão de 90 superfícies da terra, isto é, andar em Vênus é como andar debaixo de, mais ou menos, 1 quilômetro debaixo da água dos oceanos terrestres.

A superfície de Vênus é composta, basicamente, por nuvens de dióxido de carbono e ácido sulfúrico, e essas nuvens são tão densas que até hoje ninguém conseguiu observar como é a superfície do planeta.

A combinação dessas nuvens com gases altamente nocivos forma um efeito estufa que eleva a temperatura superficial do planeta de 400 até a 7.000º.

A superfície de Vênus é tão quente que ultrapassa a de Mercúrio, mesmo Mercúrio estando duas vezes mais perto do Sol do que Vênus.

Veja também

Reprodução do Macaco: Filhotes e Período de Gestação

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre a reprodução dos macacos, entender como funciona a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *