Home / Natureza / O Que São Cílios e Células Caliciformes e Quais Suas Funções?

O Que São Cílios e Células Caliciformes e Quais Suas Funções?

As células caliciformes são glândulas secretoras. Já os cílios são bases finas, curtas e piliformes que se assemelham a pelos. Entretanto, há muito mais sobre esses termos do que se pode imaginar, bem como as funções que exercem no nosso corpo.

Para que o entendimento acerca do assunto seja um pouco mais amplo, leia o artigo até o final. Descubra coisas incríveis!

Definição e Especificidades das Células Caliciformes

As células caliciformes são células epiteliais modificadas que secretam muco na superfície das membranas mucosas dos órgãos. Agem particularmente dentro de todo o trato digestivo inferior e nas vias aéreas.

As caliciformes secretam as mucinas intraepiteliais unicelulares espalhadas em pitélios simples, como:

  • Epitélios cuboidais;
Epitélios Cuboidais
  • Colunares.
Células Colunares

Seu nome corresponde à sua forma, pois se assemelham a um cálice, com suas bases estreitas e ápice largo.

Seu papel é proteger a superfície do epitélio, lubrificá-lo e capturar partículas nocivas. Embora protetoras, as células caliciformes podem estar envolvidas na fisiopatologia de certas doenças respiratórias, como a bronquite crônica.

Histologicamente, caliciformes podem ser consideradas glândulas exócrinas merocrinas mucosas. Mas o que isso significa? Quais são suas especificidades?

  • As células caliciformes secretam muco – glândulas mucosas;
Glândulas Mucosas
  • Seu produto é acondicionado em vesículas no interior da célula e liberado por exocitose – glândulas merócrinas;
Glândulas Merócrinas
  • Eles liberam seu produto na superfície do epitélio e não no sangue – glândulas exócrinas.
Glândulas Exócrinas

Localização e Morfologia

Como citado acima, as células caliciformes são encontradas principalmente espalhadas nos epitélios do intestino delgado e do trato respiratório. A morfologia dessas importantes células reflete sua função. Nessa glândula estão contidas todas as organelas necessárias para a produção de proteínas glicosiladas chamadas mucinas.

No trato respiratório, as mucinas desempenham uma função bem importante na captação de grandes partículas inaladas pelo ar. Ao descer pela árvore respiratória, o número de células caliciformes diminui, enquanto o número de células de clara aumenta.

Isso ocorre porque o bronquíolo terminal precisa de diferentes tipos de proteção que as células de clara podem oferecer. Isso quer dizer que existe a quebra das toxinas inaladas que não podem ser interrompidas pelo muco das caliciformes.

Além de conter o núcleo e as mitocôndrias, o citoplasma é especialmente rico em retículo endoplasmático rugoso (RER) e complexos de Golgi. As mucinas são produzidas por grânulos de mucinogênio no RER e embaladas em vesículas nos complexos de Golgi.

Para tornar todo o processo de síntese mais eficiente, as células caliciformes são polarizadas, o que significa que as organelas têm um layout específico dentro do citoplasma.

O aparelho do núcleo, mitocôndrias, RER e Golgi são encontrados na porção basal da célula. Enquanto isso, as vesículas com mucinas estão localizadas apicalmente, a fim de se aproximar da membrana apical através da qual ocorre a exocitose.

Após a exocitose das vesículas na superfície das mucosas, as mucinas ficam hidratadas e formam muco. O muco é facilmente lavado durante a preparação histológica, razão pela qual mancha muito mal com hematoxilina e eosina. Mas como as mucinas são fortemente glicosiladas, o que significa que contêm muitos oligossacarídeos, elas ficam roxas com o método periódico de ácido Schiff (PAS).

As Funções Dessas Células

No intestino delgado e grosso, as células caliciformes estão dispersas entre os enterócitos. Sua principal função aqui é produzir muco que protege e lubrifica a superfície do intestino. No trato respiratório, além de proteger a superfície epitelial, o processo de fabricação do muco prejudica as partículas inaladas pelo ar. É assim que a ocorre a proteção das vias aéreas.

A célula caliciforme produz pequenas quantidades de muco continuamente, o que é conhecido como secreção basal (constitutiva). Essa produção chega a aumentar significativamente quando o epitélio é irritado, por exemplo, pela inalação de fumaça. Esse tipo de secreção desencadeada é chamada secreção estimulada.

O que são os Cílios?

Antes de mais nada, devemos ressaltar que aqui não falaremos sobre o conceito popular do termo. Isso quer dizer que não trataremos exatamente dos cílios que se posicionam sobre os olhos.

Os pequenos cílios são considerados estruturas finas, curtas e piliformes que se semelham a pelos.  Podem ser encontrados na maior parte dos epitélios ciliados. Dessa forma, sua adesão nesse tipo de tecido ocorre através dos corpúsculos basais que acabam fixando firmemente o cílio ao epitélio.

A formação dessa estrutura é realizada com base na constituição de 9 pares do que chamamos de microtúbulos. Eles se firmam ao redor dos 2 microtubúlos centrais.

Tal precisa constituição tem a chance de ser observada por meio de microscopia eletrônica dentro de um corte longitudinal. Já no corte transversal, é possível perceber que cada uma das duplas possui os dois braços que contêm a tida dineina ciliar. Esta acaba se associando ao microtúbulo. Assim, este importante arranjo serve para proporcionar os movimentos aos cílios.

A Constituição das Estruturas

Os cílios se formam por uma espécie de haste que é constituída pelos 9 pares dos microtúbulos periféricos, mais dois centrais. Eles se envolvem por completo pela projeção das membranas plasmáticas. Nas bases dessa haste, é possível encontrar o corpo basal, que se forma pelos 9 triplos túbulos, que se assemelham ao centríolo. Essas são estruturas bem mais numerosas e curtas que apresentam o movimento de vaivém.

Nas bases dos cílios, é que se encontram as mitocôndrias. A coerência existe em se tratando do fato de quaisquer movimentos biológicos precisa de consumo médio e alto de energia. Mas, tal como sabemos, a energia ocorre pelo ATP que se produz na mitocôndria.

A Função dos Cílios

Os cílios têm como função primária o que se entende por movimento dos fluidos em cima da superfície celular. Também promovem o descolamento das células isoladas por meio de um tipo de fluido. O protozoário, por exemplo, usa o cílio tanto no intuito de colher partículas dos alimentos como para se locomover.

Na célula epitelial que reveste os tratos respiratórios humanos, um número demasiado grande de cílios (cerca de 109 /cm2 para mais) acabam limpando as camadas do muco contendo as partículas de células mortas e poeira. Estas podem estar seguindo em direção à boca, onde serão eliminadas ou engolidas.

O cílio também ajuda no deslocamento de um óvulo através do oviduto. Uma relacionada estrutura, o flagelo, acaba impulsionando os espermatozóides.

Entendeu o que são cílios e células calciformes? Dentro do nosso corpo existem maravilhas que poucos têm conhecimento.

Veja também

Amêndoas Torradas Na Assadeira

Quanto Tempo Para Torrar Amêndoas? Como Fazer?

Cozinhar é algo muito prazeroso, principalmente quando sabemos as técnicas corretas que devem ser utilizadas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *